Conecte-se conosco

Brejo/Agreste

Operação Voto Seguro transcorre de forma tranquila na área do 4º BPM

Publicados

em

A Operação Voto Seguro, na área do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), prossegue neste sábado (6) e, até o momento, sem o registro de ocorrências de destaque em nenhum das 16 cidades que integram a área do Batalhão, que fica sediado em Guarabira. Durante a noite dessa sexta-feira (5) e madrugada deste sábado, policiais militares, sob o comando do tenente-coronel Gilberto, deram continuidade à operação, que será concluída somente neste domingo (7), após o encerramento da votação.

O tenente-coronel Gilberto vem parabenizando a forma ordeira com a qual tem se comportado o eleitorado da área do 4º BPM, contribuindo para que nenhuma ocorrência de destaque tenha sido registrada desde o início da propaganda autorizada pela Justiça Eleitoral. O comandante do 4º BPM acredita que a tranquilidade se estenderá até o dia da votação e o momento das comemorações.

O plano de segurança das eleições elaborado pela Polícia Militar e que está sendo realizado em todo o Estado prevê quatro eixos principais de atuação: a guarda das urnas eleitorais, a segurança dos locais de votação, o reforço do policiamento nos municípios e o acompanhamento em tempo real de tudo que acontece durante o dia da votação, por meio dos Centros de Decisões Estratégicas Integrados, instalados em João Pessoa, Campina Grande e Patos.

Com a Operação Voto Seguro, o policiamento ordinário em todas as cidades que integram a área do 4º BPM não sofre qualquer alteração, inclusive com a realização de outras operações, a exemplos da Feira Segura, Cidade Segura e Saturação, e o atendimento à população através do 190.

Assessoria/4º BPM

Brejo/Agreste

Cagepa encontra desvio de água em Alagoa Nova que servia para irrigar capim

Publicados

em

A Cagepa realizou na última semana uma fiscalização na cidade de Alagoa Nova, Brejo paraibano, onde foi detectado desvios e furtos de água para pequenos reservatórios, abastecimento de residências e até para irrigar plantação de capim.

A informação foi divulgada pelo gerente regional da Cagepa, Ronaldo Meneses, durante entrevista à Rádio Campina FM nesta sexta-feira, 05.

Ele disse que foi percebido, no mês de setembro, uma diminuição na vazão do volume de água que provocou um desabastecimento na cidade.

– Inicialmente investigamos se era um problema de ordem eletro mecânica no sistema e foi verificado que não havia nenhum problema nessa ordem. Depois percorremos toda a adutora para encontrar o que estava causando essa diminuição de água. Verificamos irregularidades como vazamentos provocados e rompimentos na adutora para que a água fosse desviada, além de ligações clandestinas – disse.

Ronaldo disse que a quantidade de água, que normalmente deve chegar ao município, é de pelo menos 14 litros por segundo e houve dias em que a vazão estava entre 3 e 4 litros por segundo.

Ele ressaltou que as ações foram realizadas junto com a Polícia Militar Florestal. As ligações clandestinas foram retiradas e os reparos realizados e que a mais de 70% da população de Alagoa Nova já está com o abastecimento normalizado.

Ronaldo ainda disse que um relatório será enviado ao Ministério Público para que os responsáveis sejam punidos e alertou que é preciso coibir esse tipo de prática que é crime.

As informações são da Rádio Campina FM

 

Paraiba Online

Continue lendo

Brejo/Agreste

Policiais realizam Operação Cidade Segura em Alagoa Grande

Publicados

em

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram, na noite desse sábado (29) e madrugada deste domingo (30), a Operação Cidade Segura em Alagoa Grande, cidade que pertence a 2ª Companhia.

Com incursões a pé em áreas como o Morro do Cruzeiro, a operação teve as participações de policiais da Força Tática, Rotam e Rádio Patrulha de Alagoa Grande.

Ascom

Continue lendo

Brejo/Agreste

Sebrae Paraíba incentiva produção de mel na região do Brejo

Publicados

em

Desde o mel tradicional, utilizado para adoçar comidas e bebidas, até a linha fitoterápica, com xaropes acrescidos de mel e própolis, agrião, romã ou gengibre.

Tudo isso é produzido em Pirpirituba, Brejo paraibano, por uma associação composta por 22 apicultores e que, desde a fundação, em 1996, é apoiada pelo Sebrae Paraíba.

Agora, o apoio virá em forma de consultoria para obter a certificação junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para aumentar a produção e vender os produtos em supermercados e farmácias do estado.

De acordo com o presidente da Associação de Apicultores e Meliponicultores de Pirpirituba, Renaud Lucena, o apoio do Sebrae Paraíba tem sido fundamental para o desenvolvimento do segmento na região.

“Sempre que precisamos, o Sebrae apoia, seja com exposição de produtos, capacitações ou consultorias. Agora, nosso suporte será com a parte burocrática da certificação junto ao Mapa, já que nossos produtos já são feitos dentro das exigências dos órgãos de fiscalização e controle”, explicou.

Atualmente, os apicultores da associação conseguem produzir cerca de meia tonelada de mel por mês. A expectativa para o próximo ano é de aumentar para três toneladas, o que será possível após a certificação.

“Assim, poderemos entrar em farmácias e supermercados. Nossa linha de produtos é composta por 22 itens, incluindo mel em garrafas e bisnagas de diversos tamanhos e xaropes fitoterápicos. Tínhamos esse desejo de fracionar e agregar valor aos produtos para aumentar a margem de lucro dos produtores”, afirmou o presidente da associação.

A associação, que já participou de outras edições da Expofeira Paraíba Agronegócios, vai expor nesta edição também.

“Estamos otimistas, apesar de saber que a situação atual do país e financeira das pessoas não está tão boa. Ficaremos satisfeitos se tivermos a mesma margem de lucro do ano passado, embora a intenção vá além da comercialização. A expofeira é uma boa oportunidade para divulgarmos a nossa marca”, frisou.

A 51ª edição da Expofeira Paraíba Agronegócios será aberta neste domingo (16), às 16h, no Parque de Exposições Henrique Vieira de Melo, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.

A Expofeira é realizada pelo Sebrae Paraíba em parceria com o Sistema Faepa/Senar, Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba e a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap).

Durante o evento, o Sebrae terá o Salão do Agronegócio, espaço onde serão realizadas palestras, oficinas e consultorias aos produtores do segmento do agro.

 

Fonte: Paraiba Online

Continue lendo
Apoio

Mais Lidas