Conecte-se conosco

Manchete

Hoje, dia 05: Desfile de inauguração da M.OFFICER no Shopping Cidade Luz

Publicados

em

Na próxima terça-feira (05), Guarabira (PB) ganha mais uma loja e o comércio local terá mais uma opção de compra. O empresário Rosil Pontes, dono das lojas Pontes Calçados, abre uma franquia da M. OFFICER, marca já consolidada no mercado.

“Todos estão convidados para este momento marcante, que trará esta famosa marca para Guarabira, atendendo às pessoas de bom gosto nos segmentos masculino e feminino, em roupas e acessórios.” Disse Pontes.

A unidade da M. OFFICER em Guarabira abre as portas no Shopping Cidade Luz, para atender ao público de Guarabira e região. A inauguração acontece às 19h30.

M_OFFICER_ehHOJE_dias

Com informações do Caderno de Matérias.

Rate this post

Brasil

Instituto Butantan está produzindo nova vacina contra a gripe

Publicados

em

E de olho no aumento dos casos de gripe no país principalmente causados pela Influenza H3N2, o Instituto Butantan está produzindo a versão atualizada da vacina contra a gripe.

Os imunizantes vão ser distribuídos no Sistema Único de Saúde já a partir do mês de março.

Veja o vídeo abaixo.

TVBrasil

Rate this post
Continue lendo

Cidades

Raniery Paulino prestigia prestação de contas do Governo do Estado, em JP

Raniery destacou a chegada dos programas como o Tá na Mesa a instalação do Restaurante Popular em Guarabira e a chegada da Casa da Cidadania no Brejo.

Publicados

em

Foto: José Marques/SecomPB

O deputado estadual Raniery Paulino prestigiou, nesta segunda-feira (10), a prestação das ações dos últimos três anos de governo João Azevedo e o anúncio de novos investimentos para 2022 que somam mais de R$ 1 bilhão por toda Paraíba. A solenidade ocorreu no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa.

O parlamentar reafirmou a parceria e parabenizou o chefe do executivo pelo trabalho exitoso que tem sido feito pelo brejo paraibano.” Gostaria de parabenizar o governo que tem gerado grandes investimentos por toda nossa Paraíba. Essa efetivou importantes programas para o nosso povo do brejo”, destacou.

Raniery destacou a chegada dos programas como o Tá na Mesa a instalação do Restaurante Popular em Guarabira e a chegada da Casas da Cidadania, na Rainha do Brejo. “São Programas que nos enchem de orgulho. Acreditamos que nesse Governo, Guarabira tem sido beneficiada com importantes programa e os guarabirenses têm sido contemplados com segurança alimentar e no desenvolvimento humano”, ponderou.

O chefe do Executivo destacou as principais ações da gestão estadual em áreas como infraestrutura, saúde, educação, segurança, desenvolvimento humano, agropecuária, cultura e esporte.

Dentre as novas obras anunciadas estão a dragagem do Porto de Cabedelo; assinatura de mais 104 convênios com as prefeituras para a construção de creches; 22 novas travessias urbanas; construção do viaduto sobre a BR-230 no cruzamento com a Rua Ranieri Mazzilli, em João Pessoa; ampliação da Patrulha Maria da Penha para o Sertão; construção da adutora do Cariri, da adutora do Brejo; implantação de cursos técnicos em 50% das escolas de tempo integral; construção dos hospitais de Clínicas, em Campina Grande, e da Mulher, em João Pessoa; ampliação do Tá na Mesa e do programa Rodovias PB; lançamento de programa para zerar filas de exames, com a montagem de uma rede de tomógrafos e equipamentos de hemodinâmica; implantação de mais cinco casas da cidadania; entrega de 576 apartamentos do Residencial Rosa Luxemburgo; entrega dos Restaurantes Populares de Pombal, São Bento e Monteiro; recuperação do aeródromo de Guarabira e implantação dos aeródromos de Cuité, Conceição e Araruna; construção de 20 escolas e investimentos de R$ 100 milhões em recuperação e ampliação de unidades de ensino.

“Tudo isso está sendo possível porque temos uma gestão que reduziu custeios, que fez com que a máquina pública funcionasse da melhor forma possível, alcançando a população com o maior número de serviços em todas as áreas do governo, demonstrando o nosso respeito e compromisso com os paraibanos. Nós cuidamos das pessoas, asseguramos a geração de emprego e renda, atraímos novas empresas, criamos um ambiente favorável de negócios, instituímos o respeito institucional, implantando um governo de inclusão em todos os setores”, frisou o governador João Azevêdo.

Clique e confira a REVISTA com as ações do governo.

Acesso Político

Rate this post
Continue lendo

Cidades

Escola Integral de Lagoa Seca conquista primeiro lugar do Nordeste no Prêmio de Propriedade Intelectual nas Escolas

Publicados

em

A Escola Cidadã Integral Técnica Francisca Martiniano da Rocha, de Lagoa Seca, venceu o primeiro Prêmio de Propriedade Intelectual nas Escolas (PI nas Escolas), com o projeto ‘Criação de Plástico Biodegradável de Batata-doce e capim braquiária’, desenvolvido pelo grupo de estudo da escola ‘Os Sapiens Educação STEAM’. A escola ficou em primeiro lugar no Nordeste na categoria ‘Planeta’ e recebeu a premiação no valor de R$ 4 mil.

O Prêmio PI nas Escolas é um concurso realizado pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial que tem o propósito de  identificar, valorizar e divulgar experiências educativas, inclusivas, equitativas, transdisciplinares e de qualidade, conforme o Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4 aprovado pelos Estados-membros da Organização das Nações Unidas (ONU), planejadas e realizadas por professores, gestores escolares de escolas das redes privada, federal, estadual e municipal de ensino, da Educação Infantil ao Ensino Médio e Profissionalizante.

O concurso foi realizado em cinco categorias: Criatividade – Educação para a inovação e produção artística; Cidadania – Educação para a cultura de respeito pela criação; Tecnologia – Educação para a ciência e inovação; Planeta – Educação para o aproveitamento sustentável e inovador dos recursos naturais; e Negócios – Educação para o empreendedorismo.

O projeto ‘Criação de plástico biodegradável de batata-doce e capim-braquiária’ foi inscrito na categoria ‘Planeta – Educação para o aproveitamento sustentável e inovador dos recursos naturais’, e desenvolvido por quatro estudantes da 1ª série do ensino médio. O projeto teve início no mês de maio, após identificar o cenário socioeconômico e ambiental de Lagoa Seca por meio da plataforma Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) Cidades 2021.

Como foi desenvolvido – Com o objetivo de combater as queimadas e o lixo plástico, por meio da articulação e diversificação dos arranjos produtivos locais, através da Agenda 2030 levados à sociedade de Lagoa Seca, foi criado neste projeto um plástico biodegradável a partir da batata-doce e do capim-braquiária.

Para o desenvolvimento e criação do plástico, os estudantes tiveram o apoio e orientação de quatro professores de diferentes áreas: Biologia, Matemática, Química e do professor da base técnica do curso de Comércio ofertado pela escola. Segundo o professor de Biologia, Damião Queiroz, a ECIT Francisca Martiniano da Rocha está em reforma, no entanto, a Secretaria de Cultura de Lagoa Seca cedeu o espaço físico para os professores e alunos, que levaram os equipamentos e vidrarias para realizarem os experimentos.

“Foram realizados 22 encontros, sendo 14 de forma remota pelo google meet e oito encontros presenciais, seguindo todos os protocolos de saúde estabelecidos pelo Estado e o município. Os presenciais foram realizados de forma alternada em ambiente aberto e ventilado, ocorrendo no espaço da Secretaria de Cultura de Lagoa Seca”, contou o professor Damião.

Para a Gestora, Michelle Fialho, “o prêmio representa o ideal de protagonismo trabalhado em nossa Escola. Além de mostrar o potencial do Ensino Integral, as mudanças que o modelo proporcionou para a comunidade, o prêmio traz uma representatividade significativa para nossos alunos e toda a equipe. Alunos de escola pública, alunos da zona rural, que mesmo durante o ensino remoto mostraram empenho e dedicação à pesquisa desenvolvendo um trabalho único e inédito em nossa cidade”, ressaltou.

A estudante Valeska Silva destacou a importância do Prêmio. “O prêmio PI foi uma grande conquista, uma experiência ótima que tive na participação desse projeto. A escola se dedicou muito para nos ajudar na construção do bioplástico com toda a organização. Através desse projeto, consegui aprender várias coisas como por exemplo as ODS e o método científico que era um assunto que eu não  tinha conhecimento”, comentou.

Secom-PB

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas