Conecte-se conosco

Variedades

Infortel Solar conclui mais um projeto fotovoltaico com sucesso

Publicados

em

Fotos: Divulgação/Infortel Solar

A INFORTEL SOLAR, localizada em Guarabira-PB, concluiu com sucesso mais um projeto fotovoltaico de energia solar.

Segundo informações, o projeto foi finalizado, 7,1 Kwp, com 22 módulos Canadian 355W Half-Cell inversor Sofar de 7.5 Kw proporcionando uma geração de até 1050 kwh mês, e uma economia de até 95% em sua conta de energia.

Faça sua proposta sem compromisso e comece a usufruir de todos os benefícios proporcionados por um sistema de energia solar.

Contate a INFORTEL SOLAR através do celular/Whatsapp 83-99352-0090 ou 83-3271-3200

Fonte: Instagram/Infortelgba

Rate this post

Brasil

Câmara dos Deputados aprova auxílio gás para famílias carentes

Matéria segue para sanção presidencial.

Publicados

em

©Marcello Casal/Agência Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (27) a proposta que cria o Programa Gás para os Brasileiros, o chamado auxílio gás. A medida vai subsidiar o preço do gás de cozinha para famílias de baixa renda. O texto prevê que cada família receba, a cada dois meses, o equivalente a 40% do preço do botijão de gás. A matéria segue para sanção presidencial.

Serão beneficiadas famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário-mínimo, ou que morem na mesma casa de beneficiário do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O auxílio será concedido preferencialmente às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência. A preferência de pagamento será para a mulher responsável pela família.

O programa será financiado com recursos dos royalties pertencentes à União na produção de petróleo e gás natural sob o regime de partilha de produção, de parte da venda do excedente em óleo da União e bônus de assinatura nas licitações de áreas para a exploração de petróleo e de gás natural. Além disso, serão utilizados outros recursos que venham a ser previstos no Orçamento Geral da União e dividendos da Petrobras pagos ao Tesouro Nacional.

A proposta mantém como uma das fontes de financiamento dessa ajuda a parte do montante que cabe à União da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide-combustíveis), que passará a incidir sobre o botijão de gás de 13 quilos. O trecho havia sido retirado pelos senadores, mas foi retomado na votação desta quarta-feira. 

Segundo o relator, deputado Christino Aureo (PP-RJ), o benefício terá um custo de cerca de R$ 592 milhões e poderá atender dois milhões de famílias do CadÚnico. Os valores que serão usados da alíquota adicional da Cide equivalem ao que o governo deixou de cobrar de PIS/Cofins, desde março deste ano. O pagamento será bimestral, por cinco anos, contados a partir da abertura dos créditos orçamentários necessários.

Agência Brasil

Rate this post
Continue lendo

Política

MDB: Raniery diz não questionar governador em possível aliança com Romero e espera que Veneziano permaneça no grupo

“Sob a minha postura, não há interrogação alguma. Fizemos uma aliança com o governador João Azevêdo desde a eleição municipal, no ano passado, e essa aliança está mantida”, disse Raniery.

Publicados

em

Foto: Assessoria

O deputado estadual Raniery Paulino disse ao ClickPB, nesta terça-feira (26), não questionar o governador João Azevêdo em possível aliança com o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues. Ele também espera que o senador Veneziano Vital do Rêgo permaneça no grupo do gestor que busca a reeleição.

“Sob a minha postura, não há interrogação alguma. Fizemos uma aliança com o governador João Azevêdo desde a eleição municipal, no ano passado, e essa aliança está mantida. Inclusive, nós vamos retribuir o apoio que nós recebemos”, informou o  deputado ao ClickPB, lembrando que o governador apoiou a chapa do MDB, com Roberto Paulino para prefeito de Guarabira, em 2020.

Sobre Veneziano, Raniery disse torcer para que ele esteja inserido na aliança. “Torço muito para um desfecho em que Veneziano esteja inserido porque o senador Veneziano tem feito um belo trabalho no Senado Federal. Tem sido um grande aliado do governador e a minha fala sempre será de junção do MDB, especialmente a figura de Veneziano, que é nosso presidente.”

Raniery aguarda as definições sobre as alianças para 2022. “Vamos aguardar esse desfecho. A gente não pode antecipar essa situação aí dessas alianças.”

O ClickPB não conseguiu contato com o senador Veneziano Vital do Rêgo.

ClickPB

Rate this post
Continue lendo

Variedades

Instagram e Facebook vão inserir rótulos em postagens sobre eleições

Objetivo é rebater notícias falsas com informações oficiais do TSE.

Publicados

em

©Marcello Casal jr/Agência Brasil

O Facebook anunciou nesta terça-feira (26) que, a partir das próximas semanas, vai inserir rótulos em postagens sobre eleições com redirecionamento de usuários para a página da Justiça Eleitoral na internet. A medida também valerá para o Instagram, rede social que pertence ao conglomerado controlado pelo Facebook. A novidade faz parte de um trabalho conjunto com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para combater desinformação e ameaças à integridade do processo eleitoral.     

“A integridade das eleições é uma prioridade para nós e temos trabalhado nos últimos anos com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no Brasil para proteger o processo democrático, identificando e agindo contra ameaças e ajudando as pessoas a terem acesso a informações confiáveis sobre a votação. Como parte do nosso trabalho com o TSE para a eleição presidencial de 2022, iremos direcionar as pessoas usando o Facebook e o Instagram no Brasil para informações oficiais sobre o sistema de votação e artigos rebatendo desinformação sobre o processo eleitoral”, diz o comunicado.

Segundo a plataforma, nas próximas semanas, usuários no Brasil começarão a ver um rótulo em postagens nas plataformas que tratam de eleições e serão direcionados a uma página do site da Justiça Eleitoral. 

De acordo com a empresa, desde 2016 o número de funcionários que atuam na área de segurança e integridade das plataformas foi quadruplicado, passando para mais de 40 mil pessoas. As redes sociais atuaram no ano passado, durante as eleições municipais, estabelecendo regras de transparência da publicidade de candidatos. 

“Removemos mais de 140 mil peças de conteúdo do Facebook e do Instagram no Brasil pela violação de nossas políticas de interferência na votação antes do primeiro turno da eleição e cerca de 3 milhões de pessoas com mais de 16 anos elegíveis ao voto no país clicaram para ver mais informações sobre a eleição nos dias que antecederam a votação. Em 2018, lançamos no Brasil nossas ferramentas de transparência para propaganda política e eleitoral e, desde 2020, qualquer pessoa ou organização precisa passar por um processo de autorização confirmando identidade e endereço no país para veicular anúncios sobre esses temas. Desde então, anúncios sobre política ou eleições ficam armazenados publicamente na nossa Biblioteca de Anúncios por um período de sete anos”, informou o comunicado. 

Ainda segundo o comunicado, durante a campanha eleitoral de 2020 foram rejeitados cerca de 250 mil anúncios sobre política ou eleições que não continham o rótulo “Propaganda Eleitoral” ou “Pago por” direcionados a pessoas no Brasil, os chamados conteúdos impulsionados.

O comunicado informa ainda que o WhatsApp, outra plataforma pertencente ao Facebook, já havia lançado, no ano passado, em parceria com o TSE, um chatbot (conta automatizada) para ajudar na circulação de dados oficiais sobre o processo eleitoral e a votação. Além disso, o aplicativo de mensagens disponibilizou um canal de comunicação específico com o TSE para denunciar contas suspeitas de realizar disparos em massa, o que não é permitido nos Termos de Serviço do aplicativo e nem pela legislação eleitoral.

Agência Brasil

Rate this post
Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas