Conecte-se conosco

Policial

Polícia conclui inquérito e indicia Taciana por assassinato de Helton, em Sapé

Publicados

em

A empresária Taciana Ribeiro Coutinho, suspeita de matar o marido a tiros na fazenda Zumbi, em Sapé, foi indiciada por homicídio duplamente qualificado após conclusão do inquérito pela Polícia Civil, informou o delegado Luciano Soares, superintendente regional da Polícia Civil em João Pessoa, nesta quinta-feira (21).

O inquérito foi protocolado no Fórum da Comarca de Sapé no dia 18 de maio e os autos entregue ao Ministério Público da Paraíba na quarta-feira (20). Conforme consulta processual no site do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), o processo corre em segredo de Justiça.

O G1 tentou falar com o advogado de defesa de Taciana, mas as ligações não foram atendidas e as mensagens não foram respondidas até as 17h15 desta quinta-feira (21).

De acordo com Luciano Soares, as investigações foram feitas pelo delegado Reinaldo Nóbrega, que, pelo resultado da perícia, entendeu que há indícios de que ela teria cometido o crime contra Helton Pessoa com os agravantes de motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima.

Entenda o caso
O empresário Helton Pessoa foi morto a tiros no dia 10 de maio, na fazenda onde estava isolado com a família devido à pandemia de Covid-19. O corpo do empresário Helton Pessoa foi enterrado no dia seguinte no município de Arara, no Agreste paraibano.

Taciana foi presa preventivamente e interrogada pela Polícia Civil no mesmo dia do enterro da vítima. Durante depoimento, ela alegou legítima defesa para o crime. A prisão preventiva foi convertida em prisão domiciliar.

Durante o interrogatório, Taciana disse que o crime ocorreu após uma discussão entre o casal. Apesar de não apresentar ferimentos visíveis, a mulher foi submetida a exames de corpo de delito.

Como a prisão preventiva foi convertida em prisão domiciliar, depois do depoimento ela foi levada para um presídio, onde recebeu uma tornozeleira eletrônica. Em seguida, foi levada para a residência informada nos autos judiciais.

O advogado da família da vítima informou que foi notificado sobre o indiciamento e que a família lamenta o fato do processo correr em segredo de Justiça. “Não existe novidade quanto ao conteúdo do inquérito, o que nos deixa triste é a situação de segredo de Justiça, porque agora a população não vai poder ter acesso a informações à respeito do processo”, disse.

Fonte: G1PB

Rate this post

Policial

Polícia Militar prende suspeitos de assalto e envolvidos em tráfico, na capital

Publicados

em

A Polícia Militar prendeu quatro pessoas envolvidas em assaltos e tráfico de drogas na zona norte de João Pessoa. Arma de fogo e entorpecentes foram apreendidos, e celulares que haviam sido roubados foram recuperados (foto acima). As ações aconteceram na madrugada desta terça-feira (07) e noite de segunda (06), e foram realizadas pelos policiais o 1º Batalhão.

Durante a madrugada, no bairro do Roger, um casal na faixa dos 30 anos de idade foi preso com mais de 250 porções de entorpecentes, como maconha e crack. Eles também estavam com balança de precisão. Já na noite de ontem, outro casal suspeito de assaltos estava em uma motocicleta quando foi abordado pelos policiais, em Mandacaru. Com a dupla, a PM localizou um revólver calibre 38, munições, e vários celulares das vítimas (foto acima principal). Os suspeitos têm idade na faixa dos 20 anos.

As duas ocorrências foram apresentadas na Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Procurado da justiça por tráfico de drogas é preso ao tentar fazer o concurso da UFPB

Publicados

em

A Polícia Militar prendeu, na tarde deste domingo (5), através de uma força tarefa das Forças da Segurança Pública, um candidato ao concurso da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) que estava com um mandado de prisão por tráfico de drogas. Ele foi preso na escola municipal professor Darcy Ribeiro, no bairro dos Funcionários II, em João Pessoa.

O acusado é do Paraná, mas estava morando na Capital. O mandado foi cumprido assim que ele chegou para realizar a prova para o cargo de assistente em administração. O suspeito estava usando barba, possivelmente para não ser reconhecido.

O concurso da UFPB está sendo realizado para 37.285 pessoas e conta com o apoio das Forças da Segurança Pública em todas as cidades de aplicação das provas (Areia, Bananeiras, João Pessoa, Mamanguape e Rio Tinto).

O preso foi apresentado na Central de Polícia, em João Pessoa.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Operação Paradigma: PM realiza prisão em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal

Publicados

em

Na manhã deste sábado (04), durante ações da Operação Paradigma, policiais militares da Força Tática da 4ª CIPM realizaram a prisão em flagrante de um homem suspeito com grande quantidade de drogas e munições de arma de fogo sob sua posse.

A prisão ocorreu durante uma abordagem veicular no bairro do Alto da Boa Vista, na comunidade conhecida como Casa dos Artistas, quando os policiais perceberam um indivíduo em atitude suspeita. Ao avistar a guarnição o suspeito tentou despistar os policiais, mas foi alcançado e ao realizar buscas na localidade foram encontrados 110 (cento e dez) pedras de substância análoga a crack, 90 (noventa) pinos de substância análoga a cocaína, uma porção grande de substância análoga a maconha, além de 06 (seis) munições calibre 38, além de R$ 99,00 (noventa e nove reais), 03 (três) sacos grandes contendo pinos para embalar cocaína, um tablet, cordões de prata e um relógio.

O acusado e todo o material apreendido foram conduzidos para a 6ª Delegacia Distrital, localizada em Santa Rita, onde foram apresentados à autoridade policial.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas