Conecte-se conosco

Cidades

Raniery Paulino quer informações dos maiores devedores da CAGEPA

Publicados

em

Em sessão especial, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), que debateu o Projeto de Lei nº 3261/2019, que atualiza o marco legal do saneamento básico e altera a Lei nº 9.984, de 17 de julho de 2000, para atribuir à Agência Nacional de Águas competência para editar normas de referência sobre o serviço de saneamento, com a possibilidade de extinção do subsídio cruzado, e a PEC 188/2019, que estabelece a fusão de municípios, que não comprovem sustentabilidade financeiro, o deputado estadual Raniery Paulino solicitou ao presidente da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Marcus Vinícius Fernandes Neves,  o pedido de informações sobre quais os 100 (cem) maiores devedores da CAGEPA e Qual a atual situação financeira da CAGEPA, se ele é uma Companhia superavitária ou deficitária?

” Desde o ano de 2012 trabalhamos no sentido de fortalecer as ações da CAGEPA, notadamente quanto aos vestígios de privatização por vezes tracejados pelo Governo da Paraíba. Por conseguinte, estamos solicitando desde de 2012 as informações dos  devedores e credores da Companhia, a fim de que fosse verificado o tamanho do problema e as possíveis soluções a serem encaminhadas.” frisou Raniery.

Paulino ainda comentou, o Governo do Paraíba anuncia que a Cagepa é superavitária, mas que ainda existe um forte grau usuários  que não tem meios para pagar o que deve. ” Agora, o Governo da Paraíba anuncia que a Companhia é superavitária, mas que ainda existe um forte grau de insolvência; Assim, apresentamos este pedido para que se tenha a correta informação da atual situação da CAGEPA.” solicitou.

 

FUSÃO DE MUNÍCIPIOS 

Dos mais de 5.500 municípios brasileiros, apenas cerca de 500 apresentam condições de superávit nas operações de saneamento. “A pergunta que se faz é a seguinte: como ficarão os cinco mil municípios que dependem dos subsídios cruzados?”, disse o deputado Raniery Paulino. Segundo ele, existe uma preocupação muito grande com a desinteriorização dos serviços públicos, não só no Brasil, mas de forma mais acentuada na Paraíba. Raniery lembra o fechamento de comarcas, por parte do Tribunal de Justiça, escolas, agência bancárias e dos correios no estado. “Agora vem essa intenção do Governo Federal de fundir municípios, medida que pode atingir cerca de 70 municípios na Paraíba”, lamentou.

Assessoria

Cidades

4° BPM define plano de segurança para Festa da Luz 2020

Publicados

em

O comandante do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), tenente-coronel Gilberto, informou que o planejamento da segurança para a Festa da Luz 2020 está praticamente concluído, faltando apenas mais uma reunião a ser realizada nesta quarta-feira (22), no Ministério Público, com os demais órgãos envolvidos na organização da festa, que acontecerá entre os dias 29 de janeiro e 1º de fevereiro, no Parque do Poeta Ronaldo Cunha Lima, em Guarabira. Na sexta-feira da semana passada, o comandante do CPR (Comando de Policiamento Regional) I, coronel Valério, coordenou uma reunião de planejamento onde estavam, além do comandante do 4º BPM, os comandantes da Cavalaria, Choque, Policiamento Ambiental, Força Tática, Rotam, CPTran e o oficial de planejamento do batalhão. Dias antes, uma outra reunião tinha sido realizada com a coordenação do evento, objetivando otimizar, mediante esforços conjuntos, os meios disponíveis e necessários para a tranquilidade da festa.

O tenente-coronel Gilberto adiantou que o 4º BPM receberá aportes técnicos e de efetivo, conforme garantiram o coronel Valério e o comandante geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller, incluindo as plataformas elevadas que permitem que os policiais fiquem em uma posição privilegiada em relação à multidão para que possam observar quaisquer condutas inadequadas. Nas entradas, laterais dos palcos e proximidades dos camarotes também serão instalados os POPs (Postos de Observação Policial). O trabalho de policiamento também contará com o monitoramento de câmeras instaladas pela Prefeitura Municipal e militares estarão distribuídos por toda a área do evento para garantir a segurança antes, durante e também após o encerramento, na área externa onde acontece a dispersão e estarão guarnições da Cavalaria, Choque, Rotam, Ambiental, Força Tática e CPTran.

“Durante a Festa da Luz 2020, também teremos a atuação do serviço de inteligência apoiando o policiamento ostensivo preventivo”, acrescentou o tenente-coronel Gilberto, ressaltando a soma de forças para o trabalho conjunto que inclui também a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros Militar e profissionais da segurança privada. O comandante do 4º BPM espera que nesta edição da Festa da Luz seja mantido o baixo número de ocorrências dos anos anteriores, uma vez que uma das características do evento tem sido a tranquilidade, conforme o número de ocorrências registradas. Ele também informou que o planejamento é elaborado sem que haja qualquer alteração no policiamento ordinário e operações policiais em Guarabira e nas demais cidades que integram a área do 4º BPM.

Assessoria/4º BPM

Continue lendo

Cidades

Supermercado LEOMAR lança promoção Você no Camarote da Festa da Luz 2020

Publicados

em

Foto: Divulgação

A cada R$ 50,00 em compras ganhe 01 cupom e concorra a 01 pulseira do camarote da Festa da Luz 2020. OBS.: Será realizado 04 sorteios. 01 por dia. Com direito a 1 acompanhante.

Promoção do Supermercado LEOMAR

 

Siga o Supermercado Leomar nas redes sociais:  facebook.com/supermercadoleomar   @supermercadoleomar

O Supemercado LEOMAR fica localizado na Av. Rui Barbosa, 126, Centro, Guarabira, PB. Se preferir você pode fazer o pedido online pelo WhatsApp: (83) 991439544. Clique no link e faça o pedido já ==>https://api.whatsapp.com/send?phone=5583991439544.

Continue lendo

Brasil

Prazo para eleitor regularizar título termina em maio

Publicados

em

Os cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado têm até o dia 6 de maio para regularizar a situação. Após o prazo, quem não estiver em dia com o documento, não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno equivale a uma eleição.

Para regularizar o título, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral próximo a sua residência, preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE) e apresentar um documento oficial com foto. Além disso, será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno que o eleitor deixou de comparecer. O prazo para fazer a solicitação termina no dia 6 de maio, último dia para emissão do título e alteração de domicílio eleitoral antes das eleições.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

A situação de cada eleitor pode ser verificada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O primeiro turno será realizado no dia 4 de outubro. Se necessário, o segundo turno será no dia 25 do mesmo mês. Cerca de 146 milhões de eleitores estarão aptos a votar.

Agência Brasil

Continue lendo

Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas