Conecte-se conosco

Brejo/Agreste

5ª Caravana do Coração realiza atendimentos em Guarabira e a solidariedade contagia pacientes

Publicados

em

Foto: Ricardo Puppe
Depois de fazer o streptoteste (exame que detecta a bactéria da febre reumática), Taíssa Pereira, de 7 anos, foi tentar convencer Mariana Pereira, de 5 anos, que chorava muito, para fazer o mesmo teste. A cena aconteceu nesta quinta-feira (6), em Guarabira, na 5ª Caravana do Coração, no 11º dia da ação que prossegue até o próximo sábado (8), totalizando 13 cidades paraibanas. O projeto desenvolvido pelo Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a ONG Círculo do Coração, tem na solidariedade uma de suas grandes marcas.
Embora não se conheçam, Taíssa e Mariana têm mais em comum do que a vontade de ajudar uma a outra. Elas têm cardiopatias e, graças ao trabalho da Rede de Cardiologia Pediátrica, que inclui a Caravana, fizeram cirurgia, estão bem e continuam sendo acompanhadas. “Neste trabalho, estão juntos excelentes profissionais para cuidar dos nossos filhos”, disse a mãe de Mariana, Deise Pereira. “Antes, a gente ia pra Recife à procura de atendimento, que agora tem no nosso estado e na porta de nossa casa. Isso é maravilhoso”, comemorou a mãe de Taíssa, Tassiana Guilherme.

Agradecimento e solidariedade são sentimentos que Edivânia Carlos, professora de Sertãozinho, conhece muito bem. Ela é cuidadora de Marcos Maciel, de 8 anos, portador de deficiência física, visual, auditiva e mental. Ele é o segundo filho da dona de casa Vanuza Maciel. Aos 28 anos, ela tem sete filhos: um com 10 anos; Marcos, com 8; outro com 7; um com 4 anos; outro com 3; outro com 1 ano e seis meses e o caçula, com sete meses. “Vim ajudar porque a mãe não tinha condições de cuidar dele sozinha e precisava vir para este atendimento, que é muito importante pra ele”, disse a cuidadora.

Jorgelânia dos Santos também reconhece a importância do trabalho da Caravana. Ela é mãe de Júlio César, de um ano e seis meses, que tem microcefalia. “Levei meu filho a várias clínicas particulares e só aqui foi descoberto que ele tem um problema no coração. Vai ser operado em agosto”, contou.
Para a gerente da 2ª Gerência de Saúde, Alcione Beltrão, o sucesso do trabalho deve-se a parceria. “A nossa região tem 25 municípios e todos eles cooperaram com a logística da ação, desde a hospedagem à alimentação e também fazendo a triagem e enviando os pacientes”, declarou.
Alcione destacou ainda o apoio do Hospital Regional de Guarabira que, rotineiramante, dá suporte a Rede, por meio de atendimento às gestantes e as crianças. “Temos ainda a Sala do Coração, onde, durante todo o ano, é oferecido atendimento, monitoramento, avaliação e encaminhamento das crianças cardiopatas e com microcefalia e oferecemos capacitações para os nossos profissionais. A Caravana é muito importante por vários fatores, entre eles rever condutas porque reúne muitos especialistas”, explicou o diretor geral do Hospital, Cleonaldo Freire.
Capacitação, estrutura e voluntariado também definem o trabalho desenvolvido pela Rede. Este ano são quase 100 profissionais. Um deles é Márcio Feitosa, de João Pessoa, que está na Caravana pela primeira vez. Ele é o responsável pela organização do fluxo. É estudante de Engenharia Civil, bailarino e trabalha com serviço social.
“Aqui estou usando um pouco dos três ofícios pra dar a minha contribuição: a engenharia ajuda na observação e estudo das estruturas; o serviço social no trato com as pessoas e a dança no preparo físico para desenvolver minha missão com a  maestria que merece. Fazer parte deste trabalho é algo mágico”, falou.
A equipe é formada por médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, professores, estudantes universitários e, desta vez, conta com obstetras, porque, pela primeira vez, passou a oferecer monitoramento e acompanhamento de gestantes de alto risco, com o objetivo de diminuir a mortalidade materna na Paraíba.
Atendimentos – Nas 10 primeiras cidades, foram atendidos 1.577 pacientes, sendo 1.126 crianças e 451 gestantes. Até agora, receberam alta 320 crianças. “Estas crianças são aquelas que os municípios enviaram por suspeitas de alguma cardiopatia, Mas, felizmente, após passarem por todos os exames, foi constatado que não há nenhuma patologia. Já as crianças que passaram por cirurgias, nunca receberão alta porque precisam de acompanhamento”, explicou a presidente da ONG Círculo do Coração e coordenadora da Caravana, Sandra Mattos.
Os atendimentos realizados incluem: enfermagem, cardiologia, eletro e ecocardiografia pediátrica, ultrassonografia fetal e eco fetal, genética, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, serviço social, saúde bucal (avaliação e aplicação de flúor), psicologia e laudo final. Todo o serviço é informatizado, da recepção até o laudo final.
Nesta edição, a Caravana começou no dia 26 de junho e vai até o dia oito de julho. Iniciou por Cajazeiras e seguiu por Sousa, Catolé do Rocha, Pombal, Patos, Itaporanga, Princesa Isabel, Monteiro e Esperança, Picuí e Guarabira. Nesta sexta-feira (7), estará em Itabaiana e no sábado (8), em Mamanguape, onde haverá o encerramento.
Secom

Rate this post

Brasil

Livro de Caiçarense herói da 2ª Guerra Mundial será lançado em Manaus

Publicados

em

Foto: Assessoria

O Brasil participou diretamente das batalhas da 2ª Guerra Mundial com a atuação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Itália. O caiçarense José Alípio de Carvalho (1917-1995) fez parte desse momento histórico participando da principal campanha brasileira a tomada da região de Monte Castelo, onde sagrou-se herói de guerra. 

O então 2º Tenente Alípio pertencia ao 1º Regimento de Infantaria do Rio de Janeiro. O ato heroico do caiçarense se deu na tentativa de tomada de Monte Castelo em 29/11/1944. Sob forte inverno nos Montes Apeninos, Alípio comandou o avanço do seu pelotão sob um “ninho de metralhadoras” alemães, conquistando assim um ponto de resistência inimiga e fazendo prisioneiros de guerra. Após essa ação, foi atingido na perna por uma granada e, mesmo ferido, seguiu comandando o pelotão até a ordem do capitão para recuarem pois, mesmo eles tendo sucesso naquele ponto, a FEB já contava com muitas baixas naquela tentativa. A conquista de Monte Castelo só se deu em fevereiro de 1945. 

Pelos seus feitos, Alípio recebeu importantes medalhas como a “Cruz de Combate de 1ª Classe”, “Medalha Sangue do Brasil” e a “Silver Star” concedida a pelas Forças Armadas Americanas por extraordinário heroísmo, de 12 mil soldados brasileiros que atuaram diretamente na guerra apenas cerca de vinte conquistaram tal medalha. Por sua militância contra as guerras, foi agraciado também com a “Medalha do Pacificador”. 

Após a participação na guerra, Alípio seguiu com sua carreira militar chegando a Coronel e postumamente elevado a general. Estabelece-se no estado do Amazonas onde, entre outros cargos, chegou a Comandante do Grupamento de Elementos da Fronteira durante a Ditadura Militar, Comandante do 27º Batalhão de Caçadores, Diretor da Caixa Econômica Federal e Coordenador da Superintendência para o Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM). Alípio foi responsável pela prisão do então governador do Amazonas Plínio Coelho, fato que repercutiu nacionalmente. O coronel recepcionou em Manaus os presidentes Castelo Branco, Costa e Silva, e Emílio Médici. 

Alípio faleceu em julho de 1995 vítima de insuficiência respiratória.  

O Coronel estava escrevendo suas memórias e agora essas históricas notas biográficas foram organizadas por sua viúva Clio Baraúna de Carvalho e sua sobrinha Márcia Baraúna Pinheiro no livro “Verás que um filho teu não foge à luta”, que será lançado nesse dia 17/10 com apoio do Governo do Estado do Amazonas, no Centro Cultural “Palácio Rio Negro”, em Manaus.  

O pesquisador Jocelino Tomaz, presidente do Grupo Atitude, que há 16 anos promove voluntariamente a leitura e a cultura em Caiçara e região, esteve em Manaus em 2012 a convite da cantora caiçarense Fátima Marques, que tem carreira consolidada na região norte. Jocelino, que planeja escrever um livro sobre os filhos ilustres da sua cidade, buscou contatos e chegou até familiares do coronel Alípio, tendo acesso ao registro de suas memórias, acervo fotográfico, medalhas, etc. além de entrevistar a viúva do mesmo. 

Da redação Brejo.com com Jocelino Tomaz


Rate this post
Continue lendo

Brejo/Agreste

Bananeiras e Solânea entram em colapso no abastecimento de água e contas serão suspensas

Publicados

em

Foto: Reprodução

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) comunica aos clientes de Solânea e Bananeiras que essa será a última semana de abastecimento de água nas cidades, em virtude do esvaziamento da barragem de Canafístula.

O manancial está com apenas 2,16% de sua capacidade, de acordo com o registro feito pela Aesa, no dia 03/09/2021. Diante desse cenário, a empresa informa, mais uma vez, o colapso do abastecimento dessas cidades a partir do mês de setembro de 2021.

Comunica ainda que o faturamento será suspenso a partir deste mês de setembro.

Por fim, a companhia está buscando alternativas de apoiar às prefeituras no enfrentamento à crise, como perfuração de poços, doação de reservatórios e distribuição de água por meio de carros pipas.

Blog do Felipe Silva

Rate this post
Continue lendo

Brejo/Agreste

Ex-gestora do FMS de Alagoa Grande, citada em denúncia do MPPB emite Nota Pública

Confira a NOTA PÚBLICA na íntegra

Publicados

em

Nesta segunda-feira (06), foi publicado nas redes sociais uma NOTA PÚBLICA assinada em nome da ex-gestora do Fundo Municipal de Saúde de Alagoa Grande, Emanuelle da Costa Chaves Trindade, citada em denúncia do Ministério Público de Alagoa Grande na operação Papel Timbrado.

De acordo com o MPPB, a Operação Papel Timbrado foi deflagrada em 2014 com o objetivo de desmantelar organização criminosa composta, notadamente, por empresários (com apoio de auxiliares técnicos [engenheiros e contadores], colaboradores e “laranjas”) e operadores que haviam criado (e vinham se utilizando) empresas “fantasmas” e “de fachada” para fraudar licitações públicas e desviar os recursos delas provenientes.

Confira abaixo a NOTA na íntegra.

Da redação Brejo.com

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas