Conecte-se conosco

Policial

Polícia Civil dá detalhes da investigação e prisão do homem que confessou matar motorista por aplicativo em CG

O crime tirou a vida do estudante universitário e motorista por aplicativo Daniel Vitor Cavalcante Brito.

Publicados

em

O crime que tirou a vida do estudante universitário e motorista por aplicativo Daniel Vitor Cavalcante Brito, no dia 27 de dezembro, em Campina Grande, está elucidado. Nessa segunda-feira, 03 de janeiro, a Polícia Civil prendeu o suspeito do delito e identificou a segunda pessoa envolvida no caso. 

Detalhes da investigação foram dados à imprensa, durante uma entrevista coletiva na manhã desta terça-feira, 04. De acordo com o superintendente de Polícia Civil em Campina Grande, Glauber Fontes, trata-se de um latrocínio cometido por um casal. O homem preso, de 35 anos de idade, confessou ter asfixiado Daniel com um fio de telefone celular. 

“Ele disse em seu depoimento que estava precisando de dinheiro e, por isso, resolveu cometer o que a princípio seria apenas um roubo. Mas, aparentemente, o suspeito confesso não tem muita experiência no mundo do crime e acabou cometendo um latrocínio, ou seja, matou Daniel apenas para levar seu aparelho celular”, explicou Glauber. 

Daniel Vitor ficou desacordado, devido à pressão que sofreu em seu pescoço com o fio de telefone, e o suspeito saiu para comprar um isqueiro. Na volta, ele ateou fogo no carro, pensando que esta atitude o livraria de ser identificado e preso. “Ele usou o álcool que a própria vítima tinha no carro”, disse o delegado. 

O homem preso contou com a ajuda de sua ex-companheira, com quem tem dois filhos. Após o crime, ela resolveu fugir da cidade, conforme apontam as investigações. 

Foragida 

O delegado Demétrius Patrício, que preside o Inquérito na Delegacia de Roubos e Furtos, disse que já representou pela prisão preventiva da mulher envolvida no crime. “A informação que temos é de que ela deixou os filhos com uma conhecida sua e fugiu de Campina Grande. Dessa forma, pedimos a colaboração da sociedade, no sentido de nos repassar qualquer informação que nos leve a essa pessoa. O disque-denúncia 197 é uma ferramenta segura e garante sigilo absoluto”, frisou.

O investigado confesso está recolhido na Central de Polícia Civil, aguardando audiência de custódia. 

Assessoria

Rate this post

Policial

Procurado da justiça por tráfico de drogas é preso ao tentar fazer o concurso da UFPB

Publicados

em

A Polícia Militar prendeu, na tarde deste domingo (5), através de uma força tarefa das Forças da Segurança Pública, um candidato ao concurso da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) que estava com um mandado de prisão por tráfico de drogas. Ele foi preso na escola municipal professor Darcy Ribeiro, no bairro dos Funcionários II, em João Pessoa.

O acusado é do Paraná, mas estava morando na Capital. O mandado foi cumprido assim que ele chegou para realizar a prova para o cargo de assistente em administração. O suspeito estava usando barba, possivelmente para não ser reconhecido.

O concurso da UFPB está sendo realizado para 37.285 pessoas e conta com o apoio das Forças da Segurança Pública em todas as cidades de aplicação das provas (Areia, Bananeiras, João Pessoa, Mamanguape e Rio Tinto).

O preso foi apresentado na Central de Polícia, em João Pessoa.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Operação Paradigma: PM realiza prisão em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal

Publicados

em

Na manhã deste sábado (04), durante ações da Operação Paradigma, policiais militares da Força Tática da 4ª CIPM realizaram a prisão em flagrante de um homem suspeito com grande quantidade de drogas e munições de arma de fogo sob sua posse.

A prisão ocorreu durante uma abordagem veicular no bairro do Alto da Boa Vista, na comunidade conhecida como Casa dos Artistas, quando os policiais perceberam um indivíduo em atitude suspeita. Ao avistar a guarnição o suspeito tentou despistar os policiais, mas foi alcançado e ao realizar buscas na localidade foram encontrados 110 (cento e dez) pedras de substância análoga a crack, 90 (noventa) pinos de substância análoga a cocaína, uma porção grande de substância análoga a maconha, além de 06 (seis) munições calibre 38, além de R$ 99,00 (noventa e nove reais), 03 (três) sacos grandes contendo pinos para embalar cocaína, um tablet, cordões de prata e um relógio.

O acusado e todo o material apreendido foram conduzidos para a 6ª Delegacia Distrital, localizada em Santa Rita, onde foram apresentados à autoridade policial.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Militar apreende oito armas de fogo na Operação Paradigma

Publicados

em

A Operação Paradigma, deflagrada pela polícia militar na noite desta sexta-feira (03), em comemoração aos 191 anos da PMPB, contou com a participação do comandante geral, o Coronel Sérgio Fonseca, a qual registrou apreensões de oito armas de fogo nas cidades de João Pessoa, Pedras de Fogo, Bayeux, Sumé e Bonito de Santa Fé. As ações seguem intensificadas até amanhã (05).

Em João Pessoa, as apreensões ocorreram nos bairros da Torre e de Gramame, os policiais militares ao realizarem abordagem a veículos suspeitos localizaram um revólver calibre 38 e uma pistola 9 mm (foto abaixo), respectivamente, dois homens suspeitos foram presos e apresentados na Central de Flagrantes, juntamente com o material apreendido.

Em Pedras de Fogos, policiais militares da 1ª CIPM, realizavam uma barreira policial, e durante uma abordagem apreenderam uma pistola 9 mm e 17 munições do mesmo calibre. O material apreendido e o proprietário do veículo foram conduzidos até a Central de Flagrantes.

No interior da Paraíba, policiais militares do 6º BPM apreenderam um revólver calibre 38 e um suspeito de 49 anos foi preso, e conduzido a delegacia de Bonito de Santa Fé. Em Sumé, policiais militares do 11º BPM durante uma abordagem, em uma residência abandonada, localizaram duas espingardas soca-soca e uma garrucha, além de substâncias semelhantes a cocaína e a maconha. Todo material foi apresentado na delegacia local.

Na madrugada deste sábado, policiais militares da 4ª CIPM, foram recebidos a tiros quando realizavam o patrulhamento nas proximidades do mangue, em Bayeux. Houve troca de tiros e os policiais conseguiram apreender uma espingarda calibre 38, os acusados fugiram em direção ao mangue, diversas diligências foram realizadas com o apoio de outras guarnições, mas sem êxito de encontrar os infratores. A arma apreendida foi conduzida à 6ª Delegacia Distrital, em Santa Rita.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas