Conecte-se conosco

Cidades

Audiência debate municipalização do trânsito em Solânea, Arara e Casserengue

Publicados

em

O Grupo de Trabalho (GT) interinstitucional para a municipalização do trânsito – órgão integrado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) – realizou, na tarde desta terça-feira (18/01), uma audiência para tratar do processo de municipalização em Solânea, Arara e Casserengue. 

Participaram o coordenador do Núcleo de Políticas Públicas do MPPB, procurador de Justiça Valberto Lira; o promotor de Justiça de Solânea, Henrique Cândido Ribeiro de Morais; os prefeitos de Solânea, Kayser Nogueira Rocha Pinto; de Casserengue, Antônio Judivan de Sousa; o representante do Município de Arara, Antônio Gregório; o assessor juridico do Conselho Estadual de Trânsito (Centran); o psicólogo Ricácio Lima da Cruz; o membro do Conselho Estadual de Trânsito, Amauri Azevedo; o representante do  Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PB), Fleming Cabral; o servidor do MPPB, Renato Barroso.

Durante a audiência, foram discutidas questões relacionadas ao trânsito de Caaporã, ao Código Brasileiro de Trânsito; à Resolução 811/2020 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran); a possibilidade de celebração de consórcios e convênios e as vantagens da municipalização do trânsito (como atendimento à exigência legal, gestão de trânsito voltada às necessidades do município com intervenções mais rápidas e melhor planejamento urbano voltado para a segurança viária, dentre outros). 

Também foi apresentado aos prefeitos um roteiro simplificado para a integração do município ao Sistema Nacional de Trânsito e dados estatísticos referentes ao trânsito nos três municípios.

Os prefeitos expuseram as principais dificuldades enfrentadas pelos municípios e apresentaram pontos que foram debatidos com os membros do GT Interinstitucional. O prefeito de Solânea informou que dará andamento com relação às medidas no município.

Ao final, o promotor de Justiça Henrique Cândido concedeu prazo de 15 dias para os prefeitos se manifestarem sobre o interesse de realizarem a municipalização.

Assessoria/MPPB

Rate this post

Cidades

UFPB abre inscrições para 235 vagas em cursos técnicos gratuitos

Inscrições podem ser realizadas até o dia 12 de junho.

Publicados

em

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB), por meio do Colégio Agrícola Vidal de Negreiros (CAVN), unidade integrante do Centro de Ciências Humanas, Sociais e Agrárias (CCHSA), está com inscrições abertas até o dia 12 de junho para o processo seletivo 2022.1 a fim de preencher 235 vagas para cursos técnicos de nível médio. As inscrições serão feitas online através do portal do CAVN, no endereço www.cavn.ufpb.br/inscricao.

As vagas, para ingresso em julho de 2022, são para os cursos técnicos de nível médio em Agropecuária, Agroindústria, Aquicultura, Nutrição e Dietética, Laboratório de Ciências da Natureza, todos esses presenciais, e também para Informática na modalidade de Educação à Distância (EaD).

As 235 vagas oferecidas estão distribuídas da seguinte forma:

–      30 vagas para o Curso Técnico de Nível Médio em Agropecuária Integrado (Proeja);

–      40 vagas para o Curso Técnico de Nível Médio em Agropecuária Subsequente;

–      40 vagas para o Curso Técnico de Nível Médio em Agroindústria Subsequente;

–      25 vagas para oCurso Técnico de Nível Médio em Aquicultura Subsequente;

–      40 vagas para oCurso Técnico de Nível Médio em Nutrição e Dietética Subsequente;

–      20 vagas para oCurso Técnico de Nível Médio em Laboratório de Ciências da Natureza Subsequente;

–      40 vagas para oCurso Técnico de Nível Médio em Informática EaD Subsequente.

Conforme destaca o Diretor do Colégio Agrícola Vidal de Negreiros, Prof. Edvaldo Beltrão Filho, o CAVN tem tradição de 100 anos em ensino profissional e técnico. “O estudante poderá ter acesso a assistência estudantil, como residência, alimentação, área de lazer, bolsas de estudos, equipe psicopedagógica, transporte no Campus”, informou o Diretor. Ainda segundo ele, são ofertadas aulas práticas em mais de 30 laboratórios para os diversos cursos técnicos.

Seleção

A seleção será realizada em única fase a partir da análise do histórico escolar. Para o Curso Integrado, a seleção será realizada a partir das médias das disciplinas de Português, Matemática e Ciências, do 9º ano do ensino fundamental, constantes no documento comprobatório das notas. A nota do processo seletivo será a média aritmética das disciplinas requisitadas. Para os Cursos Subsequentes, a seleção será realizada a partir das médias das disciplinas de Português, Matemática e Biologia, do 1º, 2º e 3º anos, constantes no documento comprobatório das notas. A nota do processo seletivo será a média aritmética das disciplinas requisitadas.

O resultado do parcial será divulgado na Secretaria do CAVN e no endereço www.cavn.ufpb.br, no dia 13 de junho de 2022, e o resultado final, após os recursos, será divulgado no dia 17 de junho de 2022, na Secretaria do CAVN e no endereço www.cavn.ufpb.br, após às 17h.

A matrícula dos candidatos classificados na 1ª chamada do processo seletivo acontecerá de 20 a 29 de junho de 2022, presencialmente, na Secretaria do CAVN, Bananeiras, na Paraíba, nos horários especificados no edital, ou à distância, por meio do envio da documentação para o e-mail: [email protected]. A matrícula dos candidatos classificados na 2ª chamada do Processo Seletivo acontecerá entre os dias 01 a 08 de julho de 2022.

T5

Rate this post
Continue lendo

Cidades

TRE-PB determina cassação de mandatos dos deputados Chió, Doutor Érico e Bosco Carneiro

Não haverá execução imediata da decisão. Cabe recurso.

Publicados

em

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) determinou, nesta quinta-feira (26), a cassação dos mandatos dos deputados estaduais Chió (Rede), Doutor Érico (MDB) e Bosco Carneiro (Cidadania).

A Corte acatou um parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE), no âmbito de Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime), em decorrência de fraude na cota de gênero nas eleições de 2018.

A decisão é também pela anulação dos votos recebidos e pela retotalização desses votos. Não haverá execução imediata da decisão. Cabe recurso. A decisão foi por unanimidade.

A ação foi apresentada pela Coligação A Força da Esperança II (PV / PSD / PP / PTC / PHS / PSC / PSDB), ainda em 2019, contra a coligação “A Força do Trabalho V” (Rede / PPS (hoje Cidadania) / DEM / PMN), pela qual foram eleitos os parlamentares.

A fraude ocorreu, no entendimento da Justiça Eleitoral, como objetivo de alcançar o mínimo de 30% da quota de gênero exigido pela Justiça Eleitoral.

Assessoria

Rate this post
Continue lendo

Cidades

Raniery Paulino e Adriano Galdino tratam de incentivos fiscais com Associação Paraibana de Energia Solar

Para Raniery Paulino a importância da Paraíba no cenário nacional na área energética vem crescendo cada vez mais.

Publicados

em

Foto: Reprodução

Ao lado do presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (Republicanos),  o deputado estadual Raniery Paulino (Republicanos) recebeu, na manhã desta terça-feira (24), representantes da Associação Paraibana de Energia Solar (APBsolar) junto com Movimento Solar Livre (MSL), representado por seu Presidente Nacional, Hewerton Martins, para elucidar sobre a aplicação da cobrança do ICMS dos consumidores que investem na energia solar para economizar na conta de luz.

O setor de energia renovável tem gerado empregos e melhorado as condições de vida dos arrendatários das terras onde se localizam os empreendimentos, o que tem contribuído para a melhoria da qualidade de vida dessas regiões, notadamente no sertão e semiárido paraibanos e, consequentemente, para o setor econômico.

Para Raniery Paulino a importância da Paraíba no cenário nacional na área energética vem crescendo cada vez mais. “ O nosso estado apresenta excelentes condições para investimentos em energias renováveis, devido à qualidade dos recursos energéticos, principalmente os eólico e solar. Vale salientar que existe disponibilidade de sistemas de comunicação próximos aos sítios energéticos, e condições para escoamento da energia gerada pelos empreendimentos”, frisou Raniery.

Para incentivar o setor o Governo do Estado garante a isenção da incidência de ICMS, equipamentos e materiais utilizados para geração de energia solar e eólica, tais como: aquecedores solares de água, aerogeradores de energia eólica, células solares em módulos ou painéis, torre para suporte de gerador de energia eólica e pá de rotor ou turbina eólica.

Além disso, instituiu a Política Estadual de Incentivo à Geração e Aproveitamento da Energia Solar e Eólica no Estado da Paraíba, com o objetivo de estimular os investimentos e a implantação de sistemas de energia solar e eólica; apoiar a produção de energia solar fotovoltaica e térmica para autoconsumo em empreendimentos particulares e públicos, residenciais, comunitários, comerciais e industriais.

Do Acesso Político

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas