Conecte-se conosco

Policial

Ministério registra a maior apreensão de drogas da história do país

Foram encontradas 36,5 toneladas de maconha em um caminhão

Publicados

em

©divulgação/Ministério da Justiça

A maior apreensão de drogas da história do país ocorreu neste fim de semana em Deodápolis (MS), a 266 quilômetros da capital Campo Grande e a 80 quilômetros de Dourados. A Polícia Militar Rodoviária do estado interceptou um caminhão com carga de soja que escondia 36,5 toneladas de maconha.

O motorista foi preso e encaminhado à Polícia Civil no município. Segundo a investigação, a droga estava sendo transportada para o Porto de Santos (SP).

Coordenada pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a ação integra o Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (Vigia). Segundo a pasta, as apreensões relacionadas ao programa totalizaram 673 toneladas de drogas entre junho de 2020 e junho deste ano, aumento de 111% em relação aos 12 meses anteriores.

Divulgação/Ministério da Justiça

Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, a principal droga apreendida é a maconha. Em dois anos de atuação, o Programa Vigia levou a perdas mais de R$ 3 bilhões aos criminosos e evitou prejuízo de mais de R$ 500 bilhões aos cofres públicos. Foram apreendidas mais de 870 toneladas de drogas, 113 milhões de maços de cigarros, além de embarcações, veículos e produtos contrabandeados.

O Programa Vigia atua em 15 estados: Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Acre, Rondônia, Tocantins, Goiás, Roraima, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Pará, Amapá, Rio Grande do Norte e Ceará. As ações seguem as diretrizes do Sistema Único de Segurança Pública (Susp), com foco na atuação integrada, coordenada, conjunta e sistêmica entre as instituições. O programa tem três eixos: operações de segurança, capacitação de agentes e compra de equipamentos e sistemas.

Agência Brasil

Policial

Polícia realiza prisões após perseguição na região de Mulungu

Durante a averiguação foi constatado que um deles tinha mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio

Publicados

em

Na manhã desta quarta-feira (15) no Distrito de Leallândia em Mulungu-PB, várias guarnições sob o comando do supervisor do 4ºBPM se deslocaram onde realizavam a Operação Barreira, as margens da Rodovia PB-073, que liga as cidade de Guarabira e Mari, com intuito de aprender armas, drogas, veículo com restrições, e outros objetos ilícitos.

Durante as abordagens foi visualizado o veículo Fiat Uno Mille, cor azul, placas MNI 8647-PB, em atitudes suspeitas, o qual através de sinal sonoro (sirene) os policiais orientaram a parar, porém não foram atendidos e assim iniciou-se uma perseguição ao referido veículo, que alguém do interior do mesmo arremessou um revólver para fora e seguiu a fuga, sendo o veículo alcançado e seus ocupantes abordados posteriormente. No interior do carro os policiais encontraram um cabo de revólver e uma quantidade de substância análoga a maconha.

Durante a averiguação dos nomes dos ocupantes foi constatado que 01(um) deles tem mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio, no processo nº 0805780-98.2021.8.15.0181.01.0001-19, expedido pela 1ª Vara Mista de Guarabira-PB. Os 03(três) ocupantes do veículo juntamente com a arma recuperada (revólver Taurus, calibre 32, cano curto, numeração 381142), 04 (quatro) munições intactas, e a substância análoga a maconha foram apresentados ao delegado plantonista de Guarabira, que autuou um dos ocupantes pelo porte ilegal de arma de fogo, e aquele que tem mandado de prisão em aberto após os tramites legais foi encaminhado para a Penitenciária João Bosco Carneiro.

Durante as diligências em conjunto com a polícia civil, foram também apreendida uma espingarda calibre 12, com 23 cartuchos de igual calibre, que estava em poder de uma mulher da cidade de Pirpirituba, que também foi presa e autuada em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo.

Com o Blog Felipe Alves via ExpressoPB

Continue lendo

Policial

Mulher é assassinada em Rio Tinto e homem sobrevive baleado e é transferido de helicóptero para João Pessoa

O atentado aconteceu na manhã desta terça-feira,14. O autor e o motivo não foram revelados. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Publicados

em

Foto: ilustração

Uma mulher foi assassinada e um homem foi baleado com um tiro no peito no município de Rio Tinto, no Litoral Norte paraibano. O atentado aconteceu na manhã desta terça-feira (14).

O homem de 44 anos foi socorrido de helicóptero para ser levado até o Hospital de Trauma de João Pessoa. A assessoria da unidade informou ao ClickPB que o ferido deu entrada às 14h e o estado de saúde dele é estável.

O motivo do atentado e o autor não foram revelados. A Polícia Civil deve investigar o caso.

ClickPB

Continue lendo

Policial

Mais de 130 suspeitos são detidos durante o fim de semana na Paraíba

Publicados

em

A Polícia Militar prendeu e apreendeu 134 suspeitos de roubos, furtos, tráfico de drogas, porte ilegal de arma, tentativa de homicídio e outros cinco crimes, nesse fim de semana, conforme balanço divulgado pela Coordenadoria de Estatística e Avaliação (EM/7) da Corporação.

O relatório com os resultados do trabalho desenvolvido da noite da sexta (10) até o início da madrugada desta segunda-feira (13), aponta que foram apreendidas 20 armas de fogo em onze cidades, recuperados 29 veículos com queixa de roubo ou furto e apreendidos quase 7 kg de entorpecentes dos mais diversos tipos. Além do trabalho operacional de combate ao crime, as ações de prevenção ao coronavírus continuaram e foram registradas 9 ocorrências de descumprimento de medidas sanitárias no período.

Uma reunião foi realizada entre o comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves, e os comandantes dos Batalhões do Estado, na manhã desta segunda-feira (13), para avaliar os resultados e planejar novas operações para os próximos dias.

Assessoria

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas