Conecte-se conosco

Política

Raniery Paulino comemora assinatura do convênio para construção de uma creche em Pilõezinhos

Publicados

em

Ao lado do prefeito de Pilõezinhos, Marcelo Matias (Marcelo do Sindicato), o deputado estadual Raniery Paulino comemorou, nesta terça-feira (30), em solenidade realizada no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, convênios com prefeitos municipais para construção de creches em 104 municípios. Na ocasião, o Município de Pilõezinhos será uma das beneficiadas dentro do programa Paraíba Primeira Infância.

O programa consiste na execução de ações integradas da educação, saúde, assistência social, esporte e infraestrutura voltadas para crianças de 0 a 6 seis anos, totalizando investimentos de R$ 106 milhões.

Raniery renovou o seu compromisso com a população de Pilõezinhos e parabenizou a atual gestão pelo trabalho operoso. ” Renovo minha disposição com o município de Pilõezinhos e  coloco nosso mandato a disposição para o desenvolvimento da cidade. Acreditamos que o programa irá fazer com que o estado da Paraíba consiga construir várias ações garantindo a redução no déficit da educação infantil”, ponderou.

“Pilõezinhos só tem a ganhar com essa parceria. Com muita felicidade e gratidão à Deus, assinei o convênio firmado entre à prefeitura e governo do estado que vai garantir a construção de uma creche para atender as crianças de nossa querida Pilõezinhos. Agradeço ao governador João Azevedo por ter lembrado de Pilõezinhos”, destacou Marcelo, o Prefeito de Pilõezinhos.

Acesso Político

Rate this post

Brasil

Nove estados anunciam Lei Seca no dia das eleições

Quem não respeitar a regra poderá ser preso.

Publicados

em

Pelo menos nove estados anunciaram que vão restringir a venda de bebidas alcoólicas no dia das eleições para evitar perturbações durante a votação. Nestes estados, a Lei Seca vai valer para o próximo domingo (2), primeiro turno do pleito, e em 30 de outubro, no caso de um segundo turno. 

Até o momento, Acre, Amazonas, Ceará, Roraima, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Paraná e Tocantins já anunciaram a proibição. As demais unidades da federação ainda avaliam a possibilidade de adoção da Lei Seca. 

No Amazonas, e no Ceará a proibição começará a partir à 0h de domingo e permanecerá até às 18h do mesmo dia. Em Roraima, a Lei Seca valerá das 23h de sábado (1º) até às 19h de domingo. 

No Mato Grosso do Sul, fica proibida a venda de bebidas em bares, restaurantes, lojas de conveniência, hotéis e lanchonetes. A restrição será aplicada entre as 3h e 16h de domingo.

Os estados informaram que vão fiscalizar o descumprimento da Lei Seca. Quem não respeitar a proibição poderá ser preso em flagrante por desobediência e descumprimento de ordens da Justiça Eleitoral.

Agência Brasil

Rate this post
Continue lendo

Política

Prazo para prestação de contas parcial de campanha começa sexta-feira

Candidatos têm até 13 de setembro para apresentar contas parciais.

Publicados

em

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

O prazo para candidatos entregarem a prestação de contas parcial de campanha começa na próxima sexta-feira (9) e segue até 13 de setembro.

Desde 16 de agosto, quando começou a campanha eleitoral, todas as candidaturas são obrigadas a enviar relatórios financeiros, com os dados de arrecadação de campanha, a cada 72 horas à Justiça Eleitoral.

No sistema de divulgação de candidaturas e contas da Justiça Eleitoral, que é atualizado de hora em hora, já é possível, inclusive, consultar como estão sendo gastos os recursos oriundos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), por exemplo.

Para isso, basta entrar na página de uma candidatura e rolar a página para baixo para ter acesso às informações sobre receitas e gastos.

Na prestação de contas parcial, os candidatos devem encaminhar toda documentação para comprovar os gastos antecipados nos relatórios financeiros.

Em 15 de setembro, o TSE divulgará a prestação de contas parcial de campanha de candidatos e partidos políticos com a indicação dos nomes, do CPF ou CNPJ dos doadores e dos respectivos valores doados.

A prestação de contas final da campanha de cada candidato deverá ser feita até 30 dias após a realização das eleições. A regra vale tanto para o primeiro turno (2 de outubro) como para eventual segundo turno (30 de outubro).

Agência Brasil

Rate this post
Continue lendo

Cidades

Vice-prefeito rompe com Camila Toscano e todo grupo do PSDB de Guarabira

“Dr. Wellington” também anunciou que vai votar em Célio Alves e Gervásio Maia.

Publicados

em

Fotos: Reprodução

O vice-prefeito do município de Guarabira, Wellington Oliveira (PSDB), revelou, nesta quarta-feira (15), que rompeu sua aliança com o grupo de Camila Toscano (PSDB). A deputada estadual, que busca sua reeleição no cargo, também não contará com o apoio de seu conterrâneo nas disputas, por parte de seu grupo, para deputado federal.

“Uma decisão difícil, mas ela precisava ser tomada. Foi muito refletida com amigos mais próximos, com meus familiares. Recebi apoio de muitos e por isso estou anunciando, hoje, apoio ao pré-candidato a deputado estadual Célio Alves e, também, anunciando apoio ao deputado federal, candidato à reeleição, Gervásio Maia”, disse Wellington em entrevista.

“São meus candidatos para a eleição que se aproxima, e sei que é uma escolha que a gente vai andar as ruas de Guarabira explicando. Mas Célio é aquela pessoa que faz a oposição com clareza, qualidade, e se assemelha a mim naquilo que eu quero fazer”, completou o vice-prefeito.

Camila Toscano virou parte do grupo que contém Pedro Cunha Lima (PSDB) e Efraim Filho (União Brasil) no último mês de abril, além do apoio à reeleição do deputado federal Ruy Carneiro (PSC). Além disso, é natural da cidade de Guarabira e de mesmo partido que Wellington Oliveira. O prefeito Marcus Diôgo, aliado de Camila tem sido alvo de diversas críticas administrativa no município de Guarabira, principalmente na área da saúde.

Do MaisPB

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas