Conecte-se conosco

Guarabira

Projeto de pesquisa do CH desenvolve estudos sobre conflitos e dependências por recursos hídricos

Publicados

em

Compreender o processo de conflitos e dependências por recursos hídricos a partir das dinâmicas territoriais, socioeconômicas e socioambientais. Esse foi o propósito que impulsionou a idealização do projeto de pesquisa “Território das águas no Semiárido: conflitos e dependências por recursos hídricos na Bacia hidrográfica do Curimataú entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte – Nordeste do Brasil”. Trata-se de uma iniciativa coordenada pelo professor Belarmino Mariano Neto, com colaboração do professor Leandro Paiva do Monte Rodrigues, ambos do Departamento de Geografia do Centro de Humanidades (CH), Campus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira.

O projeto, que está entre as 45 propostas de pesquisa da Instituição aprovadas pelo Edital PROPESQ 2017, estabeleceu como objetivo específico, dentre outras prioridades, a análise da bacia hidrográfica do rio Curimataú em territórios paraibano e norteriograndense. De acordo com o professor Belarmino Mariano, a execução das atividades de campo se dará por meio de dez expedições, durante o período de dois anos. “As ações empíricas serão aplicadas em cinco etapas, sendo cada uma delas constituídas por duas expedições aos locais de estudo. Além disso, será realizado um levantamento bibliográfico e uma análise de documentos e imagens”, explicou o professor.

A pesquisa em foco compreende uma nova etapa de estudo, mais aprofundada em  comparação ao trabalho científico realizado anteriormente por meio de Edital PIBIC. Segundo o coordenador, o método a ser aplicado é baseado na análise geográfica das dimensões espaço/tempo e sociedade/natureza. “Pretende-se sistematizar eixos de estudo na bacia do rio a partir do alto/nascentes, médio curso e foz do rio Curimataú, com o intuito de diagnosticar as reais condições ambientais da área em questão, considerando sua morfometria e dinâmica fluvial. Dessa forma, será construído um Diagnóstico Socioambiental (DSA) do vale do rio Curimataú e um modelo teórico-metodológico sobre a formação territorial da bacia do Curimataú para a análise geopolítica da água como objeto de disputa e poder”, ressaltou o docente.

Para o professor, o projeto reconhece a importância da relação entre o conhecimento científico e o saber popular, pois possibilita a interação entre pesquisadores, educandos, colaboradores e comunidades. “Acreditamos que muitos trabalhos acadêmicos sobre a bacia, apontando possíveis formas de planejar o espaço estudado, irão ser produzidos por professores e estudantes da graduação em Geografia, bem como da Pós-Graduação Lato Sensu em Geografia e Território: Planejamento Urbano, Rural e Ambiental”, avaliou o professor Belarmino.

 

Ascom-CH

Cidades

Governo realiza audiência pública sobre criação de Aterro Sanitário em Guarabira

Publicados

em

Foto: Divulgação

O Governo do Estado, por meio da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), realiza na próxima quarta-feira (19), às 9h, no Teatro Geraldo Alverga, em Guarabira, uma Audiência Pública que apresenta o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) sobre a Licença de Instalação para o Centro de Tratamento e Disposição de Resíduos (Aterro Sanitário de Guarabira) de um consórcio que agrega 25 municípios no Agreste paraibano.

A atividade obedece a Lei nº 12.305/10, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos e tem como principal objetivo permitir o avanço no enfrentamento de problemas ambientais, sociais e econômicos em relação ao manejo inadequado do lixo. Para tanto, a Sudema disponibiliza em seu portal www.sudema.pb.gov.br, na aba EIA/RIMA, o Relatório de Impacto Ambiental do futuro Aterro.

O superintendente da Sudema, João Vicente Machado Sobrinho, espera que a população participe da audiência. “Para poder esclarecer eventuais dúvidas. Os benefícios são notórios ao ser humano, tanto é que é obrigatório municípios com mais de 50 mil habitantes disponibilizarem aterros sanitários em seus territórios. Além de Guarabira, outros 24 municípios serão beneficiados”, esclarece João Vicente.

De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE), 58,4% dos resíduos são destinados aos aterros sanitários, que possibilita controle de poluição ambiental e proteção da saúde pública. Na cidade de Guarabira, o processo para criação da unidade está na etapa de implantação e tem como finalidade criar um espaço destinado à disposição final do lixo gerado pela população da região.

Fonte: Portal Midia

Continue lendo

Cidades

Manápão abre 2 vagas para vendedor externo em Guarabira

Publicados

em

Foto: Divulgação

A empresa Manápão está com duas vagas para vendedor externo na cidade de Guarabira. Os interessados devem enviar currículo para o e-mail: manapaopublicidade@gmail.com contendo foto e currículo padrão. Os interessados a vaga de vendedor devem ter habilidade em vendas externas e disposição de tempo.

Mais informações ligue: (83) 98720-5748

Sobre o Manápão

Manápão é uma empresa de publicidade em sacos de pão que está atuando em Guarabira e Pilõezinhos com 22 padarias parceiras na distribuição dos sacos de pão com publicidade.

Do brejo.com com informações do Manápão

Continue lendo

Educação

Projeto de extensão da UEPB Guarabira voltado ao jiu-jitsu promove aula especial com campeão mundial

Publicados

em

O projeto de extensão “O jiu-jitsu brasileiro como possibilidade educacional na universidade” promove, nesta quarta-feira (12), a partir das 18h, no Campus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, uma aula especial com a presença do fundador da equipe Halavanca Brazilian Jiu-Jitsu, Helder Medeiros da Silva, cujo currículo ostenta sete títulos mundiais.

O atleta, que tem experiência em gerenciamento de projetos esportivos na modalidade em foco, virá conhecer o projeto que está sendo desenvolvido no Centro de Humanidades (CH), além de ministrar uma palestra para os estudantes envolvidos na iniciativa. Ainda estará presente no evento o lutador do UFC Antônio Carlos Júnior, popularmente conhecido como “Cara de Sapato”.

Trata-se de uma extensão vinculada ao Departamento de Geografia do Campus III, sob a coordenação do professor Thiago Leite Brandão de Queiroz, contando com o apoio da equipe Halavanca Brazilian Jiu-Jitsu, da Coordenadoria de Esportes e Lazer da UEPB (COEL), da Pró-reitoria Estudantil (PROEST) e do mestre Nauber Brilhante, campeão brasileiro e vencedor de diversos campeonatos regionais, que, semestralmente, acompanhará a aplicação da atividade esportiva no CH.

O projeto é voltado para a comunidade acadêmica de toda a UEPB.  As aulas acontecem duas vezes por semana, às terças e quintas-feiras, no horário das 5h30 às 7h, sendo ministradas pelo professor Thiago Leite, vinculado à equipe Halavanca na Paraíba.

Ascom/CH

Continue lendo
Apoio

Mais Lidas