Conecte-se conosco

Guarabira

Câmara de Guarabira promove nesta sexta (22) audiência pública para debater reforma da Previdência

Publicados

em

A Câmara Municipal de Guarabira, através do gabinete do vereador Renato Meireles (PSB), com apoio da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado (FETAG-PB), além de outras centrais sindicais e diversos movimentos sociais parceiros, promove nesta sexta-feira (22), às 9h, uma Audiência Pública para discutir a Medida Provisória 871/2019 e a Proposta de Emenda à Constituição 06/2019 que trata da Reforma da Previdência.

O debate contará com a exposição do deputado federal Gervásio Maia, do professor e advogado Agassiz Almeida, do secretário do orçamento democrático estadual Célio Alves, do capitão da polícia militar Allan Jones, além do presidente da FETAG-PB Liberalino Lucena, trabalhadores e representantes de centrais sindicais, federações, sindicatos, movimentos sociais, órgãos públicos e da iniciativa privada.

Para Renato, o objetivo do debate é esclarecer a sociedade sobre os perigos da PEC apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). “Precisamos usar todos os meios necessários para que a sociedade passe a compreender a gravidade dessa reforma apresentada pelo Governo Federal. A proposta é um grande ataque a todo o sistema de seguridade social da forma como foi concebido na Constituição de 1988, público e solidário. Caso aprovada a reforma, o trabalhador com sorte terá que trabalhar por muito mais tempo para receber um benefício muito menor. Portanto, vamos resistir!”.

Ainda de acordo com o líder do PSB na Casa Osório de Aquino e autor da propositura, além de elevar a idade mínima de aposentadoria da mulher do campo para 60 anos, a proposta retira da legislação a possibilidade de comprovação do exercício da profissão por 15 anos, e determina a obrigatoriedade de contribuição de, no mínimo, R$ 600,00 (seiscentos reais) anualmente por 20 anos. “A PEC apresentada praticamente inviabiliza o acesso da maioria dos agricultores e agricultoras familiares a aposentadoria, pois desenvolvem uma agricultura de subsistência, não produzindo excedente para comercialização”, argumenta o parlamentar.

Audiência

A audiência será aberta ao público e contará com a participação de políticos da região, trabalhadores e representantes de centrais sindicais, federações, sindicatos, movimentos sociais, órgãos públicos e da iniciativa privada.

Serviço

● Audiência Pública: Reforma da Previdência
● Dia 22/3, às 9h
● Plenário Vereador Geraldo Albuquerque Cabral – prédio da Câmara Municipal (Rua Solon de Lucena, 45 – Centro de Guarabira)

 

Assessoria

Avalie esta postagem
Apoio

Cidades

Policiais receberão prêmio por atingirem meta de redução de homicídios na região de Guarabira

Publicados

em

Foto: Divulgação

Das 22 Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp) na Paraíba, 17 conseguiram bater a meta na redução de crimes contra a vida nos primeiros seis meses deste ano, destacou o secretário de Segurança e Defesa Social, Jean Nunes. Entre elas, a Aisp de Guarabira conseguiu reduzir os índices de crimes de homicídio. A Paraíba teve 133 assassinatos a menos e uma redução de 21,8% no número de crimes contra a vida de janeiro a junho deste ano.

O secretário Jean Nunes avalia que o resultado positivo revelado pelo Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) é fruto das operações integradas das polícias e do sistema penitenciário, além do trabalho de inteligência que vem sendo desenvolvido.

“A gente intensificou algumas ações, tem colocado em prática um planejamento estratégico que vem sendo construído nos últimos anos e com isso temos conseguido melhor direcionar e focar em algumas ações”, explicou.

As Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp) se referem à divisão territorial estabelecida na Lei Complementar 111/2012 na Paraíba. Todas as áreas que alcançaram redução fazem jus a um prêmio, intitulado Paraíba Unida pela Paz, que neste semestre vai beneficiar 12.405 agentes de segurança pública, totalizando um investimento de aproximadamente R$ 12,5 milhões.

Redução de crimes contra a vida:

5ª Aisp, em Santa Rita (-33 casos)
2ª Aisp, zona sul de João Pessoa (-19 casos)
10ª Aisp, zona leste de Campina Grande (-18 casos)
22ª Aisp, zona oeste de Campina Grande (-17 casos)
11ª Aisp, em Queimadas (-15 casos)
14ª Aisp, em Monteiro (-10 casos)
21ª Aisp, de Solânea (-9 casos)
13ª Aisp, em Picuí (-9 casos)
4ª Aisp, em Bayeux (-6 casos)
6ª Aisp, em Alhandra (-5 casos)
8ª Aisp, em Guarabira (-4 casos)
3ª Aisp, de Cabedelo (-4 casos)
19ª Aisp, em Sousa (-4 casos)
15ª Aisp, de Patos (-4 casos)
20ª Aisp, em Cajazeiras (-3 casos)
12ª Aisp, em Esperança (-3 casos)
7ª Aisp, de Mamanguape (-2 casos)

O secretário informou, ainda, que houve uma redução de 23% nos feminicídios, nos primeiros seis meses do ano, e crimes contra as mulheres também caíram 31%. Foram 49 casos no primeiro semestre do ano passado, contra 34 casos no primeiro semestre deste ano.

Jean Nunes é secretário de Segurança e Defesa Social da Paraíba

Já a apreensão de armas de fogo aumentou nos primeiros seis meses deste ano em relação ao primeiro semestre do ano passado. Foram apreendidas 1.954 armas de fogo na Paraíba, o que representa um aumento de 54% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram retirados de circulação 614 revólveres, 150 pistolas, 861 espingardas e 614 armamentos de outros tipos. A média foi de 10,9 armas apreendidas por dia. No primeiro semestre de 2018, 1.270 armas foram apreendidas. Como política de desarmamento, há uma bonificação aos policiais pela apreensão de armas de fogo.

“A gente vai continuar com a nossa política de enfrentamento às armas ilegais. A gente vai continuar premiando os policiais por esse desarmamento. Quem tem que andar armado são os policiais. De 2011 a 2018, mais de 25 mil armas foram apreendidas no Estado”, frisou o secretário Jean Nunes. Segundo ele, armar a população é transferir para a população a responsabilidade do Estado pela segurança pública.

O secretário destacou, também, a redução nos crimes patrimoniais. No primeiro semestre de 2019, a Paraíba teve uma redução de 60% no número de crimes contra instituições bancárias. Foram 19 casos este ano, contra 47 no mesmo período de 2018. Já as explosões a banco tiveram uma redução de 78%.

Apesar das reduções dos ataques a bancos, o secretário disse que as instituições bancárias não têm cumprido a legislação estadual para aumentar a segurança. “Isso é fruto de um esforço muito forte da Secretaria, das inteligências, da força-tarefa de bancos, articulação interna e com os estados vizinhos”, explicou o secretário.

Os dados serão debatidos em reunião com o governador na próxima semana, em reunião da área de segurança pública.

Fonte: ClickPB via Portal25Horas

Avalie esta postagem
Continue lendo

Cidades

Policial do 4º BPM fica em segundo lugar em etapa do Desafio das Serras em Bananeiras

Publicados

em

O soldado Edinaldo, que atua na Ciclopatrulha do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), conquistou no último sábado (13), o segundo lugar geral na categoria Elite 10km da 2ª etapa do Desafio das Serras Off Road Extremo, que foi realizado em Bananeiras. O tempo dele na corrida, que teve em torno de 800 participantes e é feita em estradas de barro, com ladeiras e muita lama, foi de 46min23seg.

O Desafio das Serras Off Road Extremo é um circuito com quatro etapas que incluem as modalidades de corrida em trilha e mountain bike e é realizado em três Estados além da Paraíba: Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco. A primeira etapa aconteceu na Serra de São Bento-RN e a próxima será realizada nos dias 7 e 8 de setembro em Pacoti-CE.

O soldado Edinaldo, que faz parte da equipe Militares Runners PB, também tem participado de corridas de rua em várias cidades paraibanas e conquistado excelentes resultados.

Assessoria/4º BPM

Avalie esta postagem
Continue lendo

Guarabira

Comerciante de Guarabira é encontrado morto em sítio

Publicados

em

Foto: WhatsApp

Na manhã deste domingo (14), familiares encontraram sem apresentar sinais vitais, o comerciante Fernando Clímaco Monteiro, mais conhecido por Fernando do ‘Bar da Lama’, muito popular na cidade de Guarabira. O corpo foi encontrado em sítio pertencente ao mesmo, localizado no município de Pilõezinhos.

De acordo com informações de pessoas próximas, a causa da morte teria sido um infarto fulminante, mas somente depois do exame cadavérico é que será definida a causa.

Fernando mantinha o seu estabelecimento no bairro Bela Vista, em Guarabira, que é frequentado por pessoas de todas as classes sociais. O prato da especialidade do local é macaxeira com carne e atrai sempre muitos clientes, que são servidos em mesas montadas na calçada do bar.

Já, há alguns meses seus filhos, Fernandinho e Fabiano estavam também a frente do negócio da família, após Fernando ter sido submetido a uma cirurgia.

O velório acontece na Sono Eterno, ao lado da praça da Juventude em Guarabira e o enterro está previsto para as 9h desta segunda, 15.

Com Portal25horas

Comerciante de Guarabira é encontrado morto em sítio
5 (100%) 1 vote
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas