Conecte-se conosco

Tecnologia

Decreto institui a Rede Nacional de Governo Digital

Publicados

em

Foto: Ilustração

O presidente Michel Temer assinou nesta segunda-feira (26) o decreto que institui a Rede Nacional de Governo Digital, que tem como objetivo integrar plataformas de prestação de serviços ao cidadão nas três esferas: federal, estadual e municipal. Ao participar da abertura da 4ª Semana de Inovação, em Brasília, Temer elogiou as iniciativas de eficiência e combate à burocracia que têm sido feitas nos últimos anos para que a administração pública brasileira seja cada vez mais digital e se aproxime das demandas e novidades século atual.

“A rede nacional de governo digital dá mostra clara desses aspectos [do emprego das novas tecnologias]. Ela é o passaporte da administração pública para século 21. Pensamos todos que o cidadão espera serviços públicos à altura do nosso tempo, mais ágeis e de qualidade. Uma atuação, em síntese, mais racional do Estado brasileiro. Naturalmente, o combate incansável à corrupção, ao desperdício, a procedimentos desnecessários que só dificultam a vida da população”, afirmou.

Anúncio


O governo federal já tem uma plataforma lançada no início deste ano, que reúne, segundo o Ministério do Planejamento, quase dois mil serviços e benefícios ao cidadão. O desafio com o lançamento da nova rede é reunir a colaboração de estados e municípios em prol da economia de recursos e do compartilhamento de soluções digitais. Segundo Temer, a administração pública deve se adaptar à realidade atual. Ele mencionou como exemplo as transformações ocorridas recentemente nesse campo, que já geraram economia de R$ 600 milhões.

“O Brasil e o mundo vivem tempos interessantes que convivem pedaços do passado e do futuro. O setor público não está imune a este fenômeno. De um lado, continua herdeiro de práticas obsoletas, que ainda pesam sobre a máquina administrativa. De outro, há avanços que se acumulam, apontam no sentido da transparência, desburocratização e eficiência”, disse.

Logo após o evento, ocorrido no instituto de ensino do Tribunal de Contas da União, foram revelados os vencedores da primeira edição do Prêmio Inova MP, que seleciona servidores públicos com ideias inovadoras para resolver os principais desafios da gestão pública federal.

Rede Gov.Br

A nova rede pretende aproximar as soluções digitais disponibilizadas aos cidadãos de forma integrada. Segundo o governo, a intenção é eliminar o paralelismo de esforços empreendidos atualmente para problemas comuns, melhorar o ambiente de negócios no Brasil, a capacitação de servidores públicos e estimular a inovação na área. Segundo o ministro do Planejamento, Esteves Colnago, a digitalização dos serviços nas três esferas da União possibilitará a economia de recursos e o compartilhamento de soluções.

“Apenas este ano, fizemos a transformação digital de mais de 50 serviços e outros 150 estão nesse momento em transformação”, disse Colnago, referindo-se ao site servicos.gov.br, que atua a nível federal. O portal reúne em um só lugar cerca de 1.800 serviços, dos quais 700 são completamente digitais. O ministro citou como exemplo o alistamento militar obrigatório, que antes exigia o deslocamento de quase dois milhões de jovens brasileiros. “Uma economia de tempo e dinheiro, para o cidadão e o Estado”, ressaltou.

Como principais tarefas, a rede recém-criada se propõe a dar continuidade à transformação digital de serviços públicos, criar um login único do cidadão e a plataforma de compartilhamento e análise de dados (GovData). Exemplos dos novos serviços são a prefeitura de Blumenau (SC) e o governo de Alagoas, que já iniciaram um mecanismo de autenticação única para cidadãos e empresas. “Devemos ser claros. Sem governança adequada, não seremos o país próspero e justo a que todos aspiramos, daí a importância atribuída à rede nacional de governo digital”, disse Temer.

Semana de inovação

O lançamento da rede marca a abertura da 4ª Semana de Inovação em Gestão Pública, que reunirá nos próximos dias 2,5 mil pessoas para palestras, mesas de discussão e oficinas. O evento contará com a participação de referências da área nacionais e internacionais, como membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Fundação Getulio Vargas (FGV) e representantes dos governos do Reino Unido, México, Portugal e Finlândia.

Fonte: Agência Brasil

Rate this post
Anúncio


Cidades

1° simpósio paraibano de hidrogênio renovável acontece em João Pessoa

Publicados

em

Pixabay/ ilustração

Entre os dias 27 e 28 deste mês, a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vai sediar o I Simpósio Paraibano de Hidrogênio Renovável. O evento, de abrangência nacional, é voltado para os setores de mercado, economia e regulação, e contará com a presença de autoridades, como o governador do estado João Azevêdo (PSB), e dirigentes do setor energético e científico.

O simpósio ocorrerá no auditório da reitoria, das 9h às 18h em ambas as datas. As inscrições, limitadas a 250 vagas, estão abertas à população e devem ser realizadas pelo Sistema Integrado de Gestão de Eventos (SigEventos). O evento é totalmente gratuito e os participantes receberão, ao final, certificado de participação.

Anúncio


O hidrogênio (H2) é um produto necessário para aplicação em diversos ramos industriais, como na produção de alimentos, fertilizantes, energia, dentre outros. De acordo com a professora Sayonara Eliziário, do Centro de Energias Alternativas e Renováveis (CEAR) da UFPB, o hidrogênio renovável ou verde é aquele “obtido a partir de fontes renováveis ou com baixa emissão de carbono, como a biomassa e as energias solar e eólica”.

Ainda segundo a docente, entre os principais objetivos do evento estão a divulgação de conhecimentos sobre o tema à comunidade acadêmica e a proposição de iniciativas para criar um Comitê de Estudos para o estado da Paraíba sobre a matéria. “Nosso estado possui amplo potencial de produção do hidrogênio verde: tem potencial elevado de [energia] solar, temos eólicas na serra da Borborema, somos o primeiro estado a ter um parque híbrido e somos um grande produtor de etanol”, discorre Sayonara.

O evento é uma realização do Centro de Energias Alternativas e Renováveis (CEAR), por meio do Laboratório de Tecnologias de Conversão de Hidrogênio (LabTecH2) e do Núcleo de Pesquisa e Extensão de Combustíveis e Materiais (NPE-LACOM). Também conta com o apoio do governo do estado da Paraíba.

Confira a programação completa:

27 de abril

  • 8h – Credenciamento
  • 9h – Abertura: “Importância do Hidrogênio Verde para a Paraíba”
  • 10h – Políticas Estaduais de Estímulo no Nordeste
  • 11h – Atração e desenvolvimento de negócios
  • 12h – Almoço
  • 13h40 – Desafios do Hidrogênio azul e CCS para o Brasil
  • 14h20 – A economia do hidrogênio no cenário mundial
  • 15h – Iniciativas inovadoras para o setor
  • 15h40 – Coffee Break
  • 16h – Como estreitar relação entre Universidade e empresas
  • 16h40 – O setor privado e a cadeia de valor do Hidrogênio
  • 17h20 – Projeto de geração de Hidrogênio Limpo das usinas nucleares do Brasil

28 de abril 

  • 9h – Programa Nacional de Hidrogênio
  • 10h – Certificação do Hidrogênio Verde
  • 10h40 – As energias renováveis na promoção do hidrogênio verde
  • 11h20 – Importância de projetos P&D para desenvolvimento do mercado
  • 12h – Almoço
  • 13h40 – Reforma a etanol para produção de Hidrogênio
  • 14h20 – O papel dos portos como hubs de Hidrogênio
  • 15h – Importância da formação de RH para a cadeia de valor
  • 15h40 – Produção de Hidrogênio a partir de resíduos sólidos
  • 16h30 – Homenagem a mulheres cientistas na Paraíba
  • 17h – Encerramento

Do F5online

Rate this post
Anúncio


Continue lendo

Tecnologia

Crimes na web contra crianças se modernizaram, dizem especialistas

Central da ONG Safernet recebeu mais de 111 mil denúncias em 2022.

Publicados

em

Pixabay

Em 2022, o Brasil totalizou 111.929 denúncias de armazenamento, divulgação e produção de imagens de abuso e exploração sexual infantil, encaminhadas à organização não governamental Safernet. O dado foi divulgado hoje (7), pela entidade, que realiza evento para marcar o lançamento do balanço, com autoridades no assunto, na capital paulista.

Em 2021, o número foi 9,9% menor. Naquele ano, a central recebeu 101.833 notificações desse tipo de crime.

Anúncio


Para a procuradora da República Priscila Costa Schreiner, que integra um grupo de combate a crimes cibernéticos do Ministério Público Federal, além do aumento nas denúncias, o que se observa é também uma evolução das ferramentas usadas pelos criminosos. Isso tem feito com que equipes especializadas no enfrentamento busquem se atualizar.

Priscila pontuou, ainda, que o aumento de violações a criança acompanha um crescimento quanto à conscientização sobre a importância de comunicá-las. “O mundo do crime se moderniza, se moderniza com muito mais velocidade dentro da internet”, complementou.

A pesquisadora Jessica Taylor Piotrowski, docente da Universidade de Amsterdam, disse que, atualmente, medidas como a restrição de idade não têm mais adiantado, sozinhas. Tal questão também foi levantada pela pesquisadora Veriety McIntosh, especialista em realidade virtual.

Em sua apresentação, Jessica ressaltou que a internet tem, hoje, um grau maior de complexidade e que há recursos que as crianças ainda não compreendem em sua totalidade. Como exemplo, a docente citou a inteligência artificial, algo revelado por um estudo de que participou.

Sobre os riscos a que as crianças estão sujeitas, ao acessar a internet, Jessica pontuou aspectos que também podem persistir na vida adulta, como a pornografia infantil, transtornos alimentares, a desinformação e a FOMO, sigla que, em inglês, resume a ideia de “medo de perder algo/algum acontecimento importante”. “Hoje, as pessoas têm uma hora a menos de sono, para ficar usando os dispositivos”, disse.

Agência Brasil

Rate this post
Anúncio


Continue lendo

Educação

Pós-Graduação Stricto Sensu em Administração da UNIP é nota 5 na CAPES

Publicados

em

O Programa de Mestrado e Doutorado em Administração da Universidade Paulista – UNIP acaba de conquistar novo destaque junto à CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior: agora ele é nota 5, conceito que corresponde a “Muito Bom” pelo órgão.

O resultado enobrece a Pós-Graduação Stricto Sensu da UNIP ao refletir seu ensino de alto padrão e de acordo com as normas estipuladas pela CAPES e pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) e sua Câmara de Ensino Superior (CES).

Anúncio


Para a professora doutora Marina Soligo, vice-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da Instituição, a Universidade Paulista entende a pós-graduação e a pesquisa como processos de qualificação do ensino e das práticas científicas, uma vez que os métodos de pesquisa instrumentalizam o acadêmico a descobrir e a entender a realidade, permitindo produzir conhecimento e contribuir para o avanço social.

“O investimento em pós-graduação e pesquisa fomenta a procura de novos parâmetros institucionais na persecução de seus objetivos e finalidades, tanto no ensino quanto na produção de conhecimento, ao mesmo tempo que contribui para a formação de profissionais com capacidade crítica e criativa”, explica a vice-reitora.

Atualmente, a UNIP oferece cinco Programas de Doutorado Acadêmico, cinco Programas de Mestrado Acadêmico, um Programa de Mestrado Profissional e 65 grupos de pesquisas em todas as áreas do conhecimento.

Conheça mais em: https://www.unip.br/cursos/pos_graduacao/strictosensu/

UNIP POLO GUARABIRA – Contatos: Telefone (83) 3271-6403 e WhasApp (83) 99661-4488. Endereço: Rua Presidente Epitácio Pessoa, 46, Centro, Guarabira – PB.

Assessoria

Rate this post
Anúncio


Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas