Conecte-se conosco

Cidades

Comissão da Mulher da ALPB vai realizar audiência pública para debater casos de feminicídio

Publicados

em

A semana de 14 a 20 de abril terminou com quatro casos de feminicídio na Paraíba. Desde o início do ano, 1.016 inquéritos foram instaurados nas delegacias da mulher para apurar casos de violência, o que representa 11 mulheres vítimas desse tipo de crime por dia no Estado. Devido ao aumento de casos, a Comissão da Mulher da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), presidida pela deputada Camila Toscano (PSDB), vai realizar uma audiência pública para discutir ações que possam ser desenvolvidas para reduzir os casos de violência.

“Em uma semana tivemos quatro mortes de mulheres na Paraíba. O Estado precisa desenvolver ações urgentes de proteção à mulher em parceria com a sociedade, pois esse é um problema de todos nós. Esses casos também mostram que, infelizmente, estamos falhando na educação dos nossos filhos. A violência passou a ser corriqueira e precisamos dar um basta nisso. A audiência pública servirá para discutirmos medidas para evitarmos mais mortes de mulheres”, destacou a deputada Camila.

A parlamentar lamentou os assassinatos das mulheres e defendeu punições mais rígidas para os agressores. “Não podemos mais admitir que mulheres sejam mortas por serem mulheres. Precisamos combater essa prática e podemos iniciar esse combate dentro das nossas casas com a educação dos nossos filhos, mostrando que violência não é tolerada”, disse.

Os casos – No sábado (20) a agricultora Fabiana Ferreira da Silva (30 anos) saiu para beber com o companheiro e outras pessoas em um bar. Os dois brigaram e ele teria atirado na vítima após essa discussão.

Ana Priscila do Rêgo (31 anos) foi morta a facadas na sexta-feira (19) e o seu corpo foi deixado em uma construção abandonada no bairro de Mangabeira. O seu companheiro confessou o crime e disse que só queria assustá-la. Na quinta-feira (18), Tâmara de Oliveira (37 anos) foi morta com três tiros pelo seu companheiro, que cometeu suicídio em seguida.

Na segunda-feira (15), a secretária da Educação de Boa Vista, Dayse Alves (40 anos), foi morta a tiros pelo marido, Aderlon Bezerra de Souza, em um motel de Campina Grande. Após o crime, ele se matou.

Dados – Em janeiro, as 14 delegacias especializadas da mulher na Paraíba registraram, juntas, 403 inquéritos, 313 em fevereiro e 300 em março. Além disso, foram concedidas 385 medidas protetivas, uma diferença de 18 com relação ao número de inquéritos instaurados no mesmo mês. Em fevereiro, foram 337 medidas, nesse caso, 24 a mais em relação aos casos investigados. No mês de março, a Polícia Civil concedeu 411 medidas protetivas, mais de cem, além dos inquéritos instaurados.

Segundo dados do Anuário da Segurança Pública da Paraíba, de 2009 a 2018, um total de 1.083 mulheres foram assassinadas. Em 2018, o número chegou a 84 mortes. Os dados oscilam bastante, mas a maior alta foi no ano de 2011, com 146 mulheres vítimas de crimes violentos e letais. Embora, segundo o Governo da Paraíba, tenha havido uma redução de 29% nos casos desde 2010, os números mostram que não há um controle dos casos. Além disso, o mês de janeiro de 2019 também foi marcado pela violência contra a mulher.

Assessoria

Apoio

Cidades

Nove concursos e seleções com mais de 400 vagas encerram inscrições nesta quarta-feira na PB

Publicados

em

Foto: Ilustração

Nove editais de concursos e seleções para seis prefeituras e uma câmara municipal da Paraíba encerram inscrições nesta quarta-feira (18). No total, são oferecidas 441 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade na na Câmara Municipal de Santa Rita e nas prefeituras de São José dos Cordeiros, Borborema, Piancó, Monte Horebe, Sumé e Boa Ventura. Veja detalhes.

  • Vagas: 30 | 9
  • Níveis: todos
  • Salários: R$ 998 a R$ 2.040 | R$ 1.250 a R$ 1.904,13
  • Prazo de inscrição: até esta quarta-feira (18)
  • Local de inscrição: site da organizadora, CPCon
  • Taxas de inscrição: R$ 65 (fundamental), R$ 85 (médio e técnico) e R$ 105 (superior)
  • Provas: 20 de outubro
  • Edital do concurso e da seleção da Prefeitura de Borborema
  • Vagas: 27 | 130
  • Níveis: fundamental, médio, técnico e superior | fundamental
  • Salários: R$ 998 a R$ 1.725 | R$ 998
  • Prazo de inscrição: até esta quarta-feira (18)
  • Local de inscrição: site da organizadora, CPCon
  • Taxas de inscrição: R$ 65 (fundamental), R$ 85 (médio/técnico) e R$ 105 (superior)
  • Provas: 20 de outubro
  • Edital do concurso e da seleção da Prefeitura de Piancó

Do G1 PB

Continue lendo

Cidades

Psiquiatra fala sobre como agir diante de alguém em risco de suicídio, em JP

Publicados

em

“Suícidio, o que fazer quando estamos diante de alguém em risco” é o tema da palestra, que será ministrada pelo médico psiquiatra, Alfredo Minervino, às 14h desta terça-feira (17/09), na sede do Ministério Público da Paraíba, na Capital. O evento faz parte da programação do Setembro Amarelo, movimento dedicado a ações de prevenção ao suicídio, e é aberto a todas as pessoas que têm interesse em entender melhor o fenômeno do suicídio e contribuir para sua prevenção.

A palestra faz parte do conjunto de ações pensadas pelo grupo de trabalho criado para discutir a prevenção, a assistência a vítimas de lesões autoprovocadas e a posvenção ao suicídio. O GT foi iniciado pela promotora de Justiça da Saúde, Jovana Tabosa, e incorporado ao Núcleo de Políticas Públicas, criado no âmbito do MPPB. Além dos membros do Ministério Público participam do grupo representantes de várias instituições, principalmente, das áreas de saúde e educação.

“Em um ano de trabalho do GT, construímos e estamos em fase de implementação da Nota Técnica 01/2019 (disponível em https://bit.ly/2lT1hgV), que vai nortear todas as ações da rede de saúde, da atenção básica à especializada, para que atue de forma integrada, com o acompanhamento de tentantes e seus familiares, minimizando os riscos de novas tentativas e o adoecimento mental de seus familiares. A expectativa é que a palestra do Dr. Minervino venha nos dar uma luz sobre o que podemos fazer diante de alguém adoecido e com ideação suicida. Temos a clareza que é preciso falar sobre o assunto sem tabus, ouvir as pessoas ao nosso redor e tratá-las”, explicou.

A palestra acontecerá no auditório do MPPB, na Avenida D. Pedro II, s/n, em João Pessoa. Além dos integrantes do GT de Prevenção e Posvenção ao Suicídio, de profissionais da rede de cuidados, podem participar do evento qualquer cidadão que queira entender melhor sobre o tema. Alfredo Minervino é um dos médicos psiquiatras mais conceituados da Paraíba; professor universitário e vice-presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria.

Assessoria/MPPB

Continue lendo

Cidades

Supermercado LEOMAR está aberto nesta Segunda, 16, até 14h

Publicados

em

Foto: Divulgação

Supermercado Leomar aberto nesta segunda, dia 16, até as 2h da tarde. Tudo em produtos alimentícios, bebidas, carnes, pães e hortifruti. Supermercado Leomar fica na Av. Rui Barbosa, 126, centro de Guarabira, em frente ao Posto de combustíveis Ipiranga. Se preferir pode fazer o pedido via WhatsApp: (83) 99143-9544.

Continue lendo

Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas