Conecte-se conosco

Policial

Polícia Civil prende trio que aterrorizava população de cidade do Brejo

Publicados

em

Três homens da mesma família que são apontados como os responsáveis por tentativa de homicídio ocorrida em 2018 na cidade de Pilões foram presos na manhã desta quarta-feira, 22, por policiais civis da 8ª DSPC (Delegacia Seccional de Polícia Civil), em ação integrada com a guarnição do 4º Batalhão de Polícia Militar.

A ação teve a coordenação da delegada Maria Solidade de Sousa, que responde cumulativamente pelas cidades de Alagoa Grande e Pilões. “No dia 23 de julho de 2018, os três suspeitos passaram em frente à casa da vítima, que estava sentada na calçada, e lhe ameaçaram com facões e com uma arma. A vítima correu para dentro de casa, mas um dos suspeitos chegou a disparar um tiro que atingiu a porta do imóvel. Como houve uma aglomeração de curiosos na frente da casa da vítima, os suspeitos saíram do local e, assim, a vítima pode ir até a delegacia relatar os fatos e prestar queixa”, detalhou a delegada.

A partir desse episódio, os homens passaram a ser procurados pela Polícia. De acordo com as investigações, os policiais constataram que outros crimes vinham sendo praticados e a população estava se sentindo intimidada, pois os três suspeitos agiam de forma ameaçadora por onde passavam.

“O trio preso, um de 22, outro de 24 e outro de 26 anos de idade, atualmente era apontado como responsável por aterrorizar a cidade de Pilões, com a prática de crimes e ameaças em estabelecimentos comerciais e a pessoas que não podiam ficar tranquilas em frente de suas casas”, concluiu a delegada.

A população pode contribuir com a Polícia Civil realizando qualquer tipo de denúncia através do disque-denúncia pelo número 197. A ligação é gratuita e é garantido o anonimato do denunciante ou da denunciante.

Assessoria/PCPB

Rate this post

Policial

Polícia Militar prende integrante de facção durante operação em Santa Rita

Publicados

em

Na madrugada deste domingo (26), policiais militares do 7º Batalhão de Polícia Militar prenderam um integrante suspeito de participar de facção criminosa, durante uma operação na cidade de Santa Rita.

A polícia militar recebeu informações de que indivíduos da Comunidade do Onze estariam se preparando para realizar um ataque na Comunidade do Cadeado, em resposta ao homicídio que ocorreu horas antes. Policiais do 7º BPM estavam em rondas na área quando se depararam com alguns suspeitos de integrarem a facção criminosa, momento em que houve uma intensa troca de tiros com os policiais.

Na ação, os policiais conseguiram prender um dos suspeitos e os demais indivíduos conseguiram evadir. Com ele foram apreendidos: 1 espingarda, Calibre 12, 1 pistola, calibre 380, 2 revólveres, calibre 38, 1 revólver, calibre 32, 2 balanças de precisão, 1 rádio comunicador, e 170,00 reais em espécie, além de drogas.

O suspeito e todo material apreendido foram conduzidos para a Central de Flagrantes, para os demais procedimentos cabíveis. As buscas aos indivíduos foragidos continuam.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Militar prende jovem por porte ilegal de arma de fogo na Capital

Publicados

em

Na madrugada deste domingo (26), policiais militares do BOPE estavam em rondas no bairro do Cristo Redentor, quando se depararam com dois homens em uma motocicleta. Um deles, o garupa, portava um revólver em uma das mãos.

A dupla, percebendo a presença policial, tentou se desvencilhar da arma de fogo na via pública, mas sem sucesso. Após a ordem de parada, foi realizada a abordagem policial e encontrada a arma de fogo, um revólver, calibre 38.

Os dois suspeitos, que possivelmente estariam cometendo roubos no bairro, foram detidos e a arma, além da motocicleta utilizada, apreendidas. O caso foi apresentado na Central de Flagrantes, no bairro Ernesto Geisel.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

‘SUPERMACONHA’: Servidor público é preso pela Polícia Civil suspeito de tráfico de drogas

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba prendeu nessa terça-feira, 21 de junho, um funcionário público federal, de 40 anos de idade, investigado por tráfico de drogas. A prisão foi realizada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de João Pessoa, no bairro do Cristo.

O suspeito foi surpreendido pelos policiais quando portava uma caixa com um pacote de skunk, maconha com alto teor de THC. O homem foi levado para a delegacia, onde foi autuado por tráfico de drogas.

Supermaconha

Conhecida como ‘supermaconha’, a Skank é manipulada em laboratório para provocar um efeito quase oito vezes mais forte do que a erva tradicional. “Isso explica a grande procura por essa droga”, disse o delegado Bruno Victor.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas