Conecte-se conosco

Educação

Do trabalho humilde ao sucesso internacional: ex-aluno da UNIP se forma na Universidade de Utah

Publicados

em

Copyright © 1997-2020 UNIP

A jornada emocionante de Luiz Luz, ex-aluno da UNIP, que venceu obstáculos, incluindo desafios pessoais e o aprendizado da língua inglesa, para conquistar dois diplomas nos Estados Unidos. Sua história de dedicação e motivação para alcançar a educação superior revela o poder transformador do ensino universitário.

No mundo onde a busca por oportunidades parece repleta de desafios, a história de Luiz Luz surge como um verdadeiro exemplo de dedicação, perseverança e coragem para alcançar seus sonhos por meio do Ensino Superior. Nascido em São Paulo, Luiz provou que com vontade e insistência é possível ultrapassar barreiras e trilhar caminhos inimagináveis.

Anúncio


Após se dedicar dois anos como missionário voluntário em tempo integral no Ceará e no Piauí, Luiz retornou a São Paulo, em 2007. Sua vontade de ingressar em uma universidade era imensa, mas seus pais não tinham condições financeiras para arcar com os custos. Mesmo uma instituição pública era inviável, já que precisaria dedicar-se integralmente aos estudos e sua família não conseguiria sustentá-lo durante esse período.

Copyright © 1997-2020 UNIP

Determinado a alcançar sua meta, Luiz mergulhou de cabeça em uma jornada árdua, trabalhando em três empregos diferentes. Sua rotina se dividia entre o atendimento em uma academia de musculação pela manhã, o trabalho de telemarketing à tarde e novamente como atendente na academia à noite. Esse grande esforço, determinação e foco possibilitou que ele se matriculasse na UNIP para fazer o curso de graduação em Relações Internacionais, no campus Paraíso, no período noturno.

Em sua incansável busca pelo conhecimento, aproveitava o tempo de deslocamento ao trabalho para estudar e, mesmo com uma rotina intensa, conseguiu um outro emprego que lhe proporcionou uma renda um pouco melhor. Contudo, a necessidade de constantes viagens internacionais em seu novo trabalho o levou a trancar a matrícula na UNIP e adiar o sonho da faculdade por quatro anos.

Em 2014, consciente da importância da graduação para sua carreira, retomou os estudos na UNIP. Sua perseverança permanecia inabalável. Infelizmente, um novo período de dificuldades pessoais se seguiu e Luiz passou dois anos desempregado, “fazendo apenas bicos” para sobreviver. Porém, ele não se deixou abater, continuando a perseguir seu objetivo de se formar e ir estudar no exterior.

Copyright © 1997-2020 UNIP

Para estudar fora do Brasil, era necessário ter o certificado de proficiência em inglês, algo que não possuía. Ele decidiu, então, investir em um curso do idioma e se preparar para os exames oficiais. Enquanto aguardava a colação de grau e o diploma da UNIP, teve a oportunidade de trabalhar como motorista particular da Delegação Sul-Coreana nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, e, assim, aperfeiçoar o seu domínio da língua inglesa. Após um esforço incansável, conseguiu fazer o teste de proficiência em inglês e alcançou uma excelente nota. Sua dedicação e disciplina o levaram a ingressar na Universidade de Utah, nos Estados Unidos.

Ao chegar em Utah, Luiz enfrentou novos desafios, mas aprendeu a enxergar oportunidades. Ao ver uma vaga de custodian, que acreditava ser um cargo de zelador, agarrou a ocasião, o que não sabia é que a função era de faxineiro e deveria cuidar da limpeza do banheiro da biblioteca da universidade.

Ele então conciliava os estudos com o emprego, e se lembrava das frases de seu falecido pai: “Não importa o que você faz, importa como você faz… Seja o melhor de você onde quer que esteja… Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, todos podem começar um novo fim!” Essas palavras o fez compreender que aquela era uma porta para que pudesse obter todos os documentos necessários, como o Social Security (o CPF norte-americano). “Em poucos meses consegui os documentos para comprovação de rendimentos para poder declarar imposto de renda e ter restituição, e isso me permitiu fazer parte de uma ‘irmandade’ da universidade, podendo receber apoio de ex-professores e ex-alunos, que mantiveram fornecendo recursos para ajudar novos alunos com alto desempenho”, explicou.

A paixão de Luiz pelas áreas de planejamento urbano, questões sociais e políticas crescia cada vez mais, o que o levou a ingressar no mestrado em Planejamento Urbano enquanto ainda cursava Administração Pública. Sua dedicação e empenho em ambas as áreas foram reconhecidas e ele recebeu diversas bolsas de estudo e recompensas.

Copyright © 1997-2020 UNIP

O esforço não passou despercebido. Convidado para ser o orador na formação de sua turma, ele pôde contar aos seus colegas a importância de perseverar em meio às dificuldades e acreditar no poder transformador da educação. Ao longo de sua jornada, Luiz provou que o “querer” é apenas o primeiro passo e o “fazer” é a chave para o sucesso. Hoje, ele é um verdadeiro exemplo de resiliência, superação e sucesso. Além de se formar em Relações Internacionais e Planejamento Urbano, trabalha como Planejador de Recuperação de Desastres, auxiliando o governo de Utah a se preparar para enfrentar desafios naturais e/ou causados pelo homem.

A UNIP é uma instituição que se orgulha de contar com ex-alunos exemplares como Luiz Luz, cuja trajetória de superação e dedicação ao Ensino Superior inspira a todos e mostra a importância do acesso a oportunidades internacionais para o desenvolvimento acadêmico.

Os estudantes que tenham interesse em buscar possibilidades de estudos no exterior, basta acessar a área de Internacionalização Acadêmica da UNIP. Neste espaço, encontrarão informações relacionadas a programas de intercâmbio, bolsas de estudo internacional, parcerias com universidades estrangeiras e todos os procedimentos necessários para uma experiência enriquecedora no exterior.

UNIP.br

Rate this post
Anúncio


Educação

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro; confira o cronograma

Inscrições começam no próximo dia 27 e vão até 7 de junho.

Publicados

em

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 foi divulgado nesta segunda-feira (13). As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, e o gabarito oficial será divulgado em 20 de novembro. A previsão é de que os resultados sejam divulgados em 13 de janeiro de 2025.

De acordo com o edital, as inscrições começam no próximo dia 27 e vão até 7 de junho. A inscrição deve ser realizada pelo endereço enem.inep.gov.br/participante. A taxa de inscrição (R$ 85) deve ser paga de 27 de maio até 12 de junho. As solicitações para tratamento por nome social e para atendimento especializado devem ser apresentadas até 7 de junho.

Anúncio


O resultado inicial do pedido de atendimento especializado será publicado em 17 de junho, quando inicia o período para apresentação de recursos, que vai até o dia 21. Já o resultado final, em resposta aos recursos apresentados, está previsto para 27 de junho.

É também na Página do Participante que será disponibilizado o Cartão de Confirmação da Inscrição, em data ainda a ser divulgada. O cartão informa o número de inscrição; a data, a hora e o local do exame; a opção de língua estrangeira, e as indicações para atendimento especializado e tratamento por nome social.

edital do Enem 2024 foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (13), data que coincide com a divulgação dos resultados sobre os pedidos de isenção da taxa de inscrição, na Página do Participante, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) – entidade organizadora do certame.

Cronograma

Inscrições: 27 de maio a 7 de junho

Solicitações (nome social e atendimento especializado): até 7 de junho

Resultado do pedido de atendimento especializado: 17 de junho

Pagamento da taxa de inscrição: 27 de maio a 12 de junho

Provas: 3 e 10 de novembro

Gabarito oficial: 20 de novembro

Resultado da prova: 13 de janeiro de 2025

Provas

O edital prevê que o exame será constituído de quatro provas objetivas (cada uma com 45 questões de múltiplas escolhas) e uma redação em língua portuguesa.

São quatro áreas de conhecimento a serem avaliadas. A primeira, de linguagens, redação, códigos e suas tecnologias, tem como componentes curriculares as disciplinas língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação.

A segunda área de conhecimento (ciências humanas e suas tecnologias) tem como componentes curriculares as disciplinas de história, geografia, filosofia e sociologia. Na área de ciências da natureza e suas tecnologias, serão cobrados conteúdos de química, física e biologia. A quarta área de conhecimento é a de matemática.

De acordo com o Ministério da Educação, o exame é estruturado a partir de matrizes de referências disponibilizadas no portal do Inep.

No primeiro dia do exame, serão aplicadas as provas de linguagens; redação; códigos, ciências humanas e suas tecnologias. Os candidatos terão cinco horas e 30 minutos para responderem as questões.

O segundo dia será dedicado à aplicação das provas de ciências da natureza, matemática e suas tecnologias. A aplicação terá cinco horas de duração.

Enem

Há mais de duas décadas, o Enem avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica e representa a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil. Isso porque as instituições de ensino públicas e privadas adotam as notas do Enem para selecionar estudantes, nos processos seletivos.

Os resultados servem também para seleções de beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e pelo Programa Universidade para Todos (ProUni).

Os resultados individuais do Enem também podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições de educação superior portuguesas. Algumas universidades lusitanas possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame.

*Matéria ampliada às 11h40

Agência Brasil

Rate this post
Anúncio


Continue lendo

Educação

Abertas inscrições para o Encceja

Exame será realizado em 25 de agosto em todo o país.

Publicados

em

Foto: Divulgação/ MEC

Interessados em participar do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2024 já podem fazer a inscrição. O prazo segue aberto até 10 de maio. Solicitações de atendimento especializado e de tratamento pelo nome social também devem ser feitas durante o mesmo período. O exame será no dia 25 de agosto em todos os estados e no Distrito Federal.

O atendimento especializado será oferecido a participantes com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, transtorno do espectro autista e discalculia. Também podem ser contemplados gestantes, lactantes, idosos e pessoas com outras condições específicas.

Anúncio


edital do Encceja 2024 foi publicado em março pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Participantes que faltaram às provas do Encceja 2023 devem ter justificado sua ausência no exame caso queiram se inscrever gratuitamente na edição deste ano. Quem não justificar sua ausência ou tiver a solicitação de justificativa reprovada deverá ressarcir ao Inep o valor de R$ 40.

O pagamento deve ser feito por meio de boleto, que será gerado no sistema de inscrição e poderá ser pago em qualquer banco ou casa lotérica.

O exame

O Encceja foi realizado pela primeira vez em 2002, para aferir competências, habilidades e saberes de jovens e adultos que não concluíram o ensino fundamental ou médio na idade adequada. O exame é realizado pelo Inep, responsável pela aplicação, em colaboração com as secretarias estaduais e municipais de Educação. Já a emissão do certificado e da declaração de proficiência é responsabilidade das secretarias de Educação.

Agência Brasil

Rate this post
Anúncio


Continue lendo

Educação

Comissão da UEPB faz convocatória para Banca de Heteroidentificação referente à 4ª Lista de Espera do SiSU 2024.1

Publicados

em

A Comissão de Heteroidentificação da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), responsável pela realização dos procedimentos de heteroidentificação de candidatos(as) autodeclarados(as) negros(as) (pretos/as e pardos/as) convoca todos(as) que optaram pelas cotas raciais e estão na 4ª Chamada da Lista de Espera do Processo Seletivo Unificado (SISU) 2024.1 para matrícula nos cursos de Graduação da UEPB, para realização do procedimento de aferição da autodeclaração racial.

A banca acontecerá nesta exta-feira (22), das 8h às 11h30, de forma remota via Google Meet. Porém, para apresentar-se à banca de heteroidentificação, o(a) candidato(a) deve acessar a Convocatória 5, ler as informações, preencher o formulário e anexar todos os documentos solicitados até às 16:59h desta quinta-feira (21).

Anúncio


O(A) candidato(a) que não preencher o formulário anexando a documentação completa, correta e no prazo estabelecido na Convocatória 5, não será habilitado(a) para comparecer à Banca de Heteroidentificação, implicando na perda da vaga.

A Comissão chama a atenção ainda sobre a forma de envio da documentação que é exclusivamente pelo preenchimento do formulário que consta na Convocatória 5. Não havendo possibilidade de recebimento por e-mail. Mais informações podem ser obtidas pela Comissão de Heteroidentificação da UEPB pelo e-mail: [email protected].

Assessoria

Rate this post
Anúncio


Continue lendo
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio
Apoio

Mais Lidas