Saúde

UEPB estuda desenvolvimento de comprimido mucoadesivo para combate a candidíase bucal

candidiase-oral-2

Após ter ampliado o quadro de docentes bolsistas por alta produção científica junto ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) obteve mais uma importante conquista na promoção de atividades de inovação e desenvolvimento de patentes, com a professora Ana Cláudia Dantas de Medeiros, do Departamento de Farmácia, se tornando a primeira docente da Instituição bolsista em produtividade em desenvolvimento tecnológico e extensão inovadora, através de seleção do Programa de Biodiversidade e Recursos Naturais do CNPq.

O resultado da seleção foi divulgado no último dia 16 de fevereiro e destaca a UEPB na produção científica pela pesquisa “Desenvolvimento de um comprimido mucoadesivo para candidíase bucal a partir de planta do semiárido brasileiro”, que será desenvolvida no Laboratório de Desenvolvimento de Ensaio de Medicamento (LABDEM) do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), no Câmpus de Bodocongó, em um prazo de até três anos.

Segundo a professora, o comprimido será destinado para combater uma doença frequente em pessoas que usam prótese dentária, mas que também afeta bebês. A ideia é usar uma planta do semiárido nordestino para produzir o medicamento. Para isso será realizado estudo para saber qual a planta que servirá para a produção do comprimido. O projeto será implantado utilizando estudantes do Mestrado de Farmácia da Instituição.

A bolsa de produtividade em desenvolvimento tecnológico e extensão inovadora é voltada a pesquisadores que se destacam entre seus pares, valorizando sua produção em desenvolvimento tecnológico e inovação, segundo critérios normativos. Ana Cláudia Dantas é professora da Universidade Estadual da Paraíba desde 2002 e tem atuado como orientadora nos programas de pós-graduação em Ciências Farmacêuticas, Odontologia e Etnobiologia e Conservação da Natureza da Instituição. Coordenadora adjunta do Mestrado em Ciências Farmacêuticas, ela tem experiência na área de Farmácia, com ênfase em desenvolvimento de medicamentos sintéticos e fitoterápicos, análise térmica e análise e controle da qualidade de medicamentos.

Por: Severino Lopes / UEPB




Mais Lidas da Semana

Topo