Conecte-se conosco

Policial

Operação Previna-se apreende armas de fogo e prende suspeitos em todo Estado

Publicados

em

Durante a Operação Previna-se desencadeada na noite desse sábado (15), a Polícia Militar apreendeu armas e prendeu seis pessoas pelo crime de porte ilegal de armas. A Operação realizou blitzen, checkpoints e intensificação das abordagens.

Na cidade de Araçagi, vítimas informaram que dois homens em uma motocicleta roubaram todos os seus pertences. Imediatamente, policiais do 4º Batalhão de Polícia Militar partiram em diligências e no deslocamento visualizaram os dois suspeitos. Na abordagem, foram encontrados 04 aparelhos celulares e também um simulacro de pistola. Os dois suspeitos, de 27 e 28 anos, foram presos e conduzidos à Delegacia de Guarabira, onde foram reconhecidos pelas vítimas.

Na Capital, policiais da Força Regional estavam em rondas no bairro Ilha do Bispo quando se depararam com dois suspeitos, que ao perceberem a aproximação dos policiais fugiram do local, mas sem êxito. Na abordagem, foi encontrado um revólver, calibre 38, com 05 munições intactas. Os suspeitos, de 17 e 32 anos, foram detidos e juntamente com a arma apreendida foram encaminhados para a Central de Flagrantes.

No bairro Gramame, uma equipe policial do 5º Batalhão de Polícia Militar se deparou com um homem, de 23 anos, em atitude suspeita. O suspeito tentou fugir do local, mas os policiais conseguiram interceptá-lo. Na abordagem, foi encontrado um revólver, calibre 38. O suspeito foi preso e conduzido à Central de Flagrantes, para as devidas providências.

Em Monteiro, policiais da Força Tática do 11º Batalhão de Polícia Militar receberam informações de que em um sítio próximo um homem efetuou disparos de arma de fogo. Rapidamente, a equipe policial se deslocou até o local onde foi localizada a residência do suspeito. Durante as buscas no local, foram encontradas uma espingarda de fabricação artesanal e um revólver, calibre 38, e 06 munições intactas. O suspeito, de 43 anos, foi preso e conduzido à Delegacia para os procedimentos cabíveis.

Assessoria/PMPB

Policial

Em João Pessoa: Operação Sossego apreende 15 equipamentos de som e aplica 37 mil reais em multas

Publicados

em

Foto: PM/PB Divulgação

O primeiro fim de semana da Operação Sossego terminou com 15 aparelhos de som apreendidos, 37 mil reais em multas aplicadas e 20 pessoas conduzidas até a delegacia, da sexta-feira (30) até o fim da noite desse domingo (1º), em João Pessoa – cidade que vinha registrando mais chamados para ocorrências de perturbação do sossego.

As intervenções foram realizadas nos bairros de Mandacaru, Mangabeira, Estados, São José, Bancários, José Américo, Ilha do Bispo, Distrito Mecânico, Rangel e nas comunidades do vale das Palmeiras e Vista Alegre.

A Operação, cujo objetivo é atender a demanda da população que vem sendo vítima de casos de perturbação do sossego, é coordenada pelo Comando do Policiamento Regional Metropolitano (CPRM) e conta com o trabalho de equipes do 1º Batalhão, 5º Batalhão, Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb), Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e Força Regional.

As ações vão continuar no próximo fim de semana e com menor tolerância ainda. Das 20 pessoas conduzidas, sete foram autuadas pelo crime de poluição sonora e as outras treze foram submetidas a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Fonte: pm.pb.gov.br

Continue lendo

Manchete

Operação Sossego: PM apreende aparelhos de som e aplica multa de R$ 7 mil por crime de poluição sonora

Publicados

em

A Polícia Militar apreendeu cinco equipamentos de som que estavam perturbando o sossego dos moradores nos bairros de Bancários, Bairro dos Estados, Bairro São José, Mandacaru, Mangabeira e Varadouro, na noite dessa última sexta-feira (30), em João Pessoa.

Seis pessoas foram conduzidas a delegacia e dois proprietários foram autuados e multados no valor total de R$ 7 mil pelo crime de poluição sonora. Os aparelhos foram recolhidos à Central de Polícia.

As ações fazem parte da Operação Sossego, que tem por objetivo levar tranquilidade às pessoas, fortalecendo as fiscalizações de ocorrências com som alto. Este tipo de ocorrência pode levar a outros delitos como porte de drogas e arma de fogo, vias de fato, embriaguez no volante, além de propiciar aglomerações neste período de pandemia.

O foco neste final de semana é nas zonas norte e sul de João Pessoa, e atuação conjunta das unidades de área como as especializadas do BPAmb, BPTran, Força Tática, sob a coordenação do Comando Regional Metropolitano.

Ascom

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende homem e apreende 350 quilos de maconha escondidos em sítio da cidade de Lagoa

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba, através do trabalho investigativo realizado pela Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO), com o apoio 3ª SRPC (Superintendência Regional de Polícia Civil), prendeu um homem e apreendeu cerca de 350 quilos de maconha e duas balanças de precisão escondidos em um sítio na cidade de Lagoa, sertão do estado.

Com a apreensão de hoje, já são mais de 800 quilos de drogas apreendidas em uma semana pela Delegacia de Repressão ao Crime Organizado na Paraíba.

Segundo o delegado Diego Beltrão, titular da DRACO, a apreensão da droga aconteceu no final da tarde desta quinta-feira, 29, e o auto de prisão em flagrante foi lavrado na Delegacia de Catolé do Rocha, para onde foi conduzido o preso.

“O local da apreensão é bem ermo. Os tabletes estavam em sacos de trigo e, de acordo com o homem conduzido à delegacia, a casa estava arrendada a terceiros que não têm envolvimento, mas o caso ainda está sendo investigado”, ressaltou o delegado.

“Nossas equipes já vinham investigando esse homem que vinha distribuindo grandes quantidades de droga na região do Sertão. Depois da informação de que ele iria receber a quantidade apreendida no dia de hoje, nos deslocamos até a cidade de Bom Sucesso, onde a droga seria entregue, no entanto, o homem preso revelou que o local de armazenamento da droga seria o sítio Madaria, em Lagoa, onde, finalmente, conseguimos localizar e apreender quase 350 tabletes de entorpecente semelhante à maconha”, concluiu.

A droga será encaminhada para a perícia e o preso será recolhido ao presídio local, onde permanecerá à posição da Justiça.

Assessoria

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas