Conecte-se conosco

Manchete

Casal é preso em Guarabira acusado de arrombar comércio

Publicados

em

Foto: Reprodução

As 8h na Avenida Rui Barbosa, Centro, Guarabira-PB, a Polícia Militar realizou a prisão de um homem de 35 anos e uma mulher de 28 na manhã deste domingo, 11, após arrombarem a porta de um estabelecimento comercial e conseguir subtrair alguns objetos na cidade de Guarabira-PB.

A guarnição da Força Tática Alfa ao realizar o patrulhamento no centro da cidade foi acionada por populares, que informaram que uma mulher e um homem tinham arrombado a porta do mercadinho e furtado alguns objetos. Imediatamente a guarnição com apoio de outras viaturas iniciaram diligências, e que nas proximidades da Rua Joca Carteiro no Bairro da Santa Terezinha, conseguiram localizar os acusados, e com ambos foi encontrado os objetos subtraídos do mercado, sendo 01 (um) serrote, 40 (quarenta) cabos de vassouras, 01 (um) arco com serra, 03 (três) facas, 01 (um) facão, 01 (um) martelo, 02 (duas) chaves de fenda estrela, 01 (um) alicate de arrebite, 01 (um) disco de serra, 02 (duas) chaves de fenda, 01 (um) reque, 01 (uma) chave de boca, 01 (uma) chave de boca fresada e 01 (uma) chave L.

Diante as circunstâncias, os envolvidos e os matérias apreendidos foram encaminhados a delegacia e apresentados ao delegado plantonista para as providências que o caso requer.

Blog do Felipe Silva

Rate this post

Cidades

Pesquisador encontra revista histórica do Centenário da Independência e do 1º Concurso de Beleza da PB

Revista publicada há 100 anos, traz as imagens das mais belas ganhadoras do concurso nas principais cidades da Paraíba.

Publicados

em

O pesquisador e ativista cultural Jocelino Tomaz, da cidade de Caiçara, possui em seu acervo algumas relíquias relacionadas ao centenário da Independência do Brasil (1922), e sobre a Paraíba na época da Independência, dentre elas a edição especial da revista paraibana “Era Nova” especial do centenário, o “Almanach do Estado da Parahyba do Norte” (edição de 1922) e o livro “A Cidade de Parahyba na Época da Independência”, de Archimedes Cavalcanti.

Na revista especial, publicada após as comemorações, constam a programação dos eventos do centenário em João Pessoa e raros registros fotográficos das festividades na capital e em várias cidades como Guarabira, Bananeiras, Campina Grande e outras.

Entre os eventos que marcaram o centenário da Independência, quando tínhamos Epitácio Pessoa, um paraibano, na presidência do Brasil, tiveram maior destaque a Exposição do Centenário, no Rio de Janeiro (capital do país, na época), que apresentou amostras da cultura das várias regiões do Brasil e atraiu visitantes de vários lugares do mundo; a primeira transmissão de rádio do nosso país, promovida por Roquete Pinto e veiculando o discurso do presidente; e o concurso “A Mais Bela do Brasil”, realizado pela “Revista da Semana” e o Jornal “A Noite”, ambos do Rio.

Na Paraíba, foi a revista “Era Nova” quem promoveu a realização e pela primeira vez todos os 39 municípios da época (12 cidades e 27 vilas) participaram, porém Souza teve o concurso anulado. Em cada município eram escolhidas duas jovens por uma comissão local, e uma comissão na capital chegou ao resultado final. Na revista especial foi divulgado o resultado e trouxe fotos das cinco primeiras colocadas. Pesquisando em outras edições Jocelino reuniu imagens de várias outras participantes, uma interessante amostra dos padrões de beleza da época.

Confira algumas imagens:

Hasteamento da Bandeira em frente do Conselho Municipal em Guarabira
Desfile na Praça 7 de setembro em Guarabira
Desfile de Beleza em Guarabira
Lila Uchoa, eleita a mais bela de Guarabira
Ildetrudes Silva, eleita em Caiçara
Stella Caçador Stahel, eleita a mais bela da Parahyba (João Pessoa)
Zezé Leone, Campeã Nacional do Concurso de Beleza

Fotos: Reprodução – Revista Era Nova – ANO 1922

Atualizada às 18h para introdução da imagem da lista das eleitas da Paraíba.

Brejo.com

3/5 - (2 votes)
Continue lendo

Guarabira

Projeto “De Carona na Poesia” acontece nos dias 30 e 31 com oficina e peça no Teatro Geraldo Alverga

Publicados

em

Foto: PMG /Divulgação

Lugar de poesia é na calçada, como bem nos dizia Sérgio Sampaio. Mas em tempos de pandemia, a poesia está contraída, intimidada e por vezes sem sentido. De Carona na Poesia é um projeto selecionado na Lei Aldir Blanc, através dos recursos do Prêmio Parrá, e chega para levar poesia até as pessoas, fazendo com que a literatura alcance mais espaços por meio de declamações, oficinas e espetáculos.

Essa viagem itinerante pelo interior da Paraíba começa no dia 24 de agosto na cidade de Bananeiras, em seguida no dia 26 de agosto desembarca em Areia e por fim, no dia 30 de agosto chega a cidade de Guarabira.

Em todas as cidades, o projeto oferece uma oficina de poesia chamada “Acordando a palavra e costurando poéticas”, um espetáculo poético chamado “Voltando para casa”, além de passar por várias ruas da cidade com uma rádio difusora com poesias de escritores plurais do Estado, trazendo histórias de pessoas que por muito tempo não tiveram suas memórias contadas, como mulheres.

A oficina de poesia tem duração de seis horas e o objetivo de produzir uma escrita criativa para todos os públicos, a partir de uma condução integrativa, fazendo uso de música, dança, textos literários que reverbere em criações de textos poéticos partindo de escritas das vivências de cada um.

O espetáculo “Voltando para casa” foi construído a partir de poesias autorais do livro de Bia Sabiá chamado “Zíngara”. É uma apresentação poética, musicada e inédita, com cantoria e presença de elementos da cultura popular, trazendo uma voz que busca ecoar a ancestralidade e derramar versos livres a partir do encantamento e observações do mundo. Toda a programação é gratuita.

De Carona na Poesia é idealizado por Bianca Rufino, ou Bia Sabiá, poeta paraibana, escritora, declamadora, cantora, cartomante e andarilha. Bia Sabiá tem dois livros publicados: ‘Zíngara’ de poesia, e ‘De quando o rio lavou as histórias’, de contos, que foi premiado pelo concurso Políbio Alves no Município de João Pessoa. A artista também tem 17 fanzines. Além de alguns vídeos poemas/criações audiovisuais, divulgados em editais estaduais e nacionais, como ‘Cotidiano Inverso’, ‘Gurugi’ e ‘O dia em que tirei minha alma pra dançar’; e performances livres realizadas pelas itinerâncias.

PROJETO “DE CARONA NA POESIA”

  • GUARABIRA
    30/08
    Oficina Acordando a Palavra e Costurando Poéticas
    Local: Teatro Municipal Geraldo Alverga
    Horário: 9h às 12h
  • 31/08
    Espetáculo Voltando para Casa
    Local: Teatro Municipal Geraldo Alverga
    Horário: 19h30

Fonte: Codecom

Rate this post
Continue lendo

Cultura

Sarau Poemas e Cantos da Cidade traz novas atrações no Centro Cultural Ariano Suassuna do TCE-PB

Publicados

em

O Centro Cultural Ariano Suassuna do Tribunal de Contas do Estado e a Academia de Cordel do Vale do Paraíba realizam nessa quinta-feira (25/8), a versão de agosto do SARAU POEMAS E CANTOS DA CIDADE, evento multicultural que integra a agenda da cidade de João Pessoa desde 2016, quando foi criado pelas duas entidades. 

A programação, bem diversificada, conta com o lançamento de três importantes obras: “Prosperidade e Vida Plena”, de Ednaldo Rodrigues, “Cordel Vivo”, de Aldo Anísio e “Na Sombra de Augusto dos Anjos”, de Gilmar Leite. As performances poéticas terão a participação de Tiago Monteiro, Vicente Campos, Renally Oliveira, Vicente Nascimento, Stelo Queiroga e Ronaldinho Barbosa. Aliás, o poeta Aldo Anísio vem diretamente do Ceará, apenas para participar do sarau.

Léo Brasil fará uma apresentação musical e o evento contará com participações especiais da “Ciranda da Arlinda” e de Palmira Palhano.

Com cerimonial de Marconi Araújo (também presidente da ACVPB), receberão certificados de reconhecimento as seguintes personalidades: Socorro Almeida (Cultura), Rosa Dalva Aguiar (Jornalismo), Ruth Avelino (Turismo) e o Quiosque da Poesia. Na ocasião, será feito o encerramento da exposição de telas do artista plástico Carlos Aquino.

Segundo o Diretor do Centro Cultural Ariano Suassuna, Flávio Sátiro Filho, o sarau realizado em parceria com a ACVPB é “um dos mais ricos eventos culturais da Paraíba, pois traz, na essência, a melhor inspiração da cultura popular raiz, através de protagonistas de intensa sensibilidade humana e artística”.

O SARAU POEMAS E CANTOS DA CIDADE, versão de agosto, ocorre na próxima quinta-feira (25/8), à partir das 18h30, no auditório Celso Furtado, do Centro Cultural Ariano Suassuna, do TCE-PB, situado a rua Geraldo Von Sosthen, 147, Jaguaribe, João Pessoa-PB. A entrada é franca e maiores informações podem ser conseguidas através do telefone (83) 3208-3546.

 Ascom/TCE-PB

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas