Conecte-se conosco

Policial

Três homens e uma mulher são presos por policiais do 4º BPM nessa sexta-feira

Publicados

em

Foto: Divulgação/4º BPM

Somente nessa sexta-feira (6), policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram quatro prisões, sendo uma delas de uma mulher, em diferentes cidades da região. A primeira prisão aconteceu durante a madrugada, no Sítio Ribeiro de Baixo, zona rural do município de Alagoa Grande, em cumprimento a um mandado de prisão que envolveu também os policiais do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Superintendência de Polícia Civil. O homem é acusado de um latrocínio praticado no dia 25 de abril deste ano, em Alagoa Grande, e estaria escondido no sítio desde então, mas foi localizado e preso pelos policiais militares e civis.

Durante a manhã, em Caiçara, a guarnição do Destacamento local foi acionada por um oficial de Justiça para dar cumprimento a um mandado de prisão decorrente de débito de pensão alimentícia. Os policiais, sob o comando do soldado Gerson, se deslocaram até a residência do acusado e manteve contato com ele, que não esboçou qualquer reação ao receber a voz de prisão. Os policiais o conduziram à delegacia para as providências legais.

Ainda durante a manhã, na cidade de Alagoinha, um homem foi preso suspeito de tentativa de homicídio depois que a guarnição recebeu a informação, através da linha direta, que no interior de um banheiro público, ele lesionado outro com um espeto de madeira, atingindo-lhe um dos olhos. Sob o comando do sargento Assis, os policiais deram início às diligências e, após receberem informações anônimas, localizaram o suspeito em sua residência. Ele foi conduzido à delegacia juntamente com o espeto utilizado e que tinha sido encontrado pelos militares no local do crime.

No início da tarde, em Alagoa Grande, uma funcionária de uma unidade de saúde, no exercício de suas funções, informou que foi ameaçada e moralmente agredida pela acusada. A guarnição comandada pelo capitão Jones esteve no local e conduziu as partes envolvidas para a delegacia.

Assessoria 4º BPM

Rate this post

Cidades

Bombeiros são atropelados durante ocorrência entre Sobrado e Riachão do Poço, na PB 073

Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas. O acidente aconteceu na noite desta quarta-feira (27).

Publicados

em

Foto: Reprodução

Dois bombeiros militares foram atropelados enquanto atendiam uma ocorrência de incêndio as margens da rodovia que liga os municípios de Sobrado e Riachão do Poço, na Paraíba. O acidente aconteceu na noite desta quarta-feira (27).

Segundo informações, eles foram atingidos por um caminhão no momento que foram retirar os cones de sinalização da pista. Os bombeiros, que ainda não foram identificados, são da 9ª CIBM de Sapé.

Equipes de resgate do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

O trânsito nos dois sentidos da rodovia ficaram congestionado.

Com informações do repórter Zé Roberto (Rádio Constelação FM).

FontePB

Rate this post
Continue lendo

Policial

“Operação Carga Pesada” resgata motorista feito refém e evita roubo de caminhão com eletroeletrônicos do Magazine Luiza

Publicados

em

A Polícia Civil da Paraíba, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira, 27, a Operação Carga Pesada, que recuperou em uma mata às margens da BR-230, próximo a Santa Rita, um caminhão das lojas Magazine Luíza com produtos eletroeletrônicos.

A operação foi fruto de investigação das Delegacias de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) e também contou com o apoio do helicóptero Acauã, da Secretaria de Segurança e Defesa Social.

No momento da abordagem, os bandidos estavam fazendo o motorista do caminhão de refém e houve troca de tiros com a Polícia. Um dos bandidos foi ferido e socorrido ao Hospital de Trauma de João Pessoa, mas não resistiu e morreu. O outro conseguiu fugir pela mata. O motorista do caminhão foi resgatado pelos policiais e não sofreu agressão física.

Segundo o delegado Victor Melo, da Draco, todo o material foi recuperado e também foi apreendida uma arma de grande porte com sete capsulas intactas e uma deflagrada.

“Nós fomos recebidos a tiro pelo bandido, que já estava fazendo o motorista de refém dentro do caminhão. Foi uma operação delicada porque tínhamos que preservar a vida da vítima. Nessa troca de tiros um dos bandidos foi atingido e o outro correu pela mata, deixando o motorista livre. Recuperamos o caminhão e toda a carga, mas vamos continuar investigando para prender o resto da quadrilha”, afirmou.

Já o delegado Carlos Othon, da DRFVC, disse que a quadrilha vem sendo investigado há pelo menos seis meses e hoje foi o momento oportuno para deflagrar a operação. “Já prendemos essa quadrilha há mais de dois anos, mas quando os bandidos conseguem sair da prisão voltam a praticar o crime. Estávamos monitorando há cerca de seis meses e identificamos que hoje eles iriam agir novamente, mas nosso trabalho não termina aqui. A investigação continua”, concluiu.

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do número 197 (Disque-Denúncia). A ligação é gratuita e anônima, sendo garantido sigilo absoluto.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende em SP homem condenado por estuprar neta de sua companheira em CG

Publicados

em

Foto: ilustração

Uma ação conjunta das polícias civis da Paraíba e de São Paulo prendeu nesta terça-feira, 26 de outubro, um homem de 46 anos de idade, condenado a 9 anos e 11 meses de prisão pelo crime de estupro de vulnerável. O fato aconteceu no ano de 2011, em Campina Grande.

Toda a investigação foi realizada pela Delegacia de Repressão a Crimes contra a Infância e Juventude (DRCCIJ) de Campina, por se tratar de uma vítima menor de idade, mas a prisão foi articulada entre a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e a Polícia Civil em Mogi das Cruzes (SP).

À época dos fatos, o investigado vivia maritalmente com a avó da vítima, de 13 anos de idade. A menina foi passar o fim de semana na casa da avó, já que sua mãe precisou viajar, e o investigado aproveitou para abusar sexualmente da adolescente, ameaçando matar os pais dela, caso aquele crime fosse revelado para alguém.

A criança só revelou o episódio à sua mãe dois anos depois, no ano de 2013, quando o investigado já não convivia mais com a avó da vítima. A mãe da menina procurou a Polícia Civil para registrar a queixa, e as investigações transcorreram na DRCCIJ.

Após o trâmite do processo na esfera judicial, o investigado foi condenado a uma pena de 9 anos e 11 meses de prisão, mas ele já havia foragido. Em investigação sobre outro caso, a DRF em Campina Grande acabou descobrindo o paradeiro do investigado e manteve contato com a Polícia Civil paulista para concretizar a prisão.

O foragido deverá ser transferido para Campina Grande, em data a ser determinada pela justiça, para cumprir a pena imposta pelo crime.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas