Conecte-se conosco

Policial

Mulher é morta por companheiro com vários golpes de faca, em Rio Tinto, PB

Publicados

em

Reprodução

Uma mulher de 34 anos foi morta com vários golpes de faca na manhã desta terça-feira (19), na Vila Regina, em Rio Tinto, na Paraíba. O suspeito, Luciano Souza do Nascimento, de 39 anos, é companheiro dela e, segundo informações da Polícia Militar, admitiu ter golpeado a mulher no pescoço, peito e na área da costela.

A Polícia Militar foi acionada por vizinhos da vítima, Ghyslaine Christine Soares da Silva, e ao chegar no local, tentou a socorrer a mulher. Foram duas viaturas para a ocorrência e no momento, estavam presentes na casa da vítima três dos cinco filhos da mulher, todos frutos de outro relacionamento.

Segundo o 2° sargento da Polícia Militar, Maciel Santos, uma equipe foi socorrer a mulher e outra, a que ele estava presente, ainda estava chegando na ocorrência quando cruzou com um homem apressado e com comportamento suspeito. Ao abordar o homem, foi constatado que ele era o suspeito do feminicídio.

Ao sargento Maciel, o homem falou que tinha um relacionamento com a mulher há mais ou menos um ano e teria cometido o crime por supostamente ter descoberto uma traição dela. Assim, o casal brigou e durante a discussão ele desferiu os golpes de faca contra a mulher. Ele é de João Pessoa, onde trabalha, mas mora na Vila Regina, em Rio Tinto, junto com a vítima.

A mulher foi socorrida pelos policiais e levada em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Municipal Francisco Porto. A equipe médica tentou reanimar a mulher, mas ela não resistiu aos ferimentos.

O suspeito foi detido e levado para a Delegacia de Polícia Civil de Mamanguape. A faca usada para cometer o feminicídio foi encontrada no local do crime.

Do G1PB

Rate this post

Policial

Polícia Civil prende homem por tráfico e comércio ilegal de armas

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba, através de ações realizadas pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Capital, prendeu nesta quarta-feira, 24, um homem de 31 anos, por associação ao tráfico e comércio ilegal de arma de fogo. A prisão aconteceu no centro de João Pessoa e contou com o apoio do GOE – Grupo de Operações Especiais.

Segundo o delegado Bruno Victor, titular da DRE, “o investigado foi preso por força de dois mandados de prisão, por tráfico, associação ao tráfico e comércio ilegal de armas de fogo. Em seu poder ainda foi encontrada uma Pistola TS9, calibre .9mm.”

O homem foi conduzido à Central de Polícia de João Pessoa e, após os procedimentos legais, levado para a carceragem, onde aguarda audiência de custódia e está à disposição da Justiça.

“Esse é o resultado de mais um trabalho investigativo da Polícia Civil da Paraíba, onde mais um indivíduo de alta periculosidade foi retirado das ruas e recolhido ao cárcere”, concluiu o delegado Bruno Victor.

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do número 197 (Disque-Denúncia). A ligação é gratuita e anônima, sendo garantido o sigilo absoluto.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Operação Zoonoses: Polícia prende cinco pessoas investigadas por crimes de roubo e homicídio

Publicados

em

Uma operação conjunta envolvendo as polícias Civil, Militar e Penal, além do Ministério Público e o Poder Judiciário, prendeu nessa terça-feira, 23 de novembro, cinco pessoas investigadas por crimes de homicídio e roubo na região do Sertão paraibano. Os suspeitos foram presos nos municípios de Sousa, São Gonçalo e São José de Piranhas.

Durante a Operação Zoonoses, os policiais apreenderam uma arma de fogo e porções de cocaína, crack, maconha e ‘loló’, além de aparelhos celulares, que devem ser submetidos a exames periciais.

O grupo preso é investigado por roubos cometidos a um casal de comerciantes na cidade de Marizopolis (PB), em outubro deste ano, e roubos a uma casa lotérica e uma farmácia na cidade de Aparecida, no mês de abril. Um homicídio ocorrido em Sousa (PB) também é atribuído aos investigados presos nesta operação.

‘Zoonoses’

O nome da operação faz referência ao apelido de um dos homens presos, que é chamado de ‘Chihuauha’, raça de cães de pequeno porte.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Civil descobre que carro usado em assassinato de vigilante estava à venda em concessionária

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Grupo Tático Especial (GTE) sediado em Picuí (PB), apreendeu nessa terça-feira, 23 de novembro, o veículo utilizado no assassinato do vigilante Ricardo Inácio da Silva, ocorrido no dia 27 de julho deste ano, em Picuí. O carro estava à venda em uma concessionária localizada em Campina Grande.

A apreensão faz parte das investigações sobre o crime, cujos indícios apontam a ex-companheira da vítima e o atual namorado dela envolvidos no homicídio. De acordo com os levantamentos, o veículo foi negociado com a loja três dias após o assassinato de Ricardo.

“A ideia era se livrar do carro e, assim, dificultar as investigações. Mas nossas equipes já estavam com informações bem aprofundadas e conseguiram apreender o veículo antes que ele saísse da concessionária”, disse o delegado seccional Iasley Almeida.

As investigações sobre esse crime estão em pleno andamento, no sentido de identificar e prender outras pessoas envolvidas no caso.

As prisões

No dia 28 de outubro, a Polícia Civil prendeu a ex-companheira de Ricardo Inácio e o atual namorado dela, pelo envolvimento no crime. As suspeitas são de que o casal queria ficar com os bens da empresa de vigilância que pertencia a Ricardo. Eles foram presos no município de Umbuzeiro. Um terceiro suspeito foi preso em Campina Grande.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas