Conecte-se conosco

Saúde

CEDC realiza mutirão de mamografia em mulheres indígenas

Publicados

em

Pixabay/ilustração

O Centro Especializado de Diagnóstico do Câncer da Paraíba (CEDC), em parceria com o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), está realizando um mutirão de mamografia para as mulheres indígenas Potiguaras, dos municípios de Marcação, Baía da Traição e Rio Tinto, e Tabajaras, do município de Conde. A expectativa é que 1000 usuárias realizem o exame. A ação acontece nas terças e quintas-feiras, no final da tarde, e irá continuar mesmo após o encerramento da campanha do Outubro Rosa.

De acordo com a coordenadora estadual de saúde da população negra e das comunidades tradicionais, Adélia Gomes, a ação é importante para que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) garanta, dentro da faixa etária de rastreamento que é a partir de 50 anos, a mamografia e o acompanhamento a esse público. 

A coordenadora afirma que, por dia de ação, 15 mulheres indígenas são atendidas no CEDC. Até o momento, aproximadamente 100 pessoas desta população realizaram o exame. Adélia Gomes reforça o papel do serviço no atendimento dessas mulheres. “Quando a gente atende uma comunidade tradicional, como a comunidade indígena, dialogamos com elas, valorizando sua linguagem e sua tradição. Na sala de espera do CEDC, enquanto estão aguardando o exame, elas estão encontrando uma forma de passar esse tempo, que é falando de sua tradição, fazendo suas danças e dando visibilidade à sua cultura”, destaca.

A referência técnica do DSEI, Edianne Cavalcanti da Silva, afirma que os exames de média complexidade são de difícil acesso, principalmente quando se leva em conta as especificidades culturais de cada etnia. “Diante disso, a parceria do DISEI Potiguara e a SES fortalece ainda mais os vínculos da população indígena com os profissionais que tanto se dedicaram para que esta ação fosse possível”, pontua.

Secom-PB

Rate this post

Saúde

Com 80% da população acima de 18 anos imunizada, Paraíba tem menor ocupação de leitos desde início da pandemia

Publicados

em

Foto: Reprodução

As internações por covid-19 na Paraíba apresentam uma queda expressiva no mês de novembro, quando comparadas aos meses anteriores. Ao todo foram regulados 264 pacientes, sendo 182 enfermaria e 82 UTI, o quantitativo mais baixo desde abril de 2020, quando havia 233 pessoas internadas em todo o estado, das quais 100 estavam em leitos de UTIs. Os dados são do Centro Estadual de Regulação Hospitalar, responsável pelas internações do agravo na rede pública de saúde.

Desde o início do último ano, o cenário da pandemia mudou, sobretudo no estado. A Paraíba chegou a ter 2.365 regulações de pacientes acometidos pelo novo coronavírus, em um único mês. Em março deste ano, 1.151 pacientes estavam internados em enfermarias e 854 ocupavam os leitos de UTI. De acordo com o secretário de Saúde do estado, Geraldo Medeiros, este é um quadro muito diferente da situação atual, na qual os números totais de regulações não representam nem a metade dos casos do período mais crítico.

“Olhando para este panorama, nós temos a certeza de que a vacina, bem como os cuidados preventivos e medidas não farmacológicas surtiram o efeito desejado, com a diminuição dos casos graves do vírus. Este mês de novembro apresenta ainda uma queda de 18% no número de internações em UTI e 11% nas enfermarias, em relação ao mês de outubro, com uma redução geral de 13% nestas internações”, explica o secretário.

Atualmente, a Paraíba possui 80,26% da população com idade a partir de 18 anos vacinada com as duas doses, ou dose única, o que representa 2.423.375 pessoas que já completaram os esquemas vacinais. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) reforça que as medidas reconhecidamente eficazes contra a covid-19 continuam sendo a vacinação em tempo oportuno e as medidas de proteção individual como o uso de máscaras.

Secom-PB

Rate this post
Continue lendo

Saúde

Confira onde se vacinar contra a COVID-19 em Guarabira, neste mês

Nas UBSs a vacinação segue, a partir de 1º de dezembro, uma nova programação estipulada pela Coordenação de Epidemiologia e Imunização.

Publicados

em

Foto: Codecom/PMG

A Prefeitura de Guarabira através da sua Secretaria Municipal de Saúde segue com a Campanha de Vacinação Contra a COVID-19; aplicando a primeira dose para adolescentes 12+ e para adultos 18+. E, ainda, a segunda dose para quem estar concluído o esquema vacinal e a dose de reforço para profissionais de saúde, imunossuprimidos e, atualmente, para adultos 18+. Observando que o período para tomar a DR foi antecipado de 6 para 5 meses, após a aplicação da D2, conforme atualização do Ministério da Saúde.

VACINAÇÃO NA SECRETARIA DE SAÚDE

No auditório da sede da Secretaria a primeira dose da vacina permanece sendo direcionada para adolescentes de 12 a 17 anos e para adultos (remanescentes) de 18 a 59 anos; bem como a dose de reforço para profissionais de saúde. A atividade ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h.

VACINAÇÃO NAS UBSs

Nas UBSs a vacinação segue, a partir do dia 1º de dezembro, uma nova programação estipulada pela Coordenação de Epidemiologia e Imunização da SMS, onde estão sendo aplicadas a segunda dose para quem está concluindo o esquema vacinal e a dose de reforço para adultos 18+ e imunossuprimidos. A referida ação nas unidades básicas ocorre das 8h às 14h30, de acordo com o cronograma.

“Esse mês, para as UBSs, fizemos o cronograma por vacina, para evitar desperdício de doses. A Pfizer (reforço de idosos e segunda dose) estará disponível de segunda a sexta, CoronaVac: segunda, quarta e quinta, e AstraZeneca: segunda, terça, quarta e quinta.”, informou a coordenadora de epidemiologia e imunização, Elicácia Cunha.

Confira o novo cronograma de vacinação contra covid-19 nas UBSs:

Codecom

Rate this post
Continue lendo

Saúde

Saúde de Guarabira encaminha mais pacientes para tratamento de glaucoma em clínica da Capital

Publicados

em

No sábado, 27/11, a Prefeitura de Guarabira através da Secretaria de Saúde – encaminhou mais pacientes que fazem acompanhamento de tratamento de glaucoma, para a realização de exames no CENOFT (Centro Oftalmológico Tarcísio Dias) em João Pessoa. Desta vez, 8 pessoas foram contempladas com o benefício.

A importante ação é executada pela secretária de Saúde Harlanne Herculano, e conta com a sensibilidade do prefeito Marcus Diôgo, que dar todo o aval para que os serviços sejam realizados em prol da saúde das pessoas que mais precisam.

Além do tratamento oftalmológico ofertado gratuitamente, o transporte também é disponibilizado de forma franca pela Prefeitura, com apoio da sua Coordenadoria de Transporte.

Codecom

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas