Conecte-se conosco

Cultura

Vem aí, em 20 de fevereiro! O Bloco dos Vaga-lumes: O Bloco da Alegria!

Publicados

em

A Galera do Colégio da Luz Guarabira – PB já vai começar os preparativos para o Bloco dos Vaga-Lumes Edição 2020. Para quem ainda não sabe, o Vaga-Lume, Luminho, é o Mascote do Colégio da Luz. Daí, o nome do nosso Bloco. Nossos alunos vão pesquisar sobre um dos ritmos mais marcantes que fazem parte da nossa mistura cultural e que teve sua origem no vizinho Estado de Pernambuco: o Maracatu!

Estamos na Década Internacional dos Afrodescendentes (2015 a 2024) e como Escola Associada à Rede PEA UNESCO, o Colégio da Luz homenageará o estilo musical percussivo do Maracatu Nação (Maracatu de Baque Virado, grande atração carnavalesca nordestina)no seu Desfile Multicultural do Bloco dos Vaga-Lumes 2020, às 17 horas do dia 20 de fevereiro, na Avenida Dom Pedro II, em Guarabira.

Bloco dos Vaga-Lumes: Cultura e Alegria! #colegiodaluzgbapb Quem estuda, brilha!

Rate this post

Cidades

Celeiro Espaço Criativo terá nome de Gabriel Diniz e memorial em homenagem ao artista

Publicados

em

Reprodução

A Prefeitura Municipal de João Pessoa, por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), inaugurou, nesta segunda-feira (18), um memorial em homenagem ao cantor Gabriel Diniz e o espaço tem o nome do artista, que adotou a Capital paraibana como lar. A cerimônia contou ainda com a abertura de uma exposição fotográfica que relembra a trajetória do cantor, que faleceu em maio de 2019.

Intitulada “A Intensidade do ser: Gabriel Diniz”, a mostra traz, além de imagens, objetos pessoais do cantor, para relembrar ao público traços da vida pessoal e profissional do artista. O evento aconteceu às 17h, no Celeiro Espaço Criativo, situado à Rua João Cirilo da Silva, 850, no Altiplano.

A exposição acontece paralelamente à inauguração de um memorial em homenagem ao cantor, que faleceu no dia 27 de maio de 2019, vítima de um acidente aéreo na região de manguezal de Porto do Mato, próximo à divisa entre Sergipe e Bahia. O evento ainda vai contar apresentações musicais do cantor Luca Bass, Banda Big Band e ainda uma apresentação especial de Brenda Victória da Silva Beltrão, 14 anos, aluna da Escola Municipal Cícero Leite.

“No momento atual, o Celeiro se abre para uma série de eventos, a exemplo de cursos, artes, desenhos, exposições, esculturas e pinturas. O nome Gabriel Diniz e o memorial vão dar uma contribuição bastante positiva para esse novo momento, pois a música vai estar muito presente lá. Com tudo isso, o Celeiro se torna um armazenamento da arte e isso vai proporcionar uma dinâmica bastante saudável para as pessoas”, destacou Ilson Moraes, curador do Celeiro Espaço Criativo.

ParlamentoPB

Rate this post
Continue lendo

Cultura

Helloysa do Pandeiro brilha na final do The Voice, mas não leva troféu

Publicados

em

Imagem: TV Globo/Reprodução

Apesar de estar entre os três finalistas, a paraibana Helloysa do Pandeiro não venceu a edição 2021 do The Voice Kids, da TV Globo.

O campeão do reality foi o representante do time do cantor Michel Teló, Gustavo Bardim. A emissora não detalhou quem fiou nas segunda e terceira colocações.

“Quero agradecer a todos vocês, vocês são incríveis, que honra participar do The Voice Kids”, disse Heloyssa, que foi dirigida pelo baiano Carlinhos Brown.

MaisPB

Rate this post
Continue lendo

Cidades

‘Flores’: filme com Zezita Matos e Beto Quirino será gravado no Brejo

Publicados

em

Parte do elenco em ensaio - Divulgação

Na primeira semana de outubro, Alagoa Grande será palco para a gravação de um curta-metragem do cineasta carioca Leonardo Gonçalves. ‘Flores’ terá Hermano Queiroz, Beto Quirino, Itamê Jr e Zezita Matos no elenco, com cinco dias de gravações.

O filme realizado através da lei Aldir Blanc ainda destacará a cena cultural da cidade de Alagoa Grande, no Brejo paraibano, com participação de dois artistas importantes para a região: Turuca e Dona Soledade.

Olha a sinopse de ‘Flores’: Manoel (Hermano Queiroz) recebe de sua médica (Zezita Matos) a notícia de que tem pouco tempo de vida. Ele decide visitar seu amigo Álvaro (Beto Quirino) – homem frustrado por não ser reconhecido e valorizado como artista. Os dois, então, se aventuram na boêmia noturna para atenuar angústias e tristezas da vida.

O cineasta carioca Leonardo Gonçalves é filho de paraibanos e vive desde 2009 no Assentamento Maria da Penha II, localizado na cidade de Alagoa Grande. Ele é doutorando em Cinema na Unicamp, em Campinas-SP.

Leonardo é autor de diversos curtas-metragens nos últimos 15 anos, inclusive ‘Terra vermelha’ e ‘Isolamento rural’ (feito durante a pandemia).

T5

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas