Conecte-se conosco

Saúde

ALERTA – Trombose: um mal silencioso que também pode atingir jovens

Publicados

em

Inchaço, fortes dores nas pernas e uma grande surpresa após a ida ao hospital: diagnóstico de trombose.  O caso aconteceu com o deputado federal eleito pelo vizinho estado de Pernambuco Túlio Gadêlha, de 31 anos, namorado da apresentadora Fátima Bernardes, e trouxe um alerta para a doença, que pode ser silenciosa e atingir jovens.  Segundo estimativas da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) há uma média de 60 casos da doença para cada 100 mil habitantes por ano no Brasil.

Túlio Gadêlha foi internado na última terça-feira (27), após voltar de uma viagem de férias à Europa, e pensou que as dores fossem causadas pelas caminhadas e o frio que sentiu no período. Entretanto, o principal fator aparente para a Trombose Venosa Profunda (TVP) foi a viagem de avião com muitas horas na mesma posição.

Segundo o angiologista do Hapvida, Jorge Seraphim, essa é uma das causas mais comuns para a formação dos trombos, que são coágulos que se formam dentro de uma veia ou artéria normalmente dos membros inferiores. Ele relata que apesar da doença ser mais comum em homens acima de 40 anos, jovens também podem ser acometidos com o problema.

“Algumas situações causam trombose: uma condição de risco ou situação de risco. No primeiro caso, trata-se de alguma coisa inerente ao próprio organismo, uma tendência a ter trombose ou alguém que está com câncer ou com doença hematológica podem vir a desenvolver a doença. A situações de risco acontecem em pacientes de pós-operatório ou alguém que passa por um período longo, como viagens prolongadas sem mexer muito a perna. Aumenta o risco”, explica.

Conforme informações da SBACV a trombose é mais freqüente em pessoas com certas condições predisponentes – uso de anticoncepcionais ou tratamento hormonal, tabagismo, presença de varizes, pacientes com insuficiência cardíaca, tumores malignos, obesidade ou a história prévia de trombose venosa.

A psicóloga Renata Borges teve trombose aos 29 anos. Ela conta que tem um histórico familiar de varizes e, para agravar o seu quadro, teve uma gravidez com excesso de líquido amniótico no útero – polidrâmnio – que piorou o seu problema vascular. “Eu tinha muito medo de ir ao angiologista, temia ter de fazer cirurgia. Certo dia quando estava malhando na academia, percebi uma elevação, como um caroço na minha perna, que ficou muito quente e endurecida. Corri para a médica, fiz o exame e foi detectado o trombo acima do joelho”, relatou, dizendo que fez a cirurgia e que hoje está bem.

Tratamento – O angiologista Jorge Seraphim explicou que o tratamento é feito tanto por meio hospitalar como ambulatorial sem internamento.  “Mas é preciso avaliar cada caso e, dependendo da estabilidade do quadro, muitas vezes pode está associado a uma embolia pulmonar que pode ser fatal ou até mesmo causar uma trombose extrema, problemas sérios nas pernas, com a dificuldade no movimento, inchaço,  escurecimento da pele”, revela.

A embolia pulmonar é perigosa porque é causada pela fragmentação dos coágulos e a migração destes até os pulmões, entupindo as artérias do pulmão e gerando graves problemas cardíacos e pulmonares.

Prevenção – Jorge Seraphim ressalta que a prevenção começa com a adoção de um estilo de vida saudável, com uma alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos, além do hábito de não fumar e evitar o consumo de bebidas alcoólicas. Outro fator de risco, segundo o especialista é o uso de anticoncepcionais. “Quem tem predisposição para trombose precisa ficar atento em caso de vôos longos ou em situações que fica muito tempo sem se movimentar. Em caso de dúvidas, o melhor é procurar um especialista que pode orientar passar uma orientação específica para cada caso”, esclarece.

Medidas de prevenção:

– Beba água – É uma das melhores maneiras de manter o sangue fluido. A indicação é  beber pelo menos 2 litros diariamente.
– Perca peso – O sobrepeso é um dos fatores de risco para a ocorrência de trombose. Mantenha o peso ideal para sua altura e idade.
– Faça atividade física – Quem é sedentário tem mais risco de desenvolver trombose. Portanto, pratique exercício regularmente.
– Não fume – O cigarro afeta a circulação sanguínea e aumenta a possibilidade de uma trombose.
– Evite ficar sentado por muito tempo – Em longas viagens de avião, levante-se e movimente-se pelo menos duas vezes durante o voo.

Assessoria/Hapvida

Saúde

Guarabira inicia vacinação contra COVID para público de 28 anos ou mais

Publicados

em

A Secretaria Municipal de Saúde de Guarabira segue a campanha de vacinação contra a COVID-19 e, a partir desta segunda-feira, 2/8, a vacina avança com agendamento da primeira dose, para a população de 28 anos de idade e mais, sem comorbidades.

Quem se incluir nessa faixa etária, munido de RG, CPF, cartão do SUS e comprovante de residência – pode se dirigir até a Unidade Básica de Saúde da sua localidade ou procurar o agente de saúde da sua área – e agendar a sua devida vacina.

Vacinômetro – De acordo com dados atualizados pela equipe da Coordenação de Monitoramento e Tecnologia da Informação da SMS, no site da Prefeitura, o município de Guarabira já aplicou 36.118 doses de imunizantes contra o novo coronavírus; sendo 26.698 como D1 e 9.420 concluíram a sua imunização.

Codecom-PMG

Continue lendo

Saúde

Hospital de Clínicas encerra julho com a menor taxa de ocupação dos últimos nove meses

Publicados

em

Foto: ilustração/Reprodução

O Hospital de Clínicas, em Campina Grande, chega ao fim do mês de julho com 36 pacientes internados, sendo 20 nas Unidades de Terapia Intensiva e 16 na enfermarias. Essa é a menor taxa de ocupação, desde o mês de outubro de 2020.

O mês de julho também contabiliza um saldo positivo no quesito altas hospitalares, com 153 no total. Dessas, 50 foram registradas só nesta última semana.

“Só na sexta-feira [30] 12 pacientes deixaram o hospital recuperados da Covid-19 e neste sábado mais oito pessoas puderam voltar para suas casas. É muito bom ver esse hospital esvaziando, porque sabemos que estamos vencendo o coronavírus”, comemorou o diretor técnico, Thyago Morais.

Com as últimas altas, o Hospital de Clínicas alcançou outro dado a ser comemorado, já são mais de 1.500 casos de pessoas que estiveram internadas na unidade e saíram recuperadas da doença. Em julho, o HC ainda teve uma taxa de recuperação bastante positiva, em torno de 85%.

“Olhar esses resultados nos faz aumentar a esperança de dias melhores para todos nós. É o efeito da vacinação, mas é importante continuar com os cuidados e tomar a segunda dose, para quem ainda não tomou”, comentou o diretor-geral do hospital, Jhony Bezerra.

Perfil dos pacientes – Dos pacientes internados no Hospital de Clínicas no mês de julho, 55% eram homens, 39,1% moradores de Campina Grande, e apenas 32,4% de idosos. A faixa etária que mais registrou pessoas internadas foi a dos pacientes com idade entre 40 e 59 anos.

O Hospital de Clínicas possui 113 leitos, sendo 60 destinados a UTI, 50 de enfermaria e três de Unidade de Decisão Clínica.

Secom-PB

Continue lendo

Saúde

Brasil bate a marca de 100 milhões de pessoas vacinadas

Mais de 62% da população já foi imunizada com ao menos uma dose

Publicados

em

O Brasil chegou a 100 milhões de pessoas imunizadas ao menos com a primeira dose da vacina contra a covid-19. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 62% da população já recebeu ao menos uma dose. “Estamos cada vez mais próximos de chegar na nossa meta: até setembro, 100% dos adultos estarão vacinados com a primeira dose. E, até o final do ano, todos estarão imunizados”, afirmou o ministério, em nota à imprensa.

Ao mesmo tempo, o governo tem alertado a população sobre a importância da segunda dose. O ministério lançou no início de julho uma campanha para incentivar as pessoas que já tomaram a primeira dose a procurarem os postos de saúde para completar o esquema vacinal.

Nas redes sociais, o ministério ressalta a importância de se vacinar: “Quando chegar a sua vez, vacine já!!”

O chefe da pasta, ministro Marcelo Queiroga defendeu que governo federal, estados e municípios devem reforçar a comunicação para estimular a procura das pessoas que já tomaram a primeira dose para que completem o ciclo dentro do prazo previsto. Em evento em Presidente Prudente (SP), no início da tarde de ontem (31), Queiroga destacou o avanço da vacinação contra covid-19 no país, e afirmou sua expectativa de cumprir a meta de vacinar todos os brasileiros acima de 18 anos até setembro.

Agência Brasil

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas