Conecte-se conosco

Policial

Policiais realizam prisões por ameaça, embriaguez e desordem

Ao todo foram realizadas três prisões

Publicados

em

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram, entre a noite dessa quinta-feira (30) e a manhã desta sexta-feira (1º), três prisões por ameaça e embriaguez e desordem. A primeira delas, por ameaça, aconteceu no centro da cidade de Cuitegi, quando a guarnição do Destacamento foi solicitada pela vítima, através da linha direta, informando que um homem embriagado e armado com uma foice o havia ameaçado e dado umas foiçadas na porta de sua residência. De imediato, os policiais foram até o local e constataram a veracidade do fato. Durante a abordagem, a foice foi encontrada com ele e apreendida pelos policiais, que o conduziram para a delegacia.

Em Serra da Raiz, a guarnição do Destacamento local foi solicitada pela vítima informando que um vizinho estava com o som bastante alto e não queria baixar, incomodando toda a vizinhança. Os policiais foram ao local e mantiveram contato com as partes, constatando a veracidade do fato, então pediram ao suspeito, que estava com sinais de embriaguez, para que baixasse o volume do som. Inicialmente ele atendeu, mas instantaneamente, disse que não existia quem o fizesse baixar o volume, partiu contra a guarnição, querendo agredir os policiais, ao mesmo tempo em que proferia palavras ofensivas. Dante da situação, ele recebeu voz de prisão foi conduzido à delegacia.

Em Guarabira, algumas pessoas entraram em contato com o Copom informando que um homem estava muito alterado e com uma faca peixeira, ameaçando os transeuntes. A guarnição comandada pelo sargento Neto, com o apoio da guarnição comandada pelo cabo Ricardo, compareceu ao local e constatou a veracidade do fato. Após um demorado período de negociação, ele foi preso e conduzido à delegacia.

Assessoria/4º BPM

Rate this post

Policial

Jovem é assassinado a tiros em Lagoa de Dentro, no Brejo da PB

Crime ocorreu no Sítio Pé de Serra, em Lagoa de Dentro.

Publicados

em

Um jovem foi morto com pelo menos um tiro na cabeça e outro na perna na noite deste domingo, dia 16, no sítio Pé de Serra, zona rural de Lagoa de Dentro, no Agreste paraibano.

De acordo com as primeiras informações, a vítima foi identificada como Antonio Anderson, residente no referido sítio onde teria sido espancado e ferido com disparo de arma de fogo.

Antonio Anderson foi morto a tiros

A vítima foi socorrida por familiares para o hospital distrital Frei Damião, em Lagoa de Dentro, mas não resistiu e veio a óbito após receber os primeiros socorros.

Blog Felipe Silva

Rate this post
Continue lendo

Policial

Em Alagoa Grande: homem sofre tentativa de homicídio

Publicados

em

Nos primeiros minutos deste domingo (16), às 00h30, na Zona Rural de Alagoa Grande-PB, a guarnição de Alagoa Grande foi acionada para averiguar uma denúncia de que tinha dado entrada ao hospital local, um homem de 31 anos ferido por arma de fogo.

De imediato a guarnição foi ao local e manteve contato com os funcionários do hospital os quais confirmaram a informação do fato, e informaram que a vítima tinha duas perfurações na região tórax o qual estava sedado. Ao perguntar as pessoas que o socorreram se elas sabiam o motivo do ocorrido, elas informaram que não sabiam, apenas teriam encontrado ele ferido e teriam levado ao hospital.

A guarnição se deslocou ao local onde teria acontecido o fato, porém o evento já havia terminado, só restando cadeiras e mesas vazias. Em seguida a guarnição procurou os responsáveis pelo evento os quais não souberam informar quem teria cometido os disparos. Diante dos fatos a guarnição anotou os nomes das testemunhas bem como o dos suspeitos em terem organizado clandestinamente o evento na zona rural de Alagoa Grande, o qual será repassado ao Ministério Público e a Polícia Civil para as providências legais.

A Policia Militar realizou diligências para identificar e prender o autores dos disparos, porém até o presente momento não foram localizados.

Blog do Felipe Silva

Rate this post
Continue lendo

Policial

Polícia Civil da Paraíba, Pernambuco e Ceará prendem investigados por roubo de cargas

Publicados

em

Uma operação das polícias civis da Paraíba, Pernambuco e Ceará prendeu nessa quinta-feira, 13 de janeiro, três homens investigados por roubos de carga e tráfico de armas. A Operação Transbordo é da Polícia Civil pernambucana, com o apoio dos outros dois estados.

Na Paraíba, equipes da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) e do Grupo Tático Especial (GTE) de Patos cumpriram um mandado de prisão e dois mandados de buscas domiciliares, nas cidades de Campina Grande e Maturéia. O homem preso tem 34 anos de idade e é investigado por compor uma organização criminosa especializada em roubo de cargas.

De acordo com o delegado Victor Melo, da DRACO, outros dois integrantes da quadrilha foram presos em Pernambuco e no Ceará. Três armas de fogo foram apreendidas durante a operação. 

O preso na Paraíba aguarda decisão judicial para ser transferido ao estado de Pernambuco.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas