Conecte-se conosco

Cidades

Cerca de 32% das mulheres vítimas de violência não denunciam agressor pela dependência financeira

Publicados

em

Ilustração

Aproximadamente 32% das mulheres em situação de violência doméstica não denunciam os agressores porque dependem financeiramente deles. A deputada estadual e presidente da Comissão dos Direitos da Mulher Camila Toscano (PSDB), afirma que o empreendedorismo é um mecanismo fundamental para tirar a mulher do ciclo de violência.

Nesta terça-feira (19), Dia do Empreendedorismo Feminino, a parlamentar informou que apresentou uma emenda à Lei Orçamentária Anual (LOA) destinando R$ 200 mil para a Secretaria Estadual da Mulher. Esse montante deverá ser utilizado para investir em capacitação das mulheres.

Os dados são da pesquisa Data Senado e também revelam que um dos maiores fatores de risco à mulher em situação de violência é a conduta do agressor em impedir o trabalho e estudo. “O homem se acha dono da mulher e como propriedade sua, ela só pode fazer aquilo que ele acha correto. A dependência financeira, não ter como se sustentar ou sustentar os filhos, faz com que a mulher permaneça nesse ambiente de agressão”, destacou.

A deputada defendeu o empreendedorismo como instrumento de rompimento do ciclo de violência, uma vez que, por meio da independência financeira, as vítimas podem encontrar mais um suporte para denunciar os agressores.

Camila vem debatendo nacionalmente políticas públicas para o enfrentamento da violência contra a mulher. Ela integra a União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) e comandou mesas de debate,que resultaram numa série de propostas que serão transformadas em leis.

“É possibilitando que as mulheres vítimas de violência doméstica sejam financeiramente independentes que elas sairão do ciclo da violência. Muitas se mantêm vulneráveis por dependerem economicamente dos agressores, o empreendedorismo pode ser uma nova chance para elas”, explicou a parlamentar.

Assessoria

Rate this post

Cidades

Bananeiras inaugura laboratório municipal de análises clínicas

Publicados

em

Foto: Reprodução

A prefeitura de Bananeiras, cidade do Brejo paraibano, inaugurou recentemente o laboratório público de análises clínicas. A ação faz parte da programação dos 162 anos de emancipação política do município.

A unidade oferece serviços gratuitos e serão ofertados todos os exames laboratoriais básicos indicados na tabela do Sistema Único de Saúde (SUS). O laboratório está localizado no complexo do Hospital Municipal Clóvis Bezerra e funcionará diariamente, durante 24h por dia.

Serão ofertados exames como hematologia, parasitologia e uroanálise, imunologia e bioquímica: colesterol total e frações, triglicerídeos, ureia, creatinina, HIV I e II, VDRL, TGO e TGP, ácido úrico entre outros.

O prefeito Matheus destacou a implantação do serviço de saúde 24h visa proporcionar uma melhor assistência para os usuários do SUS, gestantes e pacientes do hospital municipal que antes tinham aguardar até o próximo dia útil para realizar seus exames, hoje essa espera acabou o laboratório estará a disposição da população 7 dias da semana, initerruptamente.

Na cerimônia de inauguração, realizada no último dia 15 de outubro, esteve presente a Senadora Daniella Ribeiro, a qual em breve se tornará uma cidadã bananeirense, a Câmara Municipal, através do Presidente Antônio Marques já externou o desejo de lhe conceder o título, a Senadora falou da felicidade em ver o município se desenvolvendo e que no que depender de seus esforços a gestão municipal terá todo seu apoio no senado.

Portal do Brejo

Rate this post
Continue lendo

Cidades

Aeroclube da Paraíba deve doar 82,5% de área para a Prefeitura de João Pessoa construir parque

Termo de Ajustamento de Conduta para a doação será assinado ainda nesta semana, segundo a prefeitura.

Publicados

em

Reprodução/TV Cabo Branco

A diretoria do Aeroclube da Paraíba, que fica em João Pessoa, deve doar 82,5% da sua área para a Prefeitura Municipal da capital. De acordo com o procurador-geral do Município, Bruno Nóbrega, o objetivo da doação é a construção de um parque ecológico no local.

Segundo o procurador, esta semana será realizada uma reunião com representantes do Ministério Público da Paraíba (MP) para assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre os envolvidos, que é um acordo celebrado entre as partes interessadas com o objetivo de proteger direitos de caráter coletivo.

A construção do parque havia sido anunciada pelo secretário de planejamento do município, José William, no início de julho, em entrevista à TV Cabo Branco. O novo equipamento integra o pacote de obras prometidas pelo prefeito Cícero Lucena (PP) em comemoração ao aniversário de João Pessoa.

O Aeroclube é alvo de tentativas de desapropriação há pelo menos 10 anos. Em 2010, a gestão do então prefeito Luciano Agra, tentou desapropriar o local também para a construção de um parque. Com base em uma decisão judicial, que acabou caindo horas depois, a pista chegou a ser destruída. Depois foi refeita, mas de barro.

Em junho de 2019, o STF negou um pedido da prefeitura, agora na gestão de Luciano Cartaxo, também para desapropriar o local. Desde 2017, no entanto, o local está sem operar voos por interdição da Aeronáutica.

Integrante do Comitê Gestor Parque Parahyba e do Conselho de Segurança do Bessa, Dema Macêdo, também confirmou a novidade.

“O Parque no Aeroclube será um dos maiores do Nordeste. Também serão destinados 5.4 hectares para ocupação da construção civil em favor do Aeroclube, de acordo com decisão da última assembleia realizada pela diretoria do clube de aviação do estado”, completa.

Ainda de acordo com Dema, o equipamento que será edificado na localidade terá 190.676 m2 de área verde, além de destinação dá espaço para abertura de novas ruas nas imediações.

Do G1PB

Rate this post
Continue lendo

Cidades

Raniery Paulino comemora pavimentação de rodovia entre Pilões e Serraria

A pavimentação da rodovia deverá ser concluída no primeiro semestre de 2022.

Publicados

em

O deputado estadual Raniery Paulino comemorou a pavimentação da PB-087. As obras, em execução pelo Governo do Estado por meio do Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER-PB), contemplam o trecho ligando Pilões ao entroncamento da PB-085, no município de Serraria, com uma extensão de 8,3 km. Mais de 17 mil habitantes serão beneficiados diretamente.

As obras tem um investimento em mais de R$ 7,7 milhões, com recursos próprios, contemplando a população dos municípios de Pilões, Serraria e Borborema. A pavimentação da rodovia deverá ser concluída no primeiro semestre de 2022.

“Queremos agradecer ao governador João Azevedo por promover o desenvolvimento socioeconômico do Brejo e integrar as sedes dos municípios beneficiados, além de melhorar a qualidade de vida da população local e dos seus usuários. A rodovia vai modernizar e ampliar a infraestrutura rodoviária estadual”, comemorou Raniery.

José Batista de Sousa e Antônio Firmino de Oliveira, ambos residentes em Pilões, afirmaram que a obra é de grande importância não somente para sua cidade, mas toda a região do Brejo, já que vai facilitar o tráfego dos seus habitantes e demais usuários.

Do Acesso Político

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas