Conecte-se conosco

Policial

Polícia Federal prende suspeitos de desvio de dinheiro de bancos

Publicados

em

Foto: Divulgação

Uma organização criminosa que desviava dinheiro de contas bancárias, fraudando os sistemas informatizados, é alvo da Operação Bandeirantes, deflagrada hoje (7) pela Polícia Federal (PF). Estima-se que em 2018 o grupo tenha desviado R$ 30 milhões.

De acordo com as investigações, os autores das fraudes recrutavam estagiários e empregados terceirizados de bancos para que instalassem equipamentos que permitiam a invasão dos sistemas por parte de integrantes da quadrilha.

Anúncio


Desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira,  40 policiais federais cumprem quatro mandados de prisão preventiva e três de prisão temporária, além de oito buscas e apreensões, em endereços em Brasília, Goiânia e São Paulo. Os mandados foram expedidos pela 10ª Vara Federal do Distrito Federal.

Segundo a PF, as investigações, iniciadas em 2016, constataram que o grupo criminoso lesou contas de clientes de instituições financeiras em Alagoas, Rio Grande do Norte, Goiás, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal.

“Com acesso aos dados dos clientes, por meio de senhas de servidores das instituições financeiras, os criminosos transferiram valores de correntistas para contas de integrantes da organização”, disse a Polícia Federal.

O nome da operação – Bandeirantes – é uma referência à denominação dada aos sertanistas do período colonial que, a partir do início do século 16, penetraram no interior do Brasil em busca de riquezas minerais, sobretudo, ouro e prata.

Faz-se uma alusão à atuação do grupo investigado, que praticou fraudes em diversos estados, de Norte a Sul do país.

Fonte: Agência Brasil

Rate this post
Anúncio


Policial

Polícia prende pai, filhos e genro investigados por vários roubos na região de Areia

Publicados

em

Foto: Ascom/PMPB

Quatro integrantes de uma mesma família cometendo roubos na região de Areia. Essa é a linha de investigação da Polícia Civil que resultou no cumprimento de mandados de prisão e de busca domiciliar na residência dos alvos. A Operação Rapace foi deflagrada na quinta-feira, 11 de abril, por equipes do Grupo Tático Especial (GTE), da Delegacia Municipal de Areia e Delegacia Municipal de Esperança.

A organização criminosa reunida em um núcleo familiar é composta pelo pai, dois filhos e um genro. Eles são apontados como responsáveis por vários roubos e invasões de residências na região de Areia. Crimes de homicídio e tráfico de drogas também recaem sobre o grupo.

Anúncio


De acordo com os relatos apurados pela Polícia Civil, os criminosos costumam agir com muita violência contra as vítimas, enquanto elas estão em poder do grupo. Há indícios de que eles cometeram cinco ações violentas no período entre fevereiro e abril deste ano.

Durante as buscas, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12, munições, balanças de precisão e pinos utilizados no comércio de drogas. Todo o material será periciado no Instituto de Polícia Científica (IPC).

Ascom

Rate this post
Anúncio


Continue lendo

Policial

Ladrão pratica roubo em loja, mas acaba preso pela polícia militar em Guarabira

Publicados

em

A polícia militar efetuou a prisão de um homem pelo crime de assalto no final da tarde desta segunda-feira (15), em um estabelecimento comercial, no município de Guarabira (PB).

De acordo com o comandante do 4º BPM, Tenente-coronel Sinval Silva, o preso identificado como Josenildo da Silva Santos, “vulgo Soró”, teria entrado na loja e roubado um aparelho celular e uma quantia em dinheiro da vítima.

Anúncio


O ladrão, que tem longa ficha criminal como assaltante e usuário de drogas, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil onde foi autuado pelo crime de assalto. Os objetos roubados foram devolvidos à vítima.

Do Fonte PB

Rate this post
Anúncio


Continue lendo

Policial

Polícia Civil da Paraíba apreende 15 kg de cocaína e homem é preso em Solânea

Publicados

em

Uma quantidade aproximada de 15 kg de cocaína foi apreendida nessa quarta-feira (10) no município de Solânea, interior da Paraíba, numa ação realizada em conjunto pela Delegacia de Repressão ao Crime Organizado e pelo Núcleo de Homicídio de Solânea da Polícia Civil da Paraíba.

De acordo com os investigadores responsáveis pela ação, a droga havia sido enviada de São Paulo para a Paraíba e serviria para o mercado ilegal local.

Anúncio


Além da apreensão, um homem identificado como Manoel Messias Alves Santos foi preso e segue sob custódia na Delegacia de Solânea, à disposição da justiça.

De acordo com a Polícia Civil da Paraíba, a operação contribui no trabalho de desarticular as ações de grupos criminosos que atuam na Paraíba.

G1 PB

Rate this post
Anúncio


Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas