Conecte-se conosco

João Pessoa

ALPB repudia ataques ao Congresso, Planalto e STF e cobra punição aos envolvidos

Publicados

em

Foto: Reprodução

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) repudia a invasão dos prédios públicos e os ataques desferidos contra os Três Poderes (Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal) na tarde deste domingo (08), em Brasília (DF).

O presidente da ALPB, Adriano Galdino, também cobrou punição urgente aos invasores. “Repudio veementemente a invasão criminosa ao Congresso Nacional, Palácio do Planalto e STF em Brasília. É um crime absurdo contra a democracia, contra a vontade do povo. Não podemos aceitar essa afronta ao estado democrático de direito. Punição aos envolvidos”, afirmou.

Adriano Galdino destaca ainda que as liberdades de expressão e manifestação, protegidas pela Constituição Federal, não incluem permissão para ações violentas nem para atentados contra o Estado Democrático de Direito. “Estes ataques são inaceitáveis, enfraquecem os Poderes constituídos e a própria Constituição Federal, que são os pilares do mais longevo período democrático da história brasileira”, afirmou.

Assessoria

Rate this post

João Pessoa

Operação prende acusados de homicídios, roubos e tráfico de drogas na grande João Pessoa

Publicados

em

As Polícias Militar, Civil e Penal cumpriram, nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (26), 18 mandados de prisão contra acusados de homicídios, roubos, tráfico de drogas e outros crimes, na Grande João Pessoa (foto acima).

A operação mobilizou 150 policiais, com apoio do helicóptero Acauã e drones, e aconteceu em vários bairros de João Pessoa e Santa Rita. Na capital, os principais bairros foram Mandacaru, Rangel e Gramame.

Os presos foram levados para a Central de Polícia, no Geisel.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

João Pessoa

Prefeito assina ordem de serviço para início das obras viárias do Parque da Cidade

Publicados

em

O prefeito Cícero Lucena assinou, na manhã desta segunda-feira (09), a ordem de serviço para o início das obras viárias do Parque da Cidade, no bairro Aeroclube. Nessa primeira etapa, que deve durar aproximadamente quatro meses, serão realizadas as obras de drenagem e de mobilidade urbana. A Rua Ivanice Martins Câmara será alargada e passará a ter seis faixas de rolamento.

“Dentro do planejamento que o parque exige pela preocupação com a mobilidade em todo esse bairro, nós estamos agindo nessa primeira ação em locais que tinham alagamentos e congestionamentos no trânsito. Com isso, vamos desafogar essa rotatória enquanto é licitado o viaduto que substituirá essa provisória, mas que já dará uma fluidez ao trânsito dessa região”, destacou o prefeito.

O vice-prefeito Leo Bezerra participou do evento e ressaltou a importância da obra para os moradores e turistas que visitam nossa capital. “Uma obra muito prometida pelo que nos antecederam e não fizeram. E agora o prefeito Cícero Lucena dá uma demonstração de quem realmente dialoga com a população e mostra que queremos o melhor para essa cidade. Então, eu fico muito feliz, porque essa é uma grande obra para os pessoenses e para os turistas que vão não visitar”, disse.

Os serviços serão realizados pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) e ocorrerão a partir do cruzamento entre as ruas Ivanice Martins Câmara e Fernando Luiz Henrique (Bessa). Contudo, apesar das intervenções, o trânsito na área não ficará comprometido e o fluxo viário seguirá conforme o habitual.

“Nesse primeiro momento, nós não vamos fazer nenhum bloqueio de trânsito. Nós vamos trabalhar em cima do canteiro para justamente deixar o trânsito liberado para os motoristas. Importante frisar que nossos agentes estarão presentes para que a população possa tirar dúvidas e ficar orientada com relação a obra”, explicou Expedito Leite Filho, superintendente de Mobilidade Urbana da Capital.

Orientação à população – Apesar da gestão municipal manter o esforço para que a população não passe por transtornos, a orientação é de que os condutores, tanto de veículos de pequeno porte quanto os maiores, trafeguem na localidade mantendo a atenção redobrada.

O projeto – O Parque da Cidade terá equipamentos como ciclovia, quadra de tênis, de futebol society, tênis de praia, pista de skate e patinação, viveiro, academia ao ar livre, parquinho, espaços para eventos, piqueniques, lagos, decks, mirantes elevados e diversos outros espaços de convivência.

Mobilidade – O novo plano de mobilidade para a região inclui uma ponte estaiada que vai ligar as Ruas Miriam Barreto Rabelo com a Rua Suzy Lacerda e o Retão de Manaíra. Também será feito o alargamento de vias locais e implantação de binários. No total 45 ruas estão inseridas no projeto, que também prioriza ciclovias, calçadas padronizadas e itens de acessibilidade.

Texto: Felipe Silveira e Pollyana Sorrentino
Edição: Katiana Ramos
Fotografia: Sérgio Lucena

Rate this post
Continue lendo

João Pessoa

Manifestantes desocupam frente do Grupamento de Engenharia em João Pessoa e acampamento é desarticulado

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou ontem a desocupação e dissolução dos acampamentos.

Publicados

em

Foto: Reprodução/Facebook

Os manifestantes bolsonaristas que se amontoavam na frente do Grupamento de Engenharia na Avenida Epitácio Pessoa desocuparam o local na manhã desta segunda-feira (9). A Polícia Militar esteve no local, mas o grupo não resistiu a ordem policial e deixou o acampamento.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou ontem a desocupação e dissolução em até 24 horas de acampamentos bolsonaristas nas proximidades dos Quarteis do Exército.

Desde que foi oficializado o resultado das eleições de outubro, na qual  Lula foi eleito como presidente da República, apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) organizaram manifestações antidemocráticas em frente ao Quartéis em várias cidades brasileiras. Em João Pessoa, a concentração ocorreu  em frente ao Grupamento de Engenharia.

Moraes determinou que a operação de desocupação fosse feita Polícia Militar, com o apoio da Força Nacional e a Polícia Federal.

ClickPB

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas