Conecte-se conosco

Policial

Polícia Civil prende em SP homem condenado por estuprar neta de sua companheira em CG

Publicados

em

Foto: ilustração

Uma ação conjunta das polícias civis da Paraíba e de São Paulo prendeu nesta terça-feira, 26 de outubro, um homem de 46 anos de idade, condenado a 9 anos e 11 meses de prisão pelo crime de estupro de vulnerável. O fato aconteceu no ano de 2011, em Campina Grande.

Toda a investigação foi realizada pela Delegacia de Repressão a Crimes contra a Infância e Juventude (DRCCIJ) de Campina, por se tratar de uma vítima menor de idade, mas a prisão foi articulada entre a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e a Polícia Civil em Mogi das Cruzes (SP).

À época dos fatos, o investigado vivia maritalmente com a avó da vítima, de 13 anos de idade. A menina foi passar o fim de semana na casa da avó, já que sua mãe precisou viajar, e o investigado aproveitou para abusar sexualmente da adolescente, ameaçando matar os pais dela, caso aquele crime fosse revelado para alguém.

A criança só revelou o episódio à sua mãe dois anos depois, no ano de 2013, quando o investigado já não convivia mais com a avó da vítima. A mãe da menina procurou a Polícia Civil para registrar a queixa, e as investigações transcorreram na DRCCIJ.

Após o trâmite do processo na esfera judicial, o investigado foi condenado a uma pena de 9 anos e 11 meses de prisão, mas ele já havia foragido. Em investigação sobre outro caso, a DRF em Campina Grande acabou descobrindo o paradeiro do investigado e manteve contato com a Polícia Civil paulista para concretizar a prisão.

O foragido deverá ser transferido para Campina Grande, em data a ser determinada pela justiça, para cumprir a pena imposta pelo crime.

Assessoria

Rate this post

Policial

Polícia Militar prende integrante de facção durante operação em Santa Rita

Publicados

em

Na madrugada deste domingo (26), policiais militares do 7º Batalhão de Polícia Militar prenderam um integrante suspeito de participar de facção criminosa, durante uma operação na cidade de Santa Rita.

A polícia militar recebeu informações de que indivíduos da Comunidade do Onze estariam se preparando para realizar um ataque na Comunidade do Cadeado, em resposta ao homicídio que ocorreu horas antes. Policiais do 7º BPM estavam em rondas na área quando se depararam com alguns suspeitos de integrarem a facção criminosa, momento em que houve uma intensa troca de tiros com os policiais.

Na ação, os policiais conseguiram prender um dos suspeitos e os demais indivíduos conseguiram evadir. Com ele foram apreendidos: 1 espingarda, Calibre 12, 1 pistola, calibre 380, 2 revólveres, calibre 38, 1 revólver, calibre 32, 2 balanças de precisão, 1 rádio comunicador, e 170,00 reais em espécie, além de drogas.

O suspeito e todo material apreendido foram conduzidos para a Central de Flagrantes, para os demais procedimentos cabíveis. As buscas aos indivíduos foragidos continuam.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Militar prende jovem por porte ilegal de arma de fogo na Capital

Publicados

em

Na madrugada deste domingo (26), policiais militares do BOPE estavam em rondas no bairro do Cristo Redentor, quando se depararam com dois homens em uma motocicleta. Um deles, o garupa, portava um revólver em uma das mãos.

A dupla, percebendo a presença policial, tentou se desvencilhar da arma de fogo na via pública, mas sem sucesso. Após a ordem de parada, foi realizada a abordagem policial e encontrada a arma de fogo, um revólver, calibre 38.

Os dois suspeitos, que possivelmente estariam cometendo roubos no bairro, foram detidos e a arma, além da motocicleta utilizada, apreendidas. O caso foi apresentado na Central de Flagrantes, no bairro Ernesto Geisel.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

‘SUPERMACONHA’: Servidor público é preso pela Polícia Civil suspeito de tráfico de drogas

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba prendeu nessa terça-feira, 21 de junho, um funcionário público federal, de 40 anos de idade, investigado por tráfico de drogas. A prisão foi realizada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de João Pessoa, no bairro do Cristo.

O suspeito foi surpreendido pelos policiais quando portava uma caixa com um pacote de skunk, maconha com alto teor de THC. O homem foi levado para a delegacia, onde foi autuado por tráfico de drogas.

Supermaconha

Conhecida como ‘supermaconha’, a Skank é manipulada em laboratório para provocar um efeito quase oito vezes mais forte do que a erva tradicional. “Isso explica a grande procura por essa droga”, disse o delegado Bruno Victor.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas