Conecte-se conosco

Policial

Preso na Paraíba suspeito de envolvimento na morte de Marielle Franco

Suspeito foi preso em Queimadas e será levado para o Rio de Janeiro

Publicados

em

©Arquivo/Guilherme Cunha/Alerj

Foi preso na Paraíba, nesta quarta-feira (28), um homem suspeito de envolvimento na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. A prisão foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba, que apontou o suspeito como sendo pertencente a uma milícia do Rio de Janeiro. Segundo a polícia paraibana, o grupo foi citado pela viúva do capitão Adriano Magalhães da Nóbrega, morto na Bahia e suspeito de envolvimento no assassinato da vereadora, ao falar sobre quem teria matado Marielle.

“A prisão foi realizada por policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), no município de Queimadas/PB. O alvo estava na companhia de outro homem, que também foi preso. O nome do alvo principal está no site www.disquedenuncia.org.br, do Rio de Janeiro. Ele já foi denunciado pelo Ministério Público do RJ, que pediu a condenação do investigado com base no assassinato de Eliezio Victor do Santos Lima, em outubro de 2018”, detalhou, em nota, a Policia Civil da Paraíba.

De acordo com o delegado Diego Beltrão, da Draco, as investigações descobriram que o preso cometeu outro assassinado no Rio de Janeiro, no dia 3 de junho, o que pode ter sido o motivo para ele fugir para a Paraíba.

“Parte dos milicianos ligados ao homem capturado em Queimadas hoje foi presa em operações policiais naquele estado. Mas ele, que é um dos chefes desse grupo, conseguiu escapar dessas investidas. Trata-se de um criminoso muito perigoso, com indícios fortes de que estava traficando drogas e planejando ataques a instituições financeiras no nosso estado”, disse o delegado.

Segundo a nota da Polícia Civil da Paraíba, autoridades policiais do Rio de Janeiro já tomaram conhecimento da prisão e confirmaram a periculosidade do criminoso. “É um dos chefes de milícia mais procurados aqui no Rio de Janeiro”, declarou o delegado Henrique Damaceno, de acordo com a nota.

O suspeito capturado em Queimadas será levado sob escolta policial até o Rio de Janeiro, onde deverá responder pelos seus crimes. Marielle e Anderson foram mortos no dia 14 de março de 2018, emboscados no carro onde estavam, no bairro do Estácio, na região central do Rio. Estão presos e aguardam julgamento pelos assassinatos o sargento reformado da Polícia Militar Ronnie Lessa, e o ex-PM Élcio Queiroz.

Agência Brasil

Policial

Polícia realiza prisões após perseguição na região de Mulungu

Durante a averiguação foi constatado que um deles tinha mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio

Publicados

em

Na manhã desta quarta-feira (15) no Distrito de Leallândia em Mulungu-PB, várias guarnições sob o comando do supervisor do 4ºBPM se deslocaram onde realizavam a Operação Barreira, as margens da Rodovia PB-073, que liga as cidade de Guarabira e Mari, com intuito de aprender armas, drogas, veículo com restrições, e outros objetos ilícitos.

Durante as abordagens foi visualizado o veículo Fiat Uno Mille, cor azul, placas MNI 8647-PB, em atitudes suspeitas, o qual através de sinal sonoro (sirene) os policiais orientaram a parar, porém não foram atendidos e assim iniciou-se uma perseguição ao referido veículo, que alguém do interior do mesmo arremessou um revólver para fora e seguiu a fuga, sendo o veículo alcançado e seus ocupantes abordados posteriormente. No interior do carro os policiais encontraram um cabo de revólver e uma quantidade de substância análoga a maconha.

Durante a averiguação dos nomes dos ocupantes foi constatado que 01(um) deles tem mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio, no processo nº 0805780-98.2021.8.15.0181.01.0001-19, expedido pela 1ª Vara Mista de Guarabira-PB. Os 03(três) ocupantes do veículo juntamente com a arma recuperada (revólver Taurus, calibre 32, cano curto, numeração 381142), 04 (quatro) munições intactas, e a substância análoga a maconha foram apresentados ao delegado plantonista de Guarabira, que autuou um dos ocupantes pelo porte ilegal de arma de fogo, e aquele que tem mandado de prisão em aberto após os tramites legais foi encaminhado para a Penitenciária João Bosco Carneiro.

Durante as diligências em conjunto com a polícia civil, foram também apreendida uma espingarda calibre 12, com 23 cartuchos de igual calibre, que estava em poder de uma mulher da cidade de Pirpirituba, que também foi presa e autuada em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo.

Com o Blog Felipe Alves via ExpressoPB

Continue lendo

Policial

Mulher é assassinada em Rio Tinto e homem sobrevive baleado e é transferido de helicóptero para João Pessoa

O atentado aconteceu na manhã desta terça-feira,14. O autor e o motivo não foram revelados. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Publicados

em

Foto: ilustração

Uma mulher foi assassinada e um homem foi baleado com um tiro no peito no município de Rio Tinto, no Litoral Norte paraibano. O atentado aconteceu na manhã desta terça-feira (14).

O homem de 44 anos foi socorrido de helicóptero para ser levado até o Hospital de Trauma de João Pessoa. A assessoria da unidade informou ao ClickPB que o ferido deu entrada às 14h e o estado de saúde dele é estável.

O motivo do atentado e o autor não foram revelados. A Polícia Civil deve investigar o caso.

ClickPB

Continue lendo

Policial

Mais de 130 suspeitos são detidos durante o fim de semana na Paraíba

Publicados

em

A Polícia Militar prendeu e apreendeu 134 suspeitos de roubos, furtos, tráfico de drogas, porte ilegal de arma, tentativa de homicídio e outros cinco crimes, nesse fim de semana, conforme balanço divulgado pela Coordenadoria de Estatística e Avaliação (EM/7) da Corporação.

O relatório com os resultados do trabalho desenvolvido da noite da sexta (10) até o início da madrugada desta segunda-feira (13), aponta que foram apreendidas 20 armas de fogo em onze cidades, recuperados 29 veículos com queixa de roubo ou furto e apreendidos quase 7 kg de entorpecentes dos mais diversos tipos. Além do trabalho operacional de combate ao crime, as ações de prevenção ao coronavírus continuaram e foram registradas 9 ocorrências de descumprimento de medidas sanitárias no período.

Uma reunião foi realizada entre o comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves, e os comandantes dos Batalhões do Estado, na manhã desta segunda-feira (13), para avaliar os resultados e planejar novas operações para os próximos dias.

Assessoria

Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas