Conecte-se conosco

Cidades

João Azevêdo anuncia ações para o enfrentamento da crise hídrica no Brejo paraibano

.

Publicados

em

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (6), durante o programa semanal Conversa com o governador, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, uma série de medidas para o enfrentamento da crise hídrica que afeta a região do Brejo paraibano, a exemplo da construção de adutora, distribuição de caixas d’água, perfuração de poços e instalação de bombas.

“O regime de chuvas no Brejo era mais regular, mas, infelizmente, isso não está ocorrendo por conta das mudanças climáticas, mas estamos com um conjunto de obras de curto, médio e longo prazos. Nós traremos para o Brejo uma adutora que sairá de Campina Grande até Esperança e Remígio, levando até a estação de tratamento de Camará, trazendo água do São Francisco para a região. Estamos atentos e tomando as providências”, assegurou o gestor.

Anúncio


O presidente da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Marcus Vinícius Neves, detalhou as principais ações para garantir água de qualidade e gratuita à população. “Todas as cidades que estão em racionamento grave ou colapso contam com caixas d’água nas suas zonas urbanas, visando o abastecimento de qualidade pelos carros-pipa. Nós já ampliamos os pontos de abastecimento em várias estações de tratamento que disponibilizamos de água, conversado com os municípios para termos as menores distâncias de transporte, aumentando a quantidade de carros que já foram identificados e cadastrados”, pontuou.

Ele explicou que, a partir de Jacaraú, a Cagepa atende os municípios Lagoa de Dentro, Serra da Raiz, Duas Estradas, Caiçara e outras cidades. Já os pontos de abastecimento de Cuitegi e Araçagi foram ampliados. Além disso, foram iniciados os serviços de construção de uma adutora emergencial para contemplar os municípios de Pirpirituba, Lagoa de Dentro, Serra da Raiz, Sertãozinho e Duas Estradas.

“A região de Guarabira não será afetada porque ampliamos a capacidade de transporte e tratamento da adutora de Araçagi, estamos em obras com a adutora que vem de Cuitegi e de lá sairemos com 11 km para chegar perto da estação de tratamento de Pirpirituba e seguir para outras cidades, restabelecendo o sistema em outras cidades”, acrescentou.

Por sua vez, o governador João Azevêdo ainda reforçou o esforço do estado para garantir a segurança hídrica dos municípios paraibanos. “Nós estamos montando o processo de licitação para a grande adutora do Cariri, que irá captar água do São Francisco e levar para a região do Cariri e chegar até Taperoá e Junco do Seridó. Também estamos retomando a adutora do Curimataú, que irá beneficiar uma parte dos municípios do Brejo. Essas serão adutoras com mais de 350 km, cada uma, beneficiando as regiões que mais sofrem com a falta de água”, finalizou.

Portal Sorrentino

Rate this post
Anúncio


Guarabira

Roberto Paulino diz que pesquisa definirá candidato da oposição em Guarabira

Publicados

em

O secretário-chefe de governo do Estado da Paraíba, Roberto Paulino revelou, nesta segunda-feira, 4, em entrevista à Rádio Cultura FM de Guarabira, que o candidato a prefeito do grupo de oposição na cidade vai ser escolhido através de pesquisa, conforme ficou acordado entre as principais lideranças oposicionistas da Rainha do Brejo paraibano.

Paulino também disse que, após o resultado da pesquisa, o governador João Azevêdo é quem deverá anunciar o nome credenciado para a disputa da Prefeitura de Guarabira em 2024. “Tudo será feito num ambiente tranquilo. O importante é que estamos unidos e com um só objetivo, o melhor para o povo guarabirense”, acrescentou.

Anúncio


Durante a entrevista, concedida aos radialistas Edcarlo Monteiro e Evandrerson Braz, o ex-governador Roberto Paulino mandou um recado para o grupo de situação: “não fiquem pensando que vai ser moleza a eleição desse ano. Desta vez estamos unidos e com nomes fortes para a campanha”.

Secretário Roberto Paulino (esq) foi entrevistado por Evandrerson Braz e Edicarlo Monteiro na Rádio Cultura FM (Foto: Reprodução/Facebook)

Sobre o pleito em Guarabira, Paulino ainda lembrou que a possível pré-candidata apoiada pelo atual prefeito Marcus Diôgo, Léa Toscano já perdeu duas campanhas na cidade. 

No programa Jornal da Cultura, Roberto Paulino também fez questão de destacar as obras do Governo do Estado em Guarabira, a exemplo da reforma e construção do Hospital Regional, ampliação do prédio do Detran, construção da Vila Olímpica, asfalto de Cachoeira dos Guedes, acesso ao Campus III da UEPB (será iniciado em breve), dentre outras.

Sobre o governador, Paulino enfatizou: “João Azevêdo está trabalhando muito por Guarabira e a região”.

Fatoafato.com

Rate this post
Anúncio


Continue lendo

Cidades

Cachaça Serra Limpa participa do VI Ranking Cúpula da Cachaça

Publicados

em

A Cachaça Serra Limpa está concorrendo para está entre as melhores cachaças do Brasil. A votação é realizada pela Cúpula da Cachaça em parceria com a revista Prazeres da Mesa e este é o VI Ranking Cúpula da Cachaça.

Para participar da votação é preciso acessar o site: https://www.prazeresdamesa.com.br/vi-ranking-cupula-da-cachaca/ e indicar e votar nas duas: Cachaça Serra Limpa e na Cachaça Serra Limpa Série Ouro.

Anúncio


Rate this post
Anúncio


Continue lendo

Cidades

Prima abre matrículas para 392 vagas em 14 municípios paraibanos

Publicados

em

Imagem: Ilustração/Pixabay

As matrículas para os estudantes veteranos do Programa de Inclusão Social Através da Música e das Artes (Prima), iniciativa do Governo do Estado ligada à Secretaria de Estado da Cultura da Paraíba (Secult-PB), já estão abertas. Para esse público, o prazo vai desta segunda-feira (26) até sexta-feira (1º). Para os novatos, ocorre de 4 a 8 de março. Ao todo são 392 vagas e vão ser respeitadas a ordem de matrícula de cada grupo.

Para se matricular, o estudante tem que ter a partir de sete anos de idade. É preciso apresentar cópia e original do documento de identificação, original e cópia do RG e CPF do responsável, comprovante de residência emitido nos últimos três meses, declaração de matrícula ativa, uma foto 3×4 e número do Cadastro Único, se for inscrito.

Anúncio


As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas nos 17 polos do programa, espalhados em 14 municípios paraibanos. O Prima está presente em João Pessoa, Santa Rita, Sapé, Pedras de Fogo, Bananeiras, Picuí, Campina Grande, Monteiro, Patos, Catolé do Rocha, Pombal, Sousa, Itaporanga e Cajazeiras.

O Prima tem como público-alvo os estudantes da Rede Estadual de Ensino, de forma que 80% das vagas são destinadas a esse perfil. Para além disso, 10% das vagas são reservadas a estudantes em geral, inclusive da rede privada de ensino, e 10% para pessoas com deficiência (PCD). Pelas regras do edital, que foi publicado e aprovado na última terça-feira (20) pelo governador João Azevêdo, os estudantes precisam ter matrícula ativa no ensino fundamental ou no ensino médio.

O diretor de gestão do Prima, Milton Dornellas, explica que essa é a primeira vez que o programa ganha regras mais bem definidas sobre formas de ingresso e sobre o seu público-alvo, o que resulta em mais transparência. “O edital normatiza definitivamente quem tem direito a ingressar no Prima. De uma forma democrática e republicana, e a partir de um texto de fácil entendimento, garante a lisura de todo o processo”, destaca.

As vagas são para os mais diversos tipos de instrumentos de orquestra. Como, por exemplo, violino, percussão sinfônica, piano, viola, flauta transversa, clarinete, trompa, teclado, oboé, fagote, trompete, contrabaixo acústico, violoncelo, violino, tuba e sax barítono.

Para o secretário de Estado da Cultura da Paraíba, Pedro Santos, o Prima é um programa revolucionário, que leva música aos estudantes da rede pública de ensino e que muitas vezes vivem em situação de vulnerabilidade social, promovendo assim cidadania e inclusão social.

“O programa já permitiu ao longo dos anos que muitos dos seus estudantes ganhassem novas oportunidades, ingressando na universidade, virando professores, se profissionalizando como musicistas. Alguns conseguiram ingressar na Orquestra Sinfônica da Paraíba, por exemplo. Então se trata de um projeto transformador, que vai para muito além do ensino musical”, pontua Pedro.

O edital do Prima fez parte de um pacote de medidas apresentado na semana passada pelo governador que vai representar mais de R$ 50 milhões a serem investidos por diferentes programas e projetos cujos editais vão ser lançados ao longo de 2024. Apenas neste mês de fevereiro, o investimento foi de R$ 16,4 milhões.

Prima – O programa tem como objetivos fomentar o exercício da cidadania de seus integrantes e promover a inclusão, democratização do acesso à arte, difusão da música em sua diversidade e o desenvolvimento humano, por meio do ensino coletivo de música com formação de orquestras e outros grupos musicais voltados para crianças e adolescentes.

Secom

Rate this post
Anúncio


Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas