Conecte-se conosco

Variedades

Dia da Consciência Negra: alunos negros nas universidades relatam preconceitos

Publicados

em

No dia da Consciência Negra, conheça histórias de luta e persistência na rotina de jovens estudantes que têm que driblar o preconceito.

Trajetórias diferentes e uma característica comum que os une: todos são negros. Nesta quarta-feira, 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, o G1 reuniu relatos de alunos negros que contam suas experiências no ensino superior e os desafios que enfrentam.

A disparidade entre negros e brancos ainda é grande no acesso à educação. De acordo com os dados do último Censo Escolar do Ensino Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), cerca de 7% dos alunos matriculados na graduação no país são negros. São 591,1 mil estudantes dentre os 8,4 milhões de alunos.

Um outro levantamento, divulgado pelo IBGE nesta semana, mostrou que pela primeira vez desde a adoção do sistema de cotas, a população que se declara de cor preta ou parda passou a representar mais da metade dos estudantes de ensino superior da rede pública.
Confira a matéria completa no link aqui.
G1

Rate this post
Apoio

Paraíba

33ª edição do Salão do Artesanato Paraibano

Publicados

em

A 33ª edição do Salão do Artesanato Paraibano, que tem como tema “Toda Arte que Vem do Mar”, está reunindo 400 expositores, de 12 de janeiro a 06 de fevereiro, na Orla de Cabo Branco, na Capital.

Confira o vídeo abaixo:

Rate this post
Continue lendo

Política

Deputado Raniery presta contas de seu mandato em programa radiofônico; veja vídeo

Publicados

em

Rate this post
Continue lendo

Cidades

Governo entrega residencial em Santa Rita e beneficia 576 famílias de baixa renda

Publicados

em

Fotos: Alberi Pontes/Secom-PB

O governador João Azevêdo entregou, na manhã do dia 12/01, em Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, o Residencial Rosa Luxemburgo, beneficiando 576 famílias de baixa renda, muitas das quais viviam em situação precária de moradia e que agora passam a contar com residência própria e também com rede coletora de esgotos, rede de abastecimento, entre outros benefícios.

Logo em seguida, acompanhado de auxiliares do Governo do Estado, o chefe do Executivo estadual inspecionou as obras do Condomínio Cidade Madura, em Bayeux, ocasião em que discutiu com técnicos melhorias na execução do projeto. O Condomínio Cidade Madura de Bayeux segue o mesmo objetivo de outros já existentes em municípios como João Pessoa, Campina Grande e Cajazeiras: promover o acesso da pessoa idosa à moradia digna. 

Ao entregar o Residencial Rosa Luxemburgo, João Azevêdo destacou a satisfação pessoal trazida por obras na área de Habitação. “Eu digo sempre que não tem obra melhor de entregar do que habitação, porque habitação é mais do que uma obra de engenharia; habitação é um espaço onde você vai oferecer dignidade e proteção, você vai fazer com que a população tenha condições de reestruturar toda uma família”, afirmou.

As 576 unidades habitacionais receberam investimentos de aproximadamente R$ 35 milhões – oriundos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e Banco do Brasil, mais a contrapartida do Estado – e contam com rede de abastecimento de água, rede coletora de esgoto, pavimentação em paralelepípedo, centro comunitário, quadra poliesportiva e playground. O residencial, concebido sob as especificações do Programa Minha Casa, Minha Vida, conta ainda, nas proximidades, com escola e unidade básica de saúde (UBS). 

A presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), Emília Correia Lima, ressaltou a seleção rigorosa para beneficiar apenas as famílias que atendessem às condições para serem contempladas no projeto, como renda bruta igual ou inferior a R$ 1,6 mil. “São famílias que tiveram suas casas alagadas, como aquelas da Rua do Rio, que estavam vivendo à beira de barrancos. A seleção foi feita com muito critério para as pessoas que realmente necessitam”, frisou. 

A entrega das unidades habitacionais do Residencial Rosa Luxemburgo foi prestigiada pelos deputados estaduais Raniery Paulino, Jutahy Menezes, João Gonçalves e Ricardo Barbosa, entre auxiliares do Governo do Estado, a exemplo do secretário Deusdete Queiroga (Infraestrutura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente).

Sonho realizado – Além de serem carentes, muitas famílias viviam em condições precárias de moradia, como casas às margens de rios. Por isso, receber a chave da casa própria é um sonho realizado. A manicure Fernanda Claudino, de 34 anos, recebeu a chave do apartamento 305 das mãos do governador João Azevêdo. “Nunca tive casa própria. Meus filhos, meu marido e eu passamos a vida pagando aluguel. Agora recebemos uma felicidade dessa, que é a casa própria”, comentou.

Aos 55 anos, o ambulante Severino dos Ramos nunca teve casa própria. Ele não esconde a satisfação pela mulher dele ter sido contemplada. “Para economizar, vivia com meu pai, que morreu, e com a minha mãe. Mesmo o clima familiar sendo bom, é melhor você ter o seu cantinho, com privacidade. Estamos muito felizes”, disse.

Moradora da Rua da Alegria, em Várzea Nova, a diarista Rosicleide Muniz não vê a hora de se mudar e passar a economizar R$ 350 mensais que, mesmo com água e luz já incluídas, fica muito difícil para uma mãe de dois filhos menores. “Há 17 anos eu espero essa graça e hoje alcancei. O sentimento é de muita felicidade. Pretendo me mudar já”, concluiu.

Secom-PB

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas