Conecte-se conosco

Paraíba

Raniery quer empenho de senadores a projeto de Maranhão que federaliza rodovias na PB

Deputado, vice-líder do governo na ALPB, defende projeto de Zé Maranhão que beneficia rodovias

Publicados

em

A população da mesorregião do agreste paraibano há muito que reclama das condições de trafegabilidade das estradas, ocasionada pela ausência de faixa adicional e o crescente número de transportes de cargas para atender ao escoamento da produção das olarias, movelarias, destilarias, além da agroindústria existente na região.

De autoria do Senador José Maranhão, o deputado estadual Raniery Paulino (MDB), apresentou um requerimento manifestando aos Senadores ao Senador Veneziano Vital do Rego e a Senadora Daniela Ribeiro, no sentido de adotar medidas para dar continuidade ao PL nº 117/2018, que dispõe sobre a federalização das rodovias PB-073, entre a BR-230 e a localidade de Rua Nova, no município de Belém (PB), e a PB-105, em toda sua extensão.

“Com a passagem do senador José Targino Maranhão para a Morada Celestial, cumpre-nos o dever de requerer aos dignos senadores da Paraíba a continuidade da matéria e a mesma atenção para com este pleito que nos é tão importante”, disse Raniery.

Na ocasião, o parlamentar ressaltou a importância das rodovias PB-073, entre a BR-230 e a localidade de Rua Nova, no município de Belém (PB), e a PB-105, em toda sua extensão serem de domínio da União.

“O Governo da Paraíba não tem condições de arcar com todo o investimento que a região necessita por conta das fortes limitações orçamentárias. Nesse sentido, a solução vislumbrada pelo senador José Maranhão nos parece a mais acertada, na medida em que o repasse das rodovias referenciadas para o domínio da União (que tem um orçamento mais robusto), potencializará essa importante região paraibana”, argumentou o deputado.

Da Assessoria com Fato a Fato

Guarabira

Raniery lamenta falecimento de Maranhão: “Segura na mão de Deus e vai meu amigo”

Deputado se diz triste com o falecimento do amigo e senador José Targino Maranhão

Publicados

em

O deputado estadual Raniery Paulino (MDB) lamentou, na noite desta segunda-feira (08), o falecimento do Senador José Maranhão (MDB-PB), em São Paulo. 

Maranhão lutava há mais de 70 dias em decorrência provocadas pela Covid-19. O parlamentar tinha 87 anos e estava internado no Hospital Vila Star, em São Paulo, onde lutou bravamente pela vida.

” Meu líder, uma das grandes referências na minha vida em quem me inspiro. Aprendi muito com Zé Maranhão e estas lições quero repassar para as novas gerações. Neste momento há uma mistura de sentimentos dentro do meu coração, mas há um sentimento que se sobressai, o da gratidão pela consideração de sempre. Segura na mão de Deus e vai meu amigo, meu líder”, lamentou Raniery.

Veja Post no instagram:

Fonte: Fatoafato.com

Continue lendo

Paraíba

Quase 17 mil doses da CoronaVac chegarão à Paraíba nesta segunda

Publicados

em

Nesta segunda-feira (25) o Ministério da Saúde encaminhará mais 16,6 mil doses da CoronaVac à Paraíba. A vacina foi desenvolvida em parceria entre a farmacêutica chinesa Sinovac e o Instituto Butantan, em São Paulo.

Na semana passada, o Estado recebeu 114 mil doses do imunizantes, já distribuídos para todas as cidades paraibanas. A previsão é que o novo lote desembarque no Aeroporto Castro Pinto, na Grande João Pessoa, por volta das 15h25.

No domingo (24), a Secretaria de Estado da Saúde recebeu 36 mil ampolas da vacina de Astrazeneca/Oxford, que fazem parte do lote fabricado pelo Instituto Serum, da Índia, e têm uso emergencial autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Fonte: Blog do Dércio

Continue lendo

Cidades

Semob-JP inicia vistoria de veículos do transporte escolar na quarta-feira

Publicados

em

Com o retorno das aulas presenciais na rede privada, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) inicia, na próxima quarta-feira (27), a vistoria nos veículos que prestam o serviço de transporte de escolares na Capital. Os 435 veículos cadastrados serão avaliados conforme determina o artigo 136 do Código de Trânsito Brasileiro (CBT), durante um calendário que segue duas semanas. As inspeções para o primeiro semestre de 2021 se estenderão até o dia 9 de fevereiro.

As regras para o retorno da atividade foram definidas no decreto municipal nº 9.671/2021, que estabelece novas medidas de enfrentamento e prevenção ao Coronavírus. Segundo o decreto, funcionários e todas as crianças devem usar máscaras, o veículo deve ser higienizado frequentemente, disponibilizado álcool 70% e aferida à temperatura corporal dos passageiros no momento do acesso ao veículo.

Os permissionários que prestam o serviço devem comparecer à sede da Semob (km 25 da BR-230, Cristo Redentor), das 8h às 12h e das 13h às 17h. “É necessário obedecer a um cronograma de duas semanas por ordem de registro do veículo. Também chamamos a atenção dos pais para ter atenção e escolher cuidadosamente o prestador de serviço para garantir a segurança e o bem-estar dos filhos”, ressaltou o superintendente da Semob, George Morais.

A Semob recomenda aos pais ou responsáveis pelos alunos que antes de contratarem o serviço procurem se informar se o veículo está devidamente cadastrado e regularizado. A informação é obtida na Divisão de Transportes do órgão pelo número 3218-9350.

Itens – Durante a inspeção são observados itens de segurança, equipamentos obrigatórios, como também higiene e conforto do veículo, tais como: faroletes e sinaleiras, bancos, forros, funilaria e pintura, tacógrafo, extintor, pneus, cintos de segurança, trava das portas, buzina, para-brisa, entre outros, vistoriando no total 40 itens. Também é verificado se as faixas laterais e traseiras estão de acordo com as normas que regulamentam o serviço de transporte de escolares.

Documentos – Durante o processo de renovação da vistoria também são verificados os documentos do veículo e do condutor, como a carteira nacional de habilitação, alvará de licença da permissão, certificado de registro e licenciamento, certificado de verificação do tacógrafo, certificado de curso de condutor escolar, crachás do permissionário e de seus auxiliares – acompanhante e motorista reserva.

A vistoria tem uma taxa fixada em R$ 75,88 e o permissionário não pode antecipar a inspeção. Caso perca a data programada no calendário, será cobrada uma multa no valor de R$ 28,46.

Os transportes de escolares não aprovados na inspeção podem ter um prazo, de acordo com o tipo de irregularidade encontrada no veículo, para sanar o problema. Se isso não ocorrer, o permissionário fica impedido de prestar o serviço.

Selo – Ao ser aprovado, o veículo recebe um selo adesivo na cor branca, correspondente à vistoria do primeiro semestre de 2021, que é afixado no para-brisa dianteiro. “Essa é a melhor forma de garantir a segurança dos alunos”, alerta o chefe da Divisão de Transporte, Leonardo Campos.

A Seção de Fiscalização de Transporte Público informa que a fiscalização é contínua. No entanto, quando concluir o prazo do cronograma das vistorias, a operação vai ser intensificada com o objetivo de coibir o serviço de transporte irregular no entorno dos estabelecimentos de ensino.

Confira o calendário de vistoria:

1ª semana: de 27/01 a 02/02

Dia – registro

27 – de 0001 a 0040

28 – de 0041 a 0080

29 – de 0081 a 0120

01 – de 0121 a 0160

02 – de 0161 a 0200

2ª semana: de 03/02 a 09/02

Dia – registro

03 – de 0201 a 0240

04 – de 0241 a 0280

05 – de 0281 a 0320

08 – de 0321 a 0360

09 – de 0361 a 0435

Fonte: ParlamentoPB

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas