Conecte-se conosco

Cidades

Editora da UEPB firma parceria com OAB-PB e lança cinco livros durante Semana do Advogado

Publicados

em

A Editora da Universidade Estadual da Paraíba (EDUEPB) firmou uma parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Seccional Paraíba e lançará no próximo dia 9 de agosto, cinco livros publicados por autores da região. O lançamento acontece às 19h, na Sede da OAB – Subseção Campina Grande, dentro da programação da 38ª Semana do Advogado de Campina Grande, que este ano será realizada de 7 a 11 de agosto.

Serão lançados os livros “O monitoramento eletrônico de presos e a paz social no contexto urbano”, de autoria do professor Bruno Cesar Azevedo Izidro; “Corpos Estranhos, reflexões sobre a intersexualidade e os Direitos Humanos”, de autoria Ana Carolina Gondim de Albuquerque Oliveira; “Um convite à utopia” organizado pelo professor Cidoval Morais de Sousa; “A infiltração policial como instrumento de combate aos delitos perpetrados por organizações criminosas”, de autoria de Claudio Marcos Romero Lameirão; e “O princípio da função social empresarial”, escrito por Hebert Herculano Delgado.

Um dos articuladores da parceria, o diretor da EDUEPB, professor Luciano Nascimento, confirmou a presença no lançamento de todos os autores dos livros, além do presidente da OAB-CG, o advogado Jairo Oliveira, e convidados. Luciano destacou a importância da parceria e ressaltou que os livros serão lançados diante do seleto grupo de juristas que participarão da Semana dos Advogados.

O livro “O monitoramento eletrônico de presos e a paz social no contexto urbano”, já foi publicado em e-book e é resultado da tese de doutorado de Bruno César Isidro, doutor em Transformações do Direito Privado, Cidade e Sociedade, pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). A publicação traz um histórico sobre o monitoramento de presos no país e o apresenta como uma possibilidade para diminuição de gastos prisionais, redução dos efeitos degradantes do cárcere e maior controle dos indivíduos que estão em semi liberdade.

O livro “Corpos Estranhos, reflexões sobre a intersexualidade e os Direitos Humanos” é resultado da dissertação apresentada pela autora ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Jurídicas da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), para obtenção do título de Mestre em Ciências Jurídicas.

Por sua vez, a obra “Um Convite à Utopia” também já foi lançada em e-book e na versão impressa e insere-se no contexto das comemorações dos 500 anos do lançamento do livro “A Utopia” (1516), do britânico Thomas Morus. O livro de 398 páginas foi o primeiro de uma coleção de 10 obras que consiste em um projeto editorial de natureza pública e coletiva, capitaneado pela EDUEPB com apoio da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU) e uma série de instituições acadêmicas, científicas e culturais nacionais e estrangeiras.

Já o livro “A Infiltração policial como instrumento de combate aos delitos perpetrados por organizações criminosas” é resultado da dissertação de Mestrado do autor e tem como alvo principal a análise e o estudo de um dos mais auspiciosos e complexos temas, tendo em vista a ausência de um tratamento legislativo uniforme, no tocante a sua definição, modalidades, compatibilidade constitucional e convencional e seus limites de atuação, meios de investigação e obtenção de prova, denominada infiltração policial. O livro “O princípio da função social empresarial”, de autoria de Hebert Herculano Delgado, chega essa semana à Livraria da EDUEPB.

 

Por: Severino Lopes/UEPB

Cidades

Concurso de Polícia Civil tem 10 vagas e salário é de R$ 11 mil

Publicados

em

Foto: Ilustração

Serão 36 horas semanais de trabalho para o profissional que precisa ter bacharelado em Direito. A taxa de inscrição custa R$ 249.

As inscrições para o concurso da Polícia Civil de Sergipe estarão abertas até as 18h do dia 6 de agosto de 2018. São 10 vagas para Delegado de Polícia Substituto e o salário é de R$ 11 mil. O edital está disponível no site da Cespe/UnB, banca organizadora do certame.

Edital concurso da Polícia Civil de Sergipe

Inscrições no concurso da Polícia Civil de Sergipe

Serão 36 horas semanais de trabalho para o profissional que precisa ter bacharelado em Direito. A taxa de inscrição custa R$ 249.

Todas as etapas do concurso acontecerão em Aracaju, capital de Sergipe. O prazo de validade do certame é de dois anos, com igual período de prorrogação.

Os candidatos passarão por Provas Objetivas, Discursiva com uma questão e dois textos dissertativos; Prova de Capacidade Física; Exame Psicológico; Exame Toxicológico; Sindicância de Vida Pregressa; Prova Oral – Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual Penal e Legislação Extravagante; Avaliação de Títulos e Curso de Instrução e Preparação Técnico-Profissional sendo este de responsabilidade da Secretaria de Segurança Pública – SSP e Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão – Seplag de Sergipe.

Fonte: ClickPB

Continue lendo

Cidades

Policiais do 4º BPM realizam Operação Cidade Segura nas cidades da região

Publicados

em

Durante a noite dessa quinta (19) e madrugada desta sexta-feira (20), policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram, em Araçagi, Guarabira, Alagoinha, Pirpirituba e Caiçara, a Operação Cidade Segura, com rondas e abordagens a pedestres e condutores de carros e motos.

Sob o comando do CPU (Coordenador de Policiamento da Unidade) do 4º BPM, tenente Galdino, a Operação Cidade Segura contou com as participações de guarnições da Rotam, Força Tática, Choque e CPTran.

Ascom

Continue lendo

Cidades

Cristiano Sales é o novo presidente da UBAM na Paraíba

Publicados

em

A União Brasileira de Municípios (UBAM) tem novo presidente no estado, o executivo Cristiano Sales, que tomou posse hoje na Sede da entidade, com a presença de diversos prefeitos que já confirmaram presença.

Cristiano atua nos municípios há 10 anos, desenvolvendo ações no Sebrae, um dos principais parceiros institucionais da UBAM em todo país. Ele formado Design Industrial pela Universidade Federal de Campina Grande, há 16 anos atua na gestão de projetos, desenvolvimento de novos produtos, valorização de identidades culturais, melhoria de processos e consultoria para aprimoramento da cultura artesanal nas pequenas cidades, onde há pouca oportunidade de trabalho e renda familiar.

Para o presidente nacional da UBAM, Leo Santana, que agora fixa residência em Brasília, onde todo trabalho da UBAM se desenvolve para o fortalecimento dos municípios, onde a entidade mantém sua sede nacional, o trabalho de Cristiano será de grande repercussão para os gestores públicos municipais, considerando sua capacidade e competência, tanto na orientação administrativa, como na facilidade com que transita nos órgãos públicos federais e na SUDENE, que estará desenvolvendo importante curso de capacitação para os prefeitos paraibanos, relacionado ao SICONV, a maior ferramenta de convênio do governo federal.

Segundo Cristiano Sales, a UBAM se constitui uma das mais abalizadas entidades municipalistas do país, com uma vasta experiência na causa dos municípios, conhecendo bem a dificuldade dos prefeitos para administrar as prefeituras com uma capacidade financeira tão pequena, devido ao sistema federativo que só beneficia a União e os Estados, que mais arrecadam, ficando na ponta os que mais possuem responsabilidades sociais.

Ele destacou a necessidade de reunir os prefeitos com a bancada federal da Paraíba, com o objetivo de debater a apresentação das emendas ao orçamento da União, evitando que alguns municípios fiquem de fora dos investimentos, já que muitos recursos serão disponibilizados em 2019.

Por Giuce Carvalho / Ascom – UBAM

Continue lendo

Mais Lidas