Conecte-se conosco

Cidades

Governador inaugura unidade do Corpo de Bombeiros em Mamanguape

Publicados

em

Ao todo, foram investidos na nova unidade R$ 1,7 milhão em estruturação, além da aquisição de mobiliário (R$ 116.760,) e de equipamentos de informática (R$ 8 mil).

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, nesta terça-feira (3), em Mamanguape, a 3ª Companhia Independente de Bombeiro Militar (3ª. CIBM), como parte do projeto de interiorizar as ações do Corpo de Bombeiros, aproximando ainda mais a corporação da população paraibana. Além de Mamanguape, serão atendidos pela 3ª CIBM 11 municípios do Vale do Mamanguape.

Ao todo, foram investidos na nova unidade R$ 1,7 milhão em estruturação, além da aquisição de mobiliário (R$ 116.760) e de equipamentos de informática (R$ 8 mil). A nova unidade de Bombeiro Militar conta com 34 homens e mulheres para atender à população do Vale do Mamanguape, que precisava recorrer a João Pessoa em casos de incêndios, entre outras ocorrências.

Na solenidade de inauguração, que contou com a participação do secretário da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo; do secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Cláudio Lima, entre outros auxiliares do Governo do Estado, o governador Ricardo Coutinho destacou a importância da nova sede do Corpo de Bombeiros. “Já inauguramos unidades do Corpo de Bombeiros em Catolé do Rocha, em Pombal, em Sousa e, agora, Mamanguape. Ainda este ano serão contempladas as cidades de Patos e Itaporanga”, acrescentou.

Ricardo destacou, ainda, o processo de modernização que o Governo do Estado tem promovido na segurança pública. “Modernizamos as viaturas, os equipamentos utilizados pelos policiais. Temos investido em qualificação e treinamento”, disse, lembrando os avanços desde a sua primeira gestão até o momento.

Para o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Cláudio Lima, a chegada do Corpo de Bombeiros à cidade de Mamanguape trará ainda mais segurança aos moradores. “Eu acho imensurável essa obra para o município de Mamanguape, para o Vale do Mamanguape como um todo, para o Litoral Norte”, completou, lembrando ações implementadas pelo Governo do Estado que valoriza e oferece melhores condições de trabalho à corporação, como o novo sistema de rádio comunicação.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Jair Carneiro, ressaltou a aproximação dos bombeiros da população, proporcionando ainda mais eficiência na prestação dos serviços à população. “O Corpo de Bombeiros que levava de 50 minutos a uma hora para se deslocar de João Pessoa até Mamanguape, agora o atendimento será feito em dez minutos, resposta rápida, que salvará muitas vidas”, acrescentou.

A prefeita de Mamanguape, Eunice Pessoa, lembrou que a instalação de uma unidade do Corpo de Bombeiros no município é a reivindicação da população sendo atendida. “Esse momento é de muita alegria, resultado de quem acredita no Orçamento Democrático. Estamos muito felizes com a entrega dessa obra tão sonhada”, completou.

Participaram ainda da solenidade de inauguração os deputados Ricardo Barbosa, Trócoli Júnior e João Gonçalves, além de lideranças comunitárias.

A 3ª CIBM será comandada pelo major Eudésio Estrela e subcomandada pelo capitão Edson Ferraz.

A unidade de bombeiros de Mamanguape também desenvolverá vistorias e fiscalizações para combater incêndio em estabelecimentos da região, e receberá projetos sociais desenvolvidos pelo Corpo de Bombeiros em todo o Estado.

Da Secom-PB

Cidades

Mais de 4 mil eleitores solicitam pedido de transferência do local de votação, na PB

Publicados

em

Foto: Reprodução/EPTV

Mais de 4 mil eleitores pediram transferência temporária do local de votação, na Paraíba. Desse total, 1,7 mil eleitores paraibanos solicitaram o pedido para votar em trânsito nas Eleições 2018, de acordo com os dados do Cadastro Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB)

Essa modalidade inclui as pessoas que vão votar em trânsito (1.740), os presos provisórios e adolescentes internos (204), que votarão nas seções colocadas nos estabelecimentos prisionais e de internação, os militares e os demais agentes de segurança (2.076) que estarão em serviço no dia das Eleições 2018, totalizando 4.020 eleitores.

As estatísticas apontam ainda que João Pessoa e Campina Grande foram os municípios que apresentaram o maior número de requerimentos para o voto em trânsito, sendo 1.215 e 353, respectivamente.

O TRE lembra que o voto em trânsito é destinado às pessoas que estarão fora do domicílio eleitoral nas datas das eleições. Ele não é permitido em urnas instaladas em outros países. Entretanto, eleitores com título eleitoral cadastrado no exterior, e que estiverem em trânsito no território brasileiro, poderão votar na eleição para presidente.

Caso o eleitor habilitado para votar em trânsito não compareça à seção, ele deverá justificar sua ausência, inclusive se estiver em seu domicílio eleitoral de origem no dia da eleição. A justificativa de ausência nos dias de votação não poderá ser feita no município por ele indicado para o exercício do voto.

Fonte: G1 PB

Continue lendo

Cidades

Alimentação saudável e exercícios físicos podem reverter casos de infertilidade

Publicados

em

Foto: Shutterstock

Estudo com 5 mil mulheres que estão tentando engravidar mostra que metade delas não pratica nenhuma atividade física, dentre os homens, o percentual é de 39%.

As dificuldades para engravidar acometem aproximadamente 8 milhões de pessoas, esses são dados da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida. Há muitos casos de casais que realizaram inúmeros exames para saber se há algum problema que impede uma gravidez e todos apresentaram resultado normal. O que fazer?

Após um ano de tentativas sem sucesso por uma gestação e todos os exames normais, o problema se enquadra no que é conhecido como Infertilidade Inexplicável ou Infertilidade Sem Causa Aparente (ISCA).

Geralmente, o problema pode ser resultado de alguma deficiência nutricional ou de um estilo de vida nada saudável. O sobrepeso e obesidade também podem desestabilizar vários sistemas no organismo, inclusive, afetar a fertilidade.

A avaliação nutricional deverá ser realizada por um especialista, em caso de sobrepeso, obesidade ou apenas de reavaliação de dieta, não se deve procurar por ‘soluções do momento’, cada caso demandará cuidados particulares.

Estudo recente revela sobre o estilo de vida de quem está tentando engravidar

O portal Trocando Fraldas, voltado principalmente para mulheres que estão na tentativa de uma gravidez ‘tentantes’, realizou uma pesquisa neste mês, para tentar compreender o comportamento alimentar e estilo de vida daquelas que desejam uma gestação.

Participaram do estudo 5 mil mulheres que tiveram ou têm algum problema para engravidar. Os principais resultados foram:

  • 50% das mulheres que estão tentando engravidar não realizam nenhuma atividade física;
  • 39% dos parceiros não praticam nenhuma atividade física;
  • Aquelas que informaram ter engravidado em menos de 3 meses de tentativas, se alimentam 29% mais saudável do que as demais;
  • 1 em cada 3 mulheres que estão tentando uma gestação considera o peso acima ou muito acima do ideal;
  • As mulheres na região Sul se alimentam melhor, e na região Centro-Oeste, pior.

O que mulheres e homens podem fazer em caso de sobrepeso e obesidade? Algumas dicas:

  • Substitua alimentos industrializados por alimentos frescos e naturais;
  • Evite o consumo de alimentos que são fonte de cafeína;
  • Passe a introduzir na dieta frutas, verduras e legumes;
  • Comece a praticar alguma atividade física, pelo menos 3 vezes por semana, com a orientação médica;
  • Evite o excesso de gorduras e consumo de frituras.

Assessoria/Trocando Fraldas

Continue lendo

Cidades

Campanha da ONU promove mutirões de limpeza de praias

Publicados

em

Foto: Praia da Paraíba/Reprodução

A ONU Meio Ambiente e o Instituto Ecosurf promovem a 2ª edição da campanha Mares Limpos e estão cadastrando ações de limpeza de praias programadas para o período de 15 a 23 de setembro. A Semana Mares Limpos começou hoje (15) com um mutirão de limpeza de praia em Itapoá, Santa Catarina. A meta desta edição é superar a ação de 2017, que teve 136 grupos inscritos em 18 estados brasileiros e coletou cerca de 24 toneladas de resíduos das praias e rios do país.

No ano passado, 57 grupos registraram os resíduos que coletaram em 53 praias litorâneas e outras oito localidades que margeiam rios, lagos e lagoas. Bitucas de cigarro, tampas de garrafa, canudos, garrafas plásticas, sacolas plásticas de supermercado, embalagens plásticas em geral, copos e pratos plásticos, garrafas de vidro, pedaços de isopor e talheres plásticos foram os dez itens mais recolhidos nessas localidades. Também foram encontrados aparelhos eletrodomésticos portáteis, como um forno micro-ondas, um sofá e quase mil pinos eppendorf, tipicamente usados para transporte de drogas.

De acordo com as Nações Unidas no Brasil, essa mobilização nacional é importante para dar visibilidade ao problema no território brasileiro, apontar onde é preciso atuar e levantar o panorama nas praias do país. Os dados das coletas serão reunidos em um relatório e entregues ao Ministério do Meio Ambiente, para subsidiar as discussões do Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar, previsto para ser lançado no ano que vem.

As inscrições para participar da Semana Mares Limpos podem ser feitas pela internet. Os grupos inscritos receberão um kit da campanha com cartilha de orientações sobre como realizar a limpeza, fichas de catalogação do lixo encontrado e material para impressão. Segundo a ONU, a coleta de resíduos deve obedecer a alguns princípios para que seja eficaz e tenha resultados duradouros. Os inscritos são convidados ainda a participar de um projeto de reciclagem de tampinhas, parceria da ONU Meio Ambiente, Furf Design e Boomera.

campanha Mares Limpos foi lançada em 2017 e durante cinco anos terá ações para convencer pessoas e empresas a reduzirem o consumo de plásticos e evitar seu descarte. O objetivo é conter a maré de plásticos que invade os oceanos.

Doze cidades brasileiras assinaram um compromisso com a Campanha Mares Limpos, como é o caso de Itapoá (SC) que trabalha para melhorar seu sistema de gestão de resíduos. Os municípios que aderem à iniciativa devem desenvolver um plano de ação e apresentar os resultados anualmente. De acordo com a ONU, a adesão é uma forma de divulgar as boas práticas realizadas e agregar apoio para implementar medidas mais efetivas, como a cobrança por sacolas plásticas e o banimento de canudos.

Agência Brasil

Continue lendo
Apoio

Mais Lidas