Conecte-se conosco

Cidades

Itabaiana e Guarabira sediam audiências do ODE na quinta e sexta-feira

Publicados

em

As regiões polarizadas pelas cidades de Itabaiana e Guarabira recebem nesta semana, quinta-feira (15) e sexta-feira (16), respectivamente, as audiências do Orçamento Democrático Estadual – Ciclo 2018.

A audiência em Itabaiana (12ª Região Geoadministrativa) acontece a partir das 19h, no ginásio da Escola Cidadã Integral da cidade e a de Guarabira (2ª Região), acontece também às 19h, no ginásio José Soares – o “Portuguesão”.

A primeira audiência, de Itabaiana, vai reunir representantes dos municípios de Caldas Brandão, Gurinhém, Ingá, Itatuba, Juarez Távora, Juripiranga, Mogeiro, Pedra de Fogo, Pilar, Riachão do Bacamarte, Salgado de São Félix, São José dos Ramos, São Miguel de Taipu e Serra Redonda. E a de Guarabira populares das cidades de Alagoinha, Araçagi, Cuitegi, Duas Estradas, Mulungu, Pilões, Pilõezinhos, Pirpirituba, Serra da Raiz e Sertãozinho.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria Executiva do Orçamento Democrático Estadual, vem realizando o ciclo de audiências 2018 que já foi realizado nas regiões de Cajazeiras, Sousa, Pombal, Catolé do Rocha, Patos e Sumé.

As plenárias contam com a presença de vários setores do Governo e é um momento onde as pessoas presentes podem eleger prioridades de investimentos para as suas respectivas regiões, além de indicarem, especificamente, quais obras, ações e serviços que gostariam que fossem implantados ou melhorados em suas comunidades.

O Governo também tem prestado contas das ações e investimentos desenvolvidos nessas regiões, além da entrega de benefícios para a melhoria dos serviços prestados nessas localidades.

A população que tiver interesse em participar deve ficar atenta aos locais onde serão disponibilizados transportes até à plenária. E ao chegar ao local da audiência deve preencher o formulário de indicação das prioridades, disponibilizado na entrada dos ginásios, no credenciamento.

Também haverá um momento para inscrições de falas para quem desejar expressar-se diretamente para o governador e toda a equipe de governo.

As audiências públicas do Orçamento Democrático Estadual têm o objetivo de reunir as populações das regiões para dialogar sobre as prioridades de investimentos do Governo do Estado. É a forma democrática de discutir os gastos públicos diretamente com a população e de prestar contas daquilo que foi e vem sendo investido pelo governo nas regiões.

 

Paraiba Online

com Secom-PB

Cidades

Seguro-desemprego é reajustado em 3,43%

Publicados

em

Foto: Divulgação

O empregado demitido sem justa causa terá o seguro-desemprego corrigido em 3,43%, correspondente à inflação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) no ano passado, informou hoje (18) o Ministério da Economia.

A parcela máxima passará de R$ 1.677,74 para R$ 1.735,29. A mínima, que acompanha o valor do salário mínimo, foi reajustada de R$ 954 para R$ 998. Os novos valores serão pagos para as parcelas emitidas a partir de 11 de janeiro e para os novos benefícios.

Atualmente, o trabalhador dispensado sem justa causa pode receber de três a cinco parcelas do seguro-desemprego conforme o tempo trabalhado e o número de pedidos do benefício. A parcela é calculada com base na média das três últimas remunerações do trabalhador antes da demissão. Caso o trabalhador tenha ficado menos que três meses no emprego, o cálculo segue a média do salário em dois meses ou em apenas um mês, dependendo do caso.

Quem ganhava mais que R$ 2.551,96 recebe o valor máximo de R$ 1.735,29. Quem ganha até R$ 1.531,02 tem direito a 80% do salário médio ou ao salário mínimo, prevalecendo o maior valor. Para remunerações de R$ 1.531,03 a R$ 2.551,96, o seguro-desemprego corresponde a R$ 1.224,82 mais 50% do que exceder R$ 1.531,02.

O beneficiário não pode exercer atividade remunerada, informal ou formal, enquanto recebe o seguro. O trabalhador é obrigado a devolver as parcelas recebidas indevidamente, caso saque o benefício e tenha alguma ocupação.

O trabalhador demitido pode pedir o seguro-desemprego pela internet, no portal Emprega Brasil. É necessário ter em mãos as guias entregues pelo ex-empregador ao homologar a demissão, o termo de rescisão, a carteira de trabalho, o extrato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a identificação do Programa de Integração Social (PIS) ou do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e documento de identificação com foto.

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo

Cidades

Moradora do Multirão em Guarabira é encontrada

Publicados

em

Foto: Divulgação

A moradora do bairro Multião em Guarabira, Daniele Félix Gondin de 27 anos, segundo informações, foi encontrada e já está em sua casa com seus familiares. Conforme publicado em matéria anterior ela estava desaparecida há 16 dias e o pai, seu Derivado foi até a delegacia de Polícia Civil para registrar o desaparecimento da filha.

Para saber mais, confira na matéria anterior: https://brejo.com/2019/01/17/guarabirense-esta-desaparecida-ha-mais-de-15-dias-familiares-estao-desesperados/

Continue lendo

Cidades

Detran-PB renova alerta à população sobre falso site do Programa de Habilitação Social

Publicados

em

Foto: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) volta a alertar a população sobre a continuidade do golpe envolvendo um site falso, supostamente relacionado ao Programa Habilitação Social. O site, hospedado nos endereços social.cnh-e.net, cnhsocial.net.br e nossofgts.club/cadastro/cnhsocial/confirmado/?f9, utiliza um layout semelhante ao oficial, disponibilizando inclusive a ficha de inscrição para os interessados.

O Detran avisa mais uma vez que o site oficial do Programa Habilitação Social (PHS) no Estado da Paraíba é o www.habilitacaosocial.pb.gov.br e as inscrições são gratuitas, sendo feitas exclusivamente nesse endereço. Além disso, todo o procedimento é livre de cobranças, não tendo custo algum para o usuário. O órgão lembra ainda que não envia nenhum tipo de boleto por correio, e-mail ou mensagem.

De acordo com o corregedor do Detran-PB, Valberto Lira, golpes desse tipo prejudicam muitas pessoas pelo fato de se assemelharem com as características dos sistemas originais. “Algumas pessoas já nos procuraram por terem sido prejudicadas por essa prática. Em busca de se beneficiar, os criminosos reproduzem com bastante semelhança o site original, levando o usuário a crer que é um procedimento seguro”, explicou.

O corregedor frisou ainda que é importante que os usuários se mantenham informados de programas desse tipo somente por meio das fontes oficiais. “Quando as inscrições do programa são abertas, o Detran faz uma ampla divulgação, inclusive com a publicação do edital em Diário Oficial”, completou.

Fonte: Portal Midia

Continue lendo
Apoio

Mais Lidas