Conecte-se conosco

Saúde

Guarabira: Instituto realiza vasta programação alusiva ao Dia da Conscientização do Autismo

Publicados

em

Com o tema ‘Lugar de Autista é em todo lugar’, o Instituto Autismo Amor Infinito, que representa às pessoas com TEA (Transtorno do Espectro Autista) em Guarabira, está realizando uma vasta programação em alusão ao Dia da Conscientização do Autismo, que se comemora oficialmente neste dia 2 de abril. 

Veja a programação completa da “Semana da Conscientização do Autismo” promovida pelo Instituto Autismo Amor Infinito

Anúncio


Cronograma da Conscientização do TEA (Transtorno do Espectro Autista)

‘LUGAR DE AUTISTA É EM TODO LUGAR’

ABRIL 2022

  • Dia 01/04

Sexta com Lives, às 20hrs com a Terapeuta Ocupacional, Silvana Ribeiro 

Tema: Autismo 

  • Dia 02/04

Tenda da Conscientização do Autismo na praça Lima e Moura, em frente a Pão de Mel das 8:00 às 16:00 horas. 

  • Dia 03/04

Caminhada em prol da Conscientização do Autismo às 15 horas, saída do Instituto Autismo Amor Infinito. 

  • Dia 04/04

Palestra com a Mestre em Educação

Convidada: Adélia Rosado

Local:  Auditório da OAB às 14h30

Tema: Caminhos para Educação inclusiva de crianças com autismo.

  • Dia 05/04

Palestra com as Advogadas 

Dra Lidiane Nóbrega 

Dra Auricelia Rossana

Dra Sheyla

Local: ACEG

Tema: Direitos da pessoa com autismo nas áreas da previdência e saúde.

  • Dia 06/04

Palestra 

Convidadas: Eugênia Paiva, Psicopedagoga e especialista em ABA

Lívia Maia, Psicóloga e especialista em ABA

Tema: Educar, Previnir e Orientar. Uma lição de Amor

Local: Teatro Geraldo Alverga, às 19hs

  • Dia 07/04 

Sessão especial na Câmara Municipal de Guarabira 

Às 16:00 hs

  • Dia 08/04

Dia de diversão com às crianças do Instituto Autismo Amor Infinito 

Local: AABB 

Hora: Das 8 às 15hs

  • Dias 08,15,22,29 Sexta com Lives. (As Convidadas falaremos em cada data).

Com informações da direção do Instituto Autismo Amor Infinito

Rate this post
Anúncio


Cinema

Cuidando das emoções: o que ‘Divertida Mente 2’ nos ensina sobre saúde mental

Publicados

em

Foto: Disney/Pixar / Reprodução.

Raiva, inveja, alegria, tristeza, ansiedade, nojo, vergonha, tédio e medo. Esses sentimentos podem estar presentes no dia a dia das pessoas e mostram que gerir as emoções é uma habilidade vital para manter a saúde mental e o bem-estar. O assunto está em evidência, pois é o tema central do filme ‘Divertida Mente 2’, que ilustra de forma lúdica e educativa a complexidade das sensações humanas, reforçando a mensagem de que todas têm um papel importante em nossas vidas. 

A neuropsicóloga Jessyca Gabriella César Silva, da Hapvida NotreDame Intermédica, destaca a importância de reconhecer e lidar com as emoções e alerta que negá-las ou reprimi-las pode levar a problemas, como ansiedade, depressão e transtornos de humor. 

Anúncio


“Compreender nossas emoções é essencial para promover uma saúde emocional positiva. Quando reconhecemos e avaliamos nossos sentimentos, somos capazes de lidar com eles de maneira saudável e construtiva”, frisou. 

A especialista chama atenção para a necessidade de não reagir no calor da emoção, seja ela positiva ou negativa. Ela recomenda que é importante parar e respirar; e ensina um exercício: você pode contar até 10, tomar um gole d’água ou apenas respirar profundamente, utilizando técnicas como a respiração diafragmática. 

“O processo de parar, respirar, observar e então responder permite que você possa agir de uma outra forma que não seja por impulso. Isso traz inteligência às suas emoções: seja raiva, tristeza, frustração ou tantas outras, você passa por esse processo para assim reagir de uma maneira consciente, evitando arrependimentos”, explica. 

Sobre a tristeza, Jessyca afirma que esse é um sentimento comum, mas, quando se torna persistente, afetando o bem-estar mental, surge a necessidade de compreender e abordar suas raízes. 

A inveja, que também aparece em ‘Divertida Mente 2’, pode estar associada à baixa autoestima e à dificuldade de reconhecer o próprio valor. “Saber como lidar com a inveja significa entender que as emoções negativas se manifestam em qualquer pessoa, mas que elas não determinam sua maneira de agir diante das situações. Desse modo, é possível se policiar, dar mais atenção aos seus sentimentos e traçar alternativas para se livrar do que gera incômodos”, orienta a profissional. 

Outro fato interessante é que no filme a raiva e a ansiedade não têm nariz, e a teoria é que são emoções que mexem com a respiração. Conforme a neuropsicóloga, a raiva surge ao enfrentarmos obstáculos percebidos como hostis, enquanto a ansiedade se manifesta em situações de incerteza. Técnicas de controle respiratório são eficazes para gerir essas emoções, ajudando a tomar decisões mais ponderadas e evitando reações impulsivas.

Ascom/Hapvida

Rate this post
Anúncio


Continue lendo

Saúde

Caravana da Rede Cuidar 2024 percorre 13 cidades paraibanas, a partir desta segunda-feira (1)

Publicados

em

Treze cidades paraibanas recebem, a partir desta segunda-feira (1), a Caravana da Rede Cuidar 2024. A ação é promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) em parceria com a UFPB, e disponibiliza atendimentos médicos especializados em cardiopediatria, pediatria e ortopedia. Nesse domingo (30), as equipes partiram para Monteiro, onde serão realizados os primeiros atendimentos.

A programação continua com seguinte cronograma: Princesa Isabel (2/7), Itaporanga (3/7), Cajazeiras (4/7), Sousa (5/7), Catolé do Rocha (6/7), Pombal (7/7), Patos (8/7), Juazeirinho (9/7), Picuí (10/7), Guarabira (11/7), Itabaiana (12/7) e Mamanguape (13/7). A iniciativa mobiliza 100 profissionais, sendo 80 da Caravana e 20 locais, incluindo médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, assistentes sociais, nutricionistas, fisioterapeutas e odontólogos, com a maioria dos profissionais atuando de forma voluntária.

Anúncio


O secretário de Estado da Saúde, Ari Reis, ressaltou a relevância da Rede Cuidar e a evolução dos serviços oferecidos. “A Rede Cuidar não é só a caravana, mas também um laboratório especializado em referência para nossos hospitais, com atendimento por telemedicina e teleconsulta, ajudando nas crises de síndromes respiratórias que enfrentamos todos os anos. Isso simboliza a conclusão de um projeto executado de janeiro a julho, onde agora podemos levar os profissionais que acompanharam os pacientes durante o ano em João Pessoa para atendê-los presencialmente, próximo às suas residências. A Caravana também possibilita que novos pacientes sejam diagnosticados e triados para serem acompanhados pelo projeto”, ressaltou.

A cardiologista pediatra Kalessa Vaz destacou a importância da Caravana para a assistência no interior do estado. “Disponibilizamos assistência às crianças de todo o estado, desde as regiões mais remotas até a região metropolitana. Essas crianças não teriam oportunidade de diagnóstico e tratamento sem a Caravana. É gratificante saber que estamos fazendo algo bom para quem mais precisa”, frisou.

O estudante de Medicina e voluntário da Rede Cuidar, Henrique Hamad, disse estar empolgado em participar dessa experiência. “É minha primeira vez participando da Caravana, estou muito ansioso. Vi meus amigos participando, no ano passado, e achei a dinâmica de ir ao interior para ajudar as pessoas muito interessante. Minha função será ajudar os médicos, na recepção e no fluxo dos atendimentos. É realmente uma ajuda muito grande para essas comunidades”, comentou.

O coordenador dos voluntários, Matheus Vieira, explicou o processo de seleção e treinamento dos voluntários, “A seleção dos voluntários ocorre previamente à Caravana. Temos vários braços de voluntários, incluindo estudantes de Medicina e Enfermagem, além de residentes de diversas áreas como Pediatria, Ortopedia, Fisioterapia, Nutrição e Farmácia. Eles desempenham a principal função de tocar o serviço, realizando atendimentos, registrando consultas e elaborando laudos, tudo guiado por preceptores. Este ano, tivemos diversos treinamentos, incluindo ultrassom, ecocardiograma e manejo de doenças específicas como acondroplasia e mucopolissacaridose”, relatou.


Estimativa de Atendimentos – Durante os 13 dias da Caravana, serão oferecidos serviços de assistência especializada para 650 crianças cardiopatas, a colocação de 260 DIUs, avaliação da saúde bucal para cerca de 1.300 crianças, atendimento odontológico para aproximadamente 40 crianças com necessidades especiais, além de assistência de enfermagem para cerca de 1.650 crianças e eletrocardiogramas para todas que apresentem perfil clínico necessário. Haverá também avaliação e assistência multiprofissional para 1.650 crianças com perfil clínico específico. Os atendimentos ocorrerão das 7h30 às 17h30, em parceria com o Complexo Pediátrico Arlinda Marques e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB).


Cursos – Além dos atendimentos, serão realizados cursos para os profissionais das localidades visitadas pela Caravana, abordando temas como “Reanimação Neonatal para Profissionais não Médicos nas Maternidades da Região”, “Identificação e Captação Precoce da Endometriose na Atenção Básica”, “Atendimento Odontológico em Crianças com Necessidades Especiais” e “Realização do DIU na Atenção Básica”.

A Caravana da Rede Cuidar 2024 reafirma o compromisso do Governo do Estado com a interiorização e regionalização dos serviços de saúde, proporcionando acesso a atendimentos especializados para populações em áreas remotas e de difícil acesso.

Secom

Rate this post
Anúncio


Continue lendo

Saúde

Paraíba Pet: Castra Móvel atende 400 animais em dois meses da ação itinerante

Publicados

em

O Programa Paraíba Pet, disponibilizado pelo Governo do Estado, por meio da Gerência Operacional de Políticas da Causa Animal, já atendeu, em dois meses de atuação, cerca de 400 animais entre cães e gatos. A ação tem o objetivo de evitar a superpopulação de animais de rua e a proliferação de zoonoses. O Castra Móvel do programa já percorreu cidades de várias regiões da Paraíba garantindo o acesso a um serviço veterinário essencial.

Nesta semana, os atendimentos são oferecidos na Rua Maria Gonçalves de Melo, 357, Novo Bodocongó, em Campina Grande. As castrações começaram no dia 3 de maio, na “Feira de Serviços: Aqui Tem Mais Saúde”, na cidade de Cuité, seguindo a agenda do “Cidadania Democrática”, evento que ocorre antes das plenárias do Orçamento Democrático Estadual (ODE) e que atende pessoas das cidades-sede e de municípios adjacentes.

Anúncio


Além de Campina Grande, foram contempladas com os serviços as cidades de Cajazeiras, Sousa, Guarabira, Mamanguape, Princesa Isabel, Monteiro, Itaporanga, Pombal e Catolé do Rocha.

O atendimento é dirigido aos cães e gatos de ONG’s de defesa animal, protetores independentes e famílias em situação de vulnerabilidade social, que realizaram um cadastramento através do formulário eletrônico disponibilizado pela Gerência Operacional da Causa Animal que possui sede regionais em João Pessoa e em Campina Grande.

Campina Grande – Na Rainha da Borborema, o Castra Móvel já percorreu as comunidades do Complexo Habitacional Aluizio Campos, Três Irmãs e do Distrito de São José da Mata para atender animais de tutores que moram distante do centro urbano, como é o caso de Emília da Silva que trouxe seu pet para ser castrado no Conjunto Acácio Figueiredo. “Foi muito bom que vocês vieram pra cá, já que é difícil da gente ir até outros bairros. Gostei muito”, elogiou.

A dona de casa Rosane Sousa também teve seu animal castrado e destacou a importância da ação. “É muito bom ter esse programa aqui pois castração é um ato de amor. Eu não gosto que ele saia daqui de dentro de casa, mas de vez em quando consegue sair na calçada e por aqui tem muitos animais soltos. Eu só estava esperando por essa oportunidade para castrar o meu”, contou.

A gerente regional da causa animal em Campina Grande, Waléria Assunção, falou sobre o papel do Castra Móvel dentro das ações do Paraíba Pet. “O cuidado com os animais em situação de rua é uma questão de saúde pública e no programa temos ações prioritárias de sensibilização sobre questões relacionadas à saúde animal, educação e a posse responsável, mas diante da necessidade do controle da população animal, concentramos os esforços neste momento, nas castrações, que são fundamentais para a promoção do bem-estar dos animais na Paraíba”.

Ainda de acordo com Waléria Assunção, o serviço consegue alcançar áreas mais vulneráveis. “O Castra Móvel é uma das ações do Paraíba PET, junto ao trabalho educativo que iniciamos e será ampliado para que, no futuro, a castração seja um complemento, dentro da cultura de convivência harmoniosa entre animais humanos e não humanos, através da oferta de outros serviços de saúde, como vacinação e tratamento de doenças”, explicou.

Rate this post
Anúncio


Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas